Trocar a fralda antes ou depois de amamentar? Saiba aqui!

0
28
Trocar a fralda
Imagem: Mil Dicas de Mãe

Serão muitas trocas de fraldas de um bebê recém nascido, portanto dominar o assunto é importante. Na hora da prática surgem milhões de dúvidas, desde as mais simples do tipo de que lado se usa a fralda? Até as mais pertinentes como: Trocar a fralda antes ou depois de amamentar? E é justamente sobre a última pergunta que queremos falar um pouco mais hoje, para que você esteja bem munida de informações para saber como lidar com situações como essa.

Tá agora vamos ao que interessa, e aí, trocamos antes ou depois de amamentar? Para responder essa pergunta primeiro precisamos saber algumas coisas…

Bebês fazem muitoooooo xixi e cocô, e isso quer dizer várias vezes ao dia, por isso é importante olhar a fralda do bebê a cada 2 horas, pois apesar de parecer que todos os bebês choram quando estão com a fralda suja, você se engana, pois há muitos bebês que não choram para sinalizar que estão com a fralda recheada, mas isso não significa que ele possa passar longos períodos com a fralda suja, pois pode acarretar em assaduras e outros problemas, portanto fique ligada: verifique a fralda do seu bebê a cada duas horas, e preste atenção aos sinais que o bebê indica de fralda suja.

Bom, dito isso, agora você também precisa saber que muitos bebês tem refluxo, e isso é bem comum, pois o mecanismo que devolve o alimento do esôfago para o estômago está em desenvolvimento no primeiro ano de vida do bebê.


Aproveite e confira:


Portanto a válvula que faz a passagem da comida de um órgão para outro (o esfíncter do esôfago) fica mais tempo relaxado e facilita o retorno do que foi ingerido.

O tipo de alimentação do bebê e sua posição influenciam bastante, pois como o bebê ingere muitos líquidos e fica a maior parte do tempo deitado, favorece essa situação, conforme ele vai crescendo e ficando em outras posições como sentado e em pé, e também conforme sua dieta vai mudando, no caso da ingestão exclusiva de líquidos para a ingestão de sólidos, essa situação de refluxo tende a ir diminuindo.

Mas o fato é que nos primeiros meses de vida do bebê ela pode dificultar um pouco as mamadas, no caso as “pós” mamadas que exigirão mais atenção. Principalmente os bebês com refluxo-gastroesofágico patológico que regurgitam muito e não ganham peso, com esses o cuidado deve ser redobrado, muita atenção.

Trocar a fralda
Imagem: Mil Dicas de Mãe

E uma das “atenções” que se precisará ter após as mamadas é deixar o bebê na posição vertical por pelo menos uns quinze minutos, e isso automaticamente acaba vetando a troca de fralda pós mamada.

Nestes casos de bebês com mais propensão a refluxos e outros problemas do trato intestinal é importante ter esse cuidado, mas não são todos os bebês que passam por essa situação, então se o seu bebê não tem problemas com refluxo, a questão da troca de fralda antes ou após a mamada precisa atender outros critérios de decisão.

Como por exemplo, se o bebê é daqueles que mama e já quer dormir, trocar a fralda depois da mamada, pode se tornar um problema pois pode acabar despertando o bebê e levando ele a ficar mais irritadiço e ter dificuldades para pegar no sono de novo. Então avalie, se o seu bebê mama e dorme em seguida, o melhor é trocar a fralda antes de mamar, para evitar de atrapalhar o soninho dele pós mamada.

Outra questão a se avaliar é se o seu bebê é daqueles que sempre faz cocô durante a mamada, daí não tem como escapar da troca de fralda pós mamada, mesmo que o seu bebê goste de dormir depois de mamar, tem que trocar a fralda depois da amamentação pois o bebê não pode ficar tanto tempo com a fralda suja.

O que você pode fazer nestes casos é tentar trocar a fralda entre um peito e outro, ou seja após o bebê esvaziar uma mama você troca a fralda de forma que ele não esteja com o estômago completamente cheio para evitar uma grande regurgitação e se o bebê dormir no segundo peito já estará de fralda limpa. UFA! Isso pensando na troca durante a noite, mas se for durante o dia é mais tranquilo, você faz a pausa necessária e faz a troca de fralda, pois durante o dia as sonecas são mais fáceis de administrar.

Se o seu bebê é daqueles que se mata chorando antes de mamar, nestes casos trocar a fralda dele antes pode deixá-lo mais estressado e consequentemente também te deixar nervosa, portanto ou troque uma meia hora antes de mamar, para evitar o desespero ou deixe para depois de mamar que o bebê já está mais relaxado e calmo.

Então a questão de trocar as fraldas antes ou depois de mamar é mais uma questão de conhecer seu bebê e o ritmo dele, tomando claro alguns cuidados, como já mencionado sobre as questões de refluxo, mas no mais prevalece a decisão do que será melhor para ambos (mãe e bebê).