Entrevista com a nova mamãe Lu Ferreira do Chata de Galocha

Sabemos que ter filhos traz muitas mudanças na vida da mãe, na vida da família. Conversar com outras mães é algo muito importante, assim percebemos que não somos as únicas a passar por mudanças, e essa troca de experiências é muito importante e só ajuda nós mamães.

Toda semana uma nova mamãe estará aqui para contar um pouco sobre como é ser mãe!

Começamos hoje entrevistando a nova mamãe, Luisa Ferreira, do blog Chata de Galocha, ela é mãe da Bia de 2 meses!

1. Você teve que abrir mão de alguma coisa depois que se tornou mãe?

Minha filha nasceu no final de novembro, então por enquanto abri mão do meu sono e da minha rotina, heheh!

2. O que você faria se tivesse 3 horas a mais no seu dia?

Trabalharia. Uma das coisas mais difíceis nesse início tem sido conciliar trabalho e meu tempo com ela. Não tenho babá nem licença maternidade (sou autônoma e trabalho em home office), mas vou ter que buscar ajuda para conseguir voltar às minhas atividades.

3.  Ser mãe fez você ficar mais careta?

Meus valores não mudaram depois que ela nasceu. Sou a mesma pessoa, apenas aprendendo a ter mais uma pessoinha na minha vida.

4.  No momento o que você mais precisa? conversar ou ficar em silêncio?

Conversar com outras mães. Cada minuto de papo com as amigas que já têm filhos vale muito pra mim!

5. O que mudou nas suas amizades desde que sua filha nasceu?

Tenho mais contato com as amigas que já são mães – são muitas dúvidas e me sinto mais segura conversando com as pessoas que já passaram por isso.

6. Você tem medo de que?

Que a minha inexperiência com crianças atrapalhe o desenvolvimento da minha filha. Estou sempre lendo e pesquisando para conseguir estimulá-la da melhor maneira possível.

7. O que você já aprendeu com sua filha?

A ter paciência. É impressionante como olhar pro rostinho dela faz a gente perdoar qualquer coisa que incomode. Não ligo pra falta de sono, pro cansaço, pra rotina que passou a não existir quando os olhinhos dela se fixam em mim.

8. Qual foi o maior desafio que você enfrentou com a maternidade?

Nesse início, a amamentação. É mesmo tão difícil quanto sempre ouvi dizer e apesar de ficar mais fácil com o tempo, a cada dia surge um desafio diferente.

9. Cite 3 coisas pelas quais você pode ser grata hoje.

Sou grata por ter um marido que entende o real papel de pai e sabe que pai não deve ‘ajudar’ a mãe, e sim fazer o seu papel de cuidar do filho. Ele é um pai maravilhoso.
Também sou grata às amigas que se mostraram super presentes no início, quando é tudo mais difícil. Todas mandavam mensagens perguntando como estavam as coisas e oferecendo conselhos quando eu perguntava. Fez muita diferença.

Sou grata também à equipe que me acompanhou no parto e pós parto. Tive uma experiência maravilhosa e continuo tendo no acompanhamento da minha filha, tenho certeza que minha experiência teria sido completamente diferente se estivesse com outra equipe.

10. Dê uma dica de mãe para mãe.

A melhor coisa que fiz e continuo fazendo é me informar. Leio muito e acho que isso ajuda a me deixar mais segura nas minhas decisões. Existe tanta polêmica nesse mundo de maternidade que acho importante estarmos 100% seguras de nossas escolhas.

mamãe-lu-ferreira

 

 

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários