Musicalização Infantil – porque introduzir seu filho na música desde cedo

A criança mesmo antes do nascimento já está em contato com o universo-sonoro, pois ainda no útero materno, ela já toma contato com elementos fundamentais da música como o ritmo, através das vibrações e pulsações do coração, da respiração e do sangue fluindo nas veias da mãe e sem falar a própria voz materna, tanto que mães que falam e cantam para os bebês na gestação após os bebês nascerem eles reconhecem a voz da mãe e se acalmam quando ela fala ou canta para eles. Após o nascimento, o bebê começa a fazer interações com diversos sons do cotidiano, como TV, automóveis, voz de pessoas, música, sons de animais e assim desenvolve seu próprio repertório de comunicação.

Portanto a Musicalização Infantil é um instrumento de educação muito importante pois desenvolve na criança a sensibilidade musical, a concentração, a coordenação motora, a sociabilização, a acuidade auditiva, o respeito a si próprio e ao grupo, a destreza do raciocínio, a disciplina pessoal, o equilíbrio emocional dentre outras qualidades que colaboram na formação do indivíduo.

Antes de começar a falar, um bebê canta, experimenta sons produzidos com a boca. Quando dá os seus primeiros passos até o ponto de poder ficar em pé, o ritmo de uma música o leva a movimentar seu corpo em uma espécie de “dança” ao ritmo da música, ou a bater palminhas, sacudir as mãos tudo em resposta ao estímulo sonoro. E é a partir dessa relação entre o gesto e o som que uma criança, ouvindo, cantando, imitando, dançando, constrói o seu conhecimento musical.

A musicalização infantil nada mais é do que despertar na criança à sua expressão espontânea, é sensibilizá-la e desenvolver nela aquilo que ela já é capaz de fazer, e aos poucos ir organizando as informações. Musicalizar brincando é um processo que completa o desenvolvimento da criança, pois ela tem interesse, uma vez que é uma brincadeira e também proporciona benefícios que ela própria não consegue avaliar ainda mas já consegue sentir. Através desta vivência sonora, rítmica realizadas através de jogos e brincadeiras, que o aprendizado musical chega as crianças. Foi-se o tempo em que uma aula de música era cansativa para as crianças, onde os símbolos musicais apareciam como estranhos desenhos e nada representavam para elas. Agora estes símbolos vão fazendo parte da vida da criança, de uma maneira muito simples, alegre e agradável. Musicalizar brincando é uma maneira inovadora de ensinar música para as crianças, que tem sua à disposição jogos interativos e interessantes que estarão sendo utilizados de forma prazerosa e consistente no próprio processo.

O objetivo principal da Musicalização Infantil é fazer com que a criança tenha um contato bem elaborado e estruturado com a música. A partir deste contato qualificado, a criança inicia um processo de percepção, tornando-se sensível à música, e ampliando o seu universo sonoro. O resultado de todo este processo é o desenvolvimento da musicalidade.

Quando os bebês ou crianças participam da aula de música e, por exemplo, têm que trocar os instrumentos, estão aprendendo a dividir. Em uma aula de improvisação sonora, lidam com situações inusitadas; ou quando tocam em conjunto, entendem que cada um tem a sua vez de participar e ser ouvido. “Com a música, bebês, desde a idade de oito meses, até as crianças maiores aprendem a lidar com os enfrentamentos de uma convivência em sociedade, além de trabalhar com os sentidos da audição, visão e tato e receber estímulos para aprender a falar mais rápido, sem timidez e com maior vocabulário. O conjunto dessas características traz benefícios que vão acompanhá-los até a fase adulta”, esclarece a especialista.

Através das canções acompanhadas por um instrumento harmônico e de brincadeiras e jogos musicais, vai sendo trabalhando os elementos da música, as habilidades físico-motoras, o contato com o mundo musical e a comunicação com o grupo. As crianças são convidadas a tocar, cantar, dançar, explorar os instrumentos musicais, apreciar músicas de vários estilos, se expressar musicalmente, compor músicas e ainda conhecer e ter contato com a escrita musical. E elas amam!

Você pode iniciar seu filho nesse universo sonoro em casa mesmo, dando a ele a oportunidade de se familiarizar por exemplo com os vários tipos de instrumentos musicais e os sons que cada um produz, como o violão, piano, pandeiro, tambor, chocalhos, etc…muitos desses instrumentos podem inclusive serem confeccionados em casa de forma artesanal como os chocalhos utilizando garrafas com grãos dentro, as crianças amam tanto o som quanto visual dos grãos dentro da garrafa. Sentar com as crianças em roda e cantar musicas, usando os instrumentos ou batendo palmas, mexendo o corpo, etc…são formas de musicalização. Os especialistas recomendam que as crianças sejam introduzidas na musicalização por volta dos 8 meses de idade, portanto quanto mais cedo, melhor!

 

Comente com o Facebook

comentários