9 Erros na gravidez – confira e tenha uma gestação mais leve

0
4
https://revistagalileu.globo.com/

Confira essa lista dos erros mais comuns na gravidez e tenha uma gravidez mais tranquila.

Bebê a caminho e com ele vem junto um mar de inseguranças, medos, receios e dúvidas que cercam principalmente a vida das gestantes de primeira viagem. E por conta de nunca terem vivido esse momento, não sabem ainda o que é normal, o que é aceitável ou o que deve ser mudado por conta da gestação, por isso reunimos alguns erros muito comuns na gravidez, com o intuito de ajudar essas novas mamães a não cometerem esses erros e terem assim uma gestação mais leve e tranquila.

1- Não se adequar a nova condição de vida

A gestação é algo natural e portanto deve ser vista dessa forma, sem complicações, deve ser levada com leveza, sem muitas encanações desnecessárias. Mas em contrapartida também é preciso se conscientizar que alguns hábitos precisam ser mudados pensando no bem do bebê e da própria gestante. Por exemplo o consumo de álcool, cigarro, drogas, comidas industrializadas, etc..devem ser substituídos por uma vida mais saudável, uma alimentação balanceada e adequada, uma rotina de vida mais tranquila e regular. Ou seja, tentar levar a mesma vida de antes com os maus hábitos se torna algo extremamente arriscado tanto para o bebê quanto para a gestante. Então veja a gestação com uma nova fase na sua vida, que junto com a chegada do bebê também venha uma nova mulher mais madura e segura de suas boas escolhas.

2- Comer por dois

Um dos erros mais comuns na gestação, é a falsa desculpa de “comer por dois”, dando a gestante a falsa idéia de que ela pode comer o quanto quiser. Mas a verdade é que não é necessário aumentar ou dobrar a ingestão de comida, o certo é comer variadamente alimentos saudáveis, ou seja, fuja dos industrializados, manter uma alimentação saudável e adequada é extremamente importante para que o bebê possa estar recebendo todos os nutrientes necessários para seu desenvolvimento. Quanto ao ganho de peso em específico, esse assunto deve ser abordado no pré-natal com o médico que está fazendo seu acompanhamento, ele é a pessoa mais indicada para lhe instruir em quanto ganho de peso é aceitável para seu biotipo.

3- Consumir refrigerantes

Ainda falando sobre alimentação saudável, é muito comum as gestantes acharem que podem continuar ingerindo os mesmos alimentos e bebidas de antes da gestação, que não vai dar nenhum problema, e refrigerantes é um exemplo disso. Evite o consumo de refrigerantes, eles devem ser evitados na gestação pois esse tipo de bebida além de não possuir nenhum tipo de componente essencial para nosso organismo, ou seja, sem valor nutricional nenhum, ele ainda apresenta altas quantidades de açúcar, conservantes e corantes que podem prejudicar a saúde do bebê e da mamãe, inclusive contribuindo para a ocorrência da diabetes gestacional. Além de que refrigerantes causam gases e desconfortos abdominais.

4- Não tomar água o suficiente

Com o corre-corre da vida cotidiana, muitas mulheres não possuem o hábito de se hidratar adequadamente, ou seja, ingerir no mínimo dois litros de água por dia. E durante a gravidez seguem esse mesmo mau hábito. Mas é preciso reforçar que é importantíssimo que a gestante se hidrate com frequência, para isso mantenha sempre a mão uma garrafinha de água e vá repondo conforme ela vai esvaziando. Você também pode consumir além da água, sucos naturais, água de coco, chás etc.

5- Não dormir o suficiente

Outro mau hábito que muitas mulheres tem antes da gestação, por conta da correria da vida cotidiana e levam para a gestação essa mesma rotina. Mas o fato é que no momento que você descobre que está grávida, é imprescindível que hajam mudanças na sua vida no geral, e uma delas é readequar a rotina do sono.

Pois tanto seu corpo quanto seu bebê estão passando por grandes mudanças e precisam de toda a energia que possam obter. A privação de sono é uma das piores coisas nesse período, tente ir para a cama mais cedo ou durante o dia faça pausas e tire alguns cochilos para poder obter a quantidade de sono que você precisa.

erros na gravidez
https://revistagalileu.globo.com/

6- Não fazer um pré-natal ou participar de grupo de gestantes

Descobri a gravidez e agora? Sigo minha vida normal até o parto? Nãoooo…toda gestante deve ser acompanhada por um médico, que fará o seu pré-natal, normalmente o hospital (ou posto de saúde) onde você está se consultando oferece esse tipo de atendimento e também grupos de apoio. No SUS o acompanhamento do pré-natal é gratuito e nos planos de saúde geralmente estão na cobertura do plano, portanto se informe assim que souber da gravidez. Os grupos de gestante e do bebê também não devem ser negligenciados, afinal ter um bebê é uma grande responsabilidade e quanto mais ajuda e informação tivermos antes do nascimento, mais benefícios trará.

7- Não falar com o seu bebê

Você pode achar que o bebê não está te ouvindo e que só fará isso quando nascer, portanto não tem porque falar com ele…mas não é verdade. Falar com seu bebê é extremamente importante desde o início da gestação, pois reforça o laço afetivo entre mãe e bebê desde o ventre, portanto leia para ele, cante para ele, converse com ele, se você não fez isso até agora, tudo bem, vamos recuperar o tempo perdido e começar agora a criar esse vínculo.

8- Estresse

Alguns estudos indicam que altos níveis de estress durante a gestação podem afetar o desenvolvimento do cérebro do bebê e do seu sistema imunológico. Portanto tire momentos no seu dia para relaxar, descansar a mente e o corpo, faça massagens relaxantes, ouça uma boa música, coloque as pernas para cima e leia um bom livro, faça uma caminhada ao ar livre, seja como for tire um tempo para cuidar da sua mente e dar uma desligada de tudo que lhe causa estress, medo ou insegurança. Fará bem para você e para o seu bebê.

9- Estocar produtos antes do bebê nascer

Outro erro muito comum principalmente entre mães de primeira viagem, estocar produtos de enxoval e higiene antes do bebê nascer. E por que isso é um erro? Porque o bebê pode ser alérgico a determinados produtos como cremes para assaduras, óleos de banho, hidratantes, etc. ou ainda você pode nem precisar desses itens, afinal cada bebê é um bebê, e o que funciona na casa da sua amiga, você irá descobrir que não necessariamente funcionará na sua casa, portanto não compre em grandes quantidades, compre apenas o necessário para suas necessidades.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here