Baby Led Weaning (BLW) – Introdução Alimentar – Saiba Mais

http://www.mommyconnections.ca/calgary/2014/04/27/babyled-weaning-what-is-it-should-you-do-it/

Por volta dos 6 meses de idade geralmente as crianças são iniciadas no universo dos alimentos sólidos, esse momento que é muitas vezes tão esperado pelos papais nem sempre é sinônimo de alegria, pelo contrário, é seguido de muitas tentativas, muitaaa paciência e as vezes até uma pitada de frustração. Sabendo disso a britânica Gill Rapley, formada em saúde pública escreveu o livro Baby Led Weaning : Helping Your Baby To Love Good Food (“Baby Led Weaning: ajudando seu bebê a amar a boa comida”). O livro fala sobre a introdução alimentar guiada pelo bebê, ou seja, diferente da forma usual com suquinhos, frutas e papinhas salgadas, aonde a mãe senta o bebê no cadeirão e oferece a ele os alimentos de forma processada e com o auxílio de talheres.

No método BLW (abreviatura para Baby Led Weaning), os alimentos são introduzidos em pedaços e os talheres são substituídos pelas mãos do bebê.  Permitindo que a criança possa explorar o alimento antes de comê-lo, pois uma vez que os bebês são movidos pela curiosidade e são extremamente sensoriais, ou seja, gostam de sentir tudo, essa técnica permite que eles sintam e distinguam sozinhos as diferentes consistências, sabores, cheiros, cores e outros detalhes dos alimentos, se tornando uma grande brincadeira para eles. Essa fase também é aonde os bebês geralmente gostam de levar tudo para a boca, favorecendo então a exploração do universo dos alimentos.

Quais os benefícios dessa técnica?

Incentiva a mastigação, importante no desenvolvimento motor da criança e ainda possibilita que ela mesma faça suas próprias descobertas de sabores, de diferenciação de frutas e legumes, etc.

O alimento sem ser batido, triturado no liquidificador ou processado de alguma forma mantém as fibras em suas propriedades que melhoram o funcionamento intestinal do bebê. Como é a criança que leva os alimentos a boca, comendo no seu próprio ritmo acaba por comer devagar, mastigando bem, que são fatores importantes no combate a obesidade infantil.

De acordo com um estudo conduzido por uma equipe da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, bebês que tiveram a sua introdução alimentar dos sólidos baseada na técnica BLW são mais propensos a comer de forma saudável e a ter um bom IMC (índice de massa corporal) na vida adulta.

Quais as desvantagens do método?

O bebê pode não ingerir a quantidade e diversidade adequada dos alimentos necessários para o seu desenvolvimento uma vez que é ele quem determina o ritmo da alimentação. Também  é preciso se ter muito cuidado com o tamanho dos alimentos fornecidos pois a criança pode se engasgar, embora sabe-se que a criança corre esse risco independente do método escolhido; por isso ela deve ser sempre supervisionada por um adulto.

Como colocar em prática o método BLW?

  • O bebê deve estar sentando, portanto não recomenda-se a utilização do método se o bebê ainda não fica sentado sozinho;
  • Prepare o ambiente, por exemplo, coloque uma toalha plástica no chão para proteger o tapete e assim também permitirá que a limpeza seja mais eficiente após a refeição;
  • Os alimentos não podem ser processados, devem-ser picados em pequenos pedaços de forma que o bebê possa pegar e colocar na boca sozinho;
  • O bebê deve ser sempre supervisionado por um adulto;
  • Não oferecer uma variedade de alimentos, introduza aos poucos para que o bebê possa ir se habituando com cada um;
  • Retirar cascas, caroços e sementes, para evitar que a criança se engasgue;
  • Os legumes podem ser previamente cozidos, pois se tornam mais macios, favorecendo o manuseio da criança.

Importante: Caso você tenha algum histórico familiar de intolerância alimentar, alergia ou problemas digestivos, converse com o pediatra do seu bebê antes de iniciar o método. 

Veja mais:

Alimentos perigosos para criança de 3 anos

A pirâmide alimentar infantil

Cookies sem glúten – vitalin alimentos

 

Comente com o Facebook

comentários