MANUAL PRÁTICO sobre a segunda gravidez

Imagem: Pinterest

Se você está no início de sua segunda gravidez ou planejando ela, leia este manual com atenção, você não vai se arrepender! Apesar de achar que a segunda vez de qualquer coisa é mais fácil pela experiência da primeira, posso lhe garantir que essa verdade não vale para as gestações!

Mas tudo bem, porque sempre tem uma louca que já passou por isso para tentar explicar o inexplicável que é engravidar pela segunda vez, não é mesmo? Então vamos lá!

Quando e como contar sobre sua gravidez

Se você acha que a segunda gravidez é menos emocionante que a primeira, prepare para ser surpreendida, ou melhor, surpreenda. Dê uma olhada nesses 5 vídeos, eles são muito massa! Use uma maneira divertida para contar para todos sobre a novidade e uma maneira carinhosa de contar para o futuro irmão (ou irmã) mais velho (a).

Imagem: Pinterest
Imagem: Pinterest

É comum esperar reações positivas das crianças quando dizem que elas irão ganhar um irmãozinho para brincar, mas recentemente uma garotinha nos mostrou que nem sempre é assim. Por isso, prepare seu discurso de forma muito simples e seu coração para qualquer reação do seu filho. Sinceramente, eu ia começar a chorar junto se meu filho não gostasse da novidade (no caso dessa menininha ela não gostou do fato de ser um menino).

“Quando” contar sobre a gravidez também é uma pergunta que sempre nos fazemos, não é mesmo? Eu não esperei muito não, saí contando para todos, especialmente para meu filho pois tenho uma certa urgência de viver as coisas completamente, sabe?

O que você vai descobrir depois da segunda gravidez

Nossa, você vai descobrir muita coisa, muita força, muitas novas habilidades. Tudo no seu tempo e no seu lugar. Mas essas, com certeza você vai descobrir:

  • Você não vai sentir todos os sintomas iguais nas duas gestações. E você vai ficar comparando o tempo inteiro.
  • Você vai conseguir carregar seu filho no colo, mesmo com um barrigão. Logicamente você só fará isso se não houver restrição médica, mas que dá, dá!
  • Muitas coisas e procedimentos terão mudado da época em que seu primeiro filho nasceu e o segundo, e vai parecer que você é de outra época. A diferença dos meus filhos é de cinco anos e para mim séculos.
  • Primeiro seu filho mais velho não vai nem notar a sua barriga, mas quando ela começar a mexer, vai virar o segundo melhor lugar da casa (o primeiro aqui em casa é a cozinha).
  • Você vai ter dúvidas se conseguirá dividir seu amor por igual, mas na verdade você criará um novo amor para cada novo filho.
  • Quando você entrar em trabalho de parto, não poderá avisar apenas o marido. Uma outra pessoa terá que ser avisada para ficar com seu filho e a partir desse dia, sempre será assim.
  • Imagem: Pinterest

Imagem: Pinterest

Com o que NÃO se preocupar depois da segunda gravidez

  • Não se preocupe se eles terão ciúmes um do outro. Depois da segunda gravidez em algum momento isso vai acontecer, mas faz parte do aprendizado deles.
  • Não se preocupe com a bagunça que eles vão fazer juntos. Aqui vale um dito popular: “Se não pode com eles, junte-se à eles”
  • Comparações. Elas vão existir. Você vai comparar (mesmo que só em seus pensamentos), eles vão se comparar e os outros vão comparar. Quando isso acontecer, não reprima. Eles precisam enxergar suas individualidades, mas certifique que eles estão respeitando a do outro.
  • Brincadeiras e brinquedos para idades diferentes. Esse na verdade digo para você preocupar e não preocupar. Preocupe para que objetos pequenos não sejam engolidos, mas não se preocupe se o mais novo quer brincar com os brinquedos do mais velho que não são apropriados para eles. Eu já percebi que simplesmente não vale a pena o desgaste. Eles esquecem o brinquedo rapidamente.
Imagem: Pinterest
Imagem: Pinterest

Como será sua vida depois da segunda gravidez

Depois que você se perguntar se conseguirá amar os dois por igual, se conseguirá dar atenção por igual, você se dará conta das limitações físicas para isso. Você terá apenas duas pernas, e seus filhos correrão em direção contrária. Você terá apenas duas mãos, e seus dois filhos pedirão ajuda para escovar os dentes. Mas seu coração, mesmo sendo um só, vai transbordar de amor.

E quando eles correrem em direção contrária, você criará uma maneira de desviar o trajeto de um em direção ao outro, e junto com os dois, combinará quem terá sua ajuda primeiro. Você ensinará à eles o que é o amor por outra pessoa a não ser os pais. É lindo.

Mas você também vai ficar bitolada com o perigo no mundo de hoje, e várias vezes vai colocar a cabeça no travesseiro pensando em qual seria a melhor reação no caso de um assalto, ou se um deles se perder na praia. Como dói um coração que se preocupa.

Mas essa incrível (e as vezes, cansativa) jornada vai lhe render tudo em dobro. Febre em dobro, cafuné de mãe em dobro para sarar. Beijinho para sarar, choro na hora da injeção. Mas você quer saber a parte que mais gosto de ver? Meus dois filhos de mãos dadas numa clara declaração de união, de confiança e de parceria.

Eu sei que de “prático” esse manual não tem nada, mas quando foi que a maternidade se resumiu à procedimentos práticos, não é mesmo? Então, se prepare para ficar vesga para olhar cada um em um lado, reclamar do excesso de trabalho e ainda achar isso o paraíso da felicidade! Porque é assim que vai ser!

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários