Por uma maternidade mais leve!

http://www.crisguerra.com.br/hoje-vou-assim/2014/08/07/maes/

Esses dias recebi esse texto na internet e achei ele muito legal por isso decidi compartilhar aqui com vocês pois ele reflete bem o que todas as mães enfrentam todos os dias:

-Qual foi o seu parto?
Cesária? Hum, eu tive 650 partos normais.

-Qual foi seu parto?
Normal?! Nossa, seu MARIDO deixou? Isso é coisa de índio!

-Quanto tempo ela mamou?
6 meses? Hum, os meus mamaram até 15 anos.

-Ele mama até hoje?
Não acredito! Isso vai fazer mal pra ele, vai ficar traumatizado!

-Quanto que ela pesa?
4kgs? Só? O meu nessa idade pesava 8!

-Ela dorme a noite inteira?
Não?! Não acredito? O meu já nasceu dormindo a noite toda.

-Quantas vezes ela acorda a noite?
Só duas? Agradece, o meu acorda 12346648 vezes!

-Ela dorme no colo até hoje?
Os meus iam pra cama sozinhos com 8 meses!

-Já anda?
Não acredito!! Minha filha com essa idade pulava muro!

-Come bem?
Não? Isso é falta de pulso, o meu sempre comeu bem.

-E a festinha de 1 ano?
Não vai fazer? Não acredito!! Você vai se arrepender!

-E a festinha de 1 ano?
Vai gastar isso tudo?! Que desperdício, nem vai aproveitar, festa de um ano é para o pais.

-Quantos dentinhos?
Nenhum até hoje? Isso é normal?!

-Quando que ela falou?
Ainda não fala? Nossa, não é melhor levar em um fono?

-Ele é muito hiperativo, melhor levar em um psiquiatra pra receitar um remedinho.

-Ele não tá muito gordo?
O meu nessa idade não era assim!

-Ela não tá muito magra?
A minha nessa idade não era assim!

-Você trabalha fora?
Nossa, que dó? Você não fica com remorso?

-Você trabalha fora?
Não?! Nossa, mas o que você faz o dia inteiro?

-Nossa, ele não se parece NADA com o pai hein?! Que coisa!

-Só um filho?
Vai ficar mimado.

-Só menina?
Não vai tentar um menino, o pai precisa disso!!

-Três filhos?!
Que coragem!!

-Quatro filhos?
Na sua casa não tem televisão?!

-Você tem babá?
Assim é fácil ter filhos para os outros criarem!!

(Desista, você nunca conseguirá agradar! Mas no final das contas, a opinião dos outros não faz a menor diferença nas suas escolhas).

(Via: Mamãe duas vezes).

Esse texto me traduz uma simples coisa, que não importa o que você faça ou deixe de fazer, sempre irão falar! As pessoas no geral SEMPRE terão algo para dizer do jeito do que você faz, do jeito que você cria seu filho, de como foi sua experiência… simplesmente nãooo importa! Por isso queridas amigas e companheiras da lida diária da maternidade, não se importem tanto com o que as pessoas dizem… claro que não estou me referindo aos conselhos porque conselhos do meu ponto de vista sempre são bem-vindos, você ouve e decidi se vai querer seguir eles ou não, existem os conselhos bons e os não tão bons mas daí é você quem decidi se vai querer seguir eles ou não… mas estou me referindo aos comentários em geral… sempre tem alguém para dizer sobre a maternidade, alguém que acha que entende e sabe mais que você das coisas, incrível como as pessoas sabem educar seus filhos melhor que você (ou acham que sabem né?!heheheh) porque absolutamente ninguém entende melhor e quer o melhor para seus filhos do que você mesma! Por isso RELAXE! Se as pessoas querem falar, deixa falar, tudo bem…mas não se sinta culpada ou se pressione internamente com cada comentário que você ouvir, porque eles nunca vão parar….não deixe que os comentários venham a desanimar você ou entristecer seu coração a ponto de deixá-la culpada ou se achando uma péssima mãe… ninguém tem esse direito, afinal somos nós que noites a fio passamos acordadas lidando com cólicas, refluxos, bebês que não querem dormir, somos nós que amamentamos mesmo com os seios em carne viva, somos nós que deixamos de comer, dormir, para atender nossos filhos, nos deixamos de lado e QUASE esquecemos de nós mesmas no meio desse universo paralelo chamado maternidade, portanto NÃO FAÇA ISSO com você mesma, você não merece!

As comparações sempre virão junto com os comentários indesejados e sinceramente a grama do vizinho sempre vai parece melhor do que a nossa… mas não é verdade… o sol nasce para todos, assim como as chuvas vem para todos também, ou seja, todos passam por dias bons e dias não tão bons, então pode ser que o filho da sua amiga durma a noite toda e o seu ainda não, mas certamente ela passa por outras dificuldades que você não precisou passar… e assim vai, não se pode ganhar todas e a grande sacada é levar uma vida mais leve! Longe de pressão, culpa ou medo…se deixarmos esses sentimentos tomarem conta da nossa mente e do nosso coração a maternidade se tornará mais pesada e deixaremos de aproveitar os olhinhos brilhando de nossos filhos, as pequenas descobertas deles, seus sorrisos meigos, deixaremos de aproveitar o que de melhor a maternidade tem para nos oferecer o SER MÃE!

Por uma maternidade mais leve!

Beijocas.

Ana.

 

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários