Chá de Bebê Online
Roupinhas para bebês
Como fazer fotolivro
Ebook Atividades de 0 a 1 ano

Ensinando Programação para Crianças

Última atualização em por

Continuando as atividades para ensinar programação para a Isabela, minha filha de 3 anos e 9 meses, começamos a seguir o currículo de atividades proposta pelo Code.org. As atividades são sugeridas para crianças a partir de 4 anos, mas eu senti que a Isabela tinha capacidade e concentração suficiente para começarmos.

O Code.org é um site que se propõe a ensinar programação para qualquer pessoa, é feito por um conjunto de empresas como Disney, Facebook, Google entre outras, e tem atividade online e offline para ajudar professores a ensinar crianças como programar de uma maneira que os pequenos possam entender.

Não vou falar sobre os benefícios de ensinar programação para crianças nesse post, pois já falei sobre isso no artigo Como ensinar programação para crianças pequenas.

Nossa Primeira Aula de Ensinando Programação para Crianças

Na nossa primeira aula, eu e a Isa fizemos algumas atividades offline, ou seja, longe do computador. A primeira atividade foi fazer um bonequinho atingir um objetivo através de setas para guiar o bonequinho, fizemos isso em uma folha de papel de atividades que eu imprimi do próprio site.

A segunda atividade offline foi muito divertida, em vez de bonequinhos para seguir com setas, coloquei algumas folhas de papel no chão, com objetivos a serem alcançados, e tínhamos que guiar o outro com os braços apontando a direção até que chegasse na folha com o objetivo, a Isabela adorou tanto guiar quanto ser guiada, e entendeu bem o conceito de sequência e lógica para atingir um objetivo.

Segunda Aula

Na nossa segunda aula sobre programação fomos para as atividades online, a primeira parte foi mais básica e precisava somente arrastar e colar e resolver alguns quebra-cabeça mais simples, a Isa se saiu muito bem, mas já estava acostumada com esse tipo de jogo no celular.

Na segunda parte tivemos que ajudar um angry bird a chegar até um pig usando setas, o que é muito bom, já que a minha filha ainda não sabe ler, as setas são necessárias, nesse aqui tivemos um pouco mais de dificuldade e fomos um pouco mais lentos. Eu ajudei ela a pensar para onde o angry bird deveria seguir, e fomos aos poucos descobrindo como fazer ele chegar até o objetivo.

Repetimos o exercício uma vez, e na segunda vez tudo foi muito mais lógico e fácil para ela, e a Isa ja resolveu vários sozinha. Acho que na próxima aula ainda vou repetir esse exercício online mais uma vez, para reforçar bem esse conceito com ela, não tenho pressa em seguir o currículo, quero que ela entenda bem como funciona para resolver os problemas.

Você também pode gostar

Comente com o Facebook

comentários