Saiba realmente quais são os primeiros sintomas da gravidez

Você está esperando ansiosamente por esse momento, fica na dúvida se está sentindo uma cólica ou apenas “uma sensação” na barriga. Você acha que seus seios estão maiores, mas depois acha que é só o decote da blusa que você escolheu para o dia. Você conta os dias do seu ciclo menstrual e bom, pode ser que sim, pode ser que não. A ansiedade vai tomando conta e você quer ter certeza de tudo.

Você já se sentiu assim?

Conheço algumas mulheres que o desejo de estar grávida era tão forte, que andavam com as pernas mais fechadas e contraídas para “segurar” a menstruação, esquecendo do fato de que se o óvulo não tivesse sido fecundado, não havia relevância nenhuma a menstruação descer ou não.

É por todos esses sentimentos e desejos envolvidos que as vezes não sabemos ou não confiamos no nosso julgamento sobre as mudanças do nosso corpo. Por isso é bom saber quais são os principais primeiros sintomas da gravidez, lembrando que eles não comprovam sua gravidez, podem ser mais evidente em algumas mulheres e por isso, o melhor é sempre fazer o teste laboratorial (o de farmácia também é confiável, mas dentro de seu percentual estatístico).

Mas afinal, quais são os primeiros sintomas da gravidez?

O atraso da menstruação

Talvez o sintoma mais evidente da gravidez, ele sinaliza que o útero está se preparando para abrigar e alimentar o óvulo fecundado. Porém, se seu ciclo menstrual não é regular, esse sintoma pode ser um “alarme falso”, assim como para mulheres que apesar de terem o ciclo regular, ficam emocionalmente estressadas com a possibilidade da gravidez e seus hormônios alteram o ciclo menstrual.

Seios turbinados e doloridos

Eles podem até não crescer tanto, mas ficam doloridos e nos fazem ter a sensação de que colocamos silicone, ficam mais durinhos. Um abraço ou mudar de posição na cama pode ser dolorido, embora não seja uma dor de outro mundo. Mas esse sintoma não dá para passar batido.

Náuseas e vômitos

É muito hormônio para um corpo que já tinha muito hormônio controlando, minha gente! Os hormônios da gravidez chegam sem pedir licença, vão logo assumindo o espaço que precisam e pouco querem saber dos efeitos colaterais. Então, cheiros e sabores de repente farão você enjoar e fazer vômitos, assim como os benditos enjoos matinais.

Alguns médicos sinalizam que o enjoo matinal é um sinal de boa saúde da formação da placenta e também um efeito das alterações gastrointestinais da grávida. Uma parcela de cientistas também tenta provar que os enjoos e náuseas são mecanismos para alterar o hábito alimentar da grávida. Eu gosto desta idéia. Se você pensar no cheiro de fritura versus o cheiro de uma salada de fruta, vai concordar que a opção mais saudável terá um cheiro mais agradável.

Sono e cansaço

Um dos primeiros sintomas da gravidez é o sono. Como dá sono, meu Deus! Se puder dormir em pé, uma grávida dorme. E é super natural na medida que sabemos que nosso corpo está usando toda a energia para se preparar para a gestação. É tudo uma questão de gestão energética.

Cólicas

Toda essa preparação do corpo que estamos falando tem uma concentração maior no útero e na região pélvica. Apesar de achar que somos um só, a verdade é que nosso organismo se prepara para entender que aquele óvulo fecundado (que não tem 100% dos genes da mãe, tem os genes do pai também, e por isso não é um “corpo” conhecido pelo organismo da mãe) é gente boa, que precisa ser amado e cuidado. Quando ele entende isso, e não demora muito, ele começa a arrumar espaço, mudar a decoração e deixar o local mais interessante para o óvulo fecundado. Toda essa mudança as vezes pode causar uma pequena/média cólica que as vezes confundimos com uma cólica menstrual ou um aborto espontâneo (que a partir de agora vou chamar de “aquilo que não falamos o nome”, ok?!).

Sensibilidade à flor da pele

Olha, nós falamos, falamos e falamos aqui, e se você ainda não sacou a parada, vamos resumir. It´s all about hormônios! A gravidez é a beleza dos hormônios femininos transformando um corpo para gestar um ser. Isso é tão lindo e intenso, que muitos hormônios são necessários. E quando são liberados em alta carga, fazem a mulher sentir seus efeitos, como a alteração de humor. As vezes muito triste, as vezes muito alegre. As vezes chorona, as vezes histérica e nervosa.

A verdade é que a gravidez é uma coisa linda, mesmo com seus desconfortos e parecendo um “bonde sem freio”, a mulher sabe conduzir sua gravidez da forma mais natural possível porque ela passar ter um propósito maior do que brigar com o marido por causa da tampa do vaso levantada, ela vai ter um bebê para amar e proteger.

E você, sentiu algum dos primeiros sintomas da gravidez? E o pré-natal, já está fazendo? Você sabe qual a importância dele? Não deixe de ler nosso post sobre pré-natal.

Comente com o Facebook

comentários