3 cuidados importantes ao viajar com pets

0
4
viajar com pets
Imagem: pixabay

Viajar com pets requer um planejamento conforme o tipo de transporte. Saiba como se preparar para cada um. 

Os cães e gatos fazem parte da família, por isso, quando se tira férias é normal eles irem junto. Dependendo do destino será feita a locomoção de uma forma sendo preciso se preparar para viajar com pets.

Existem alguns cuidados que devem ser seguidos para que o animal fique confortável e o tutor evite problemas durante a viagem. Veja o que é necessário providenciar conforme o tipo de transporte.

viajar com pets
Imagem: pixabay

Viajar com pets de carro

Esse costuma ser o meio de transporte mais comumente usado nas viagens com animais. Se o animal já está acostumado não existem grandes segredos, mas na primeira vez a atenção é dobrada.

A caixa de transporte pode ser mais adequada para os gatos e cães de pequeno porte, assim eles ficam confortáveis durante todo o caminho e protegidos. Para dar mais liberdade ao animal é possível deixá-lo dentro de bolsas e cadeirinhas, sempre preso ao cinto do equipamento ou ao do carro. 

O pet nunca pode ir solto dentro do carro. Isso é proibido e aumenta os riscos de acidente, pois ele pode interromper a visão ou atrapalhar a direção. Se ocorrer um acidente com o animal solto, a seguradora pode negar a indenização do seguro auto e nesse caso será mais um transtorno para o motorista. 

Durante o trajeto é recomendável fazer paradas para que o pet possa “esticar as pernas”, se alimentar e fazer as necessidades. Por isso, deixe pronto um kit viagem para ele, assim como faz com as crianças.


Aproveite e confira:


Viajar com pets no ônibus

Quem vai viajar de ônibus pode levar o pet, mas nesse caso costuma haver um limite de tamanho sendo permitidos apenas animais de pequeno e médio porte.

Cada empresa pode ter suas próprias regras, mas no geral exigem que o animal permaneça dentro da caixa de transporte durante todo o trajeto. Algumas permitem que ele seja levado no colo dos donos e outras exigem que seja reservado um assento para ele.

Existem algumas regras que são comuns a todas as companhias. A apresentação do atestado de saúde do animal está entre as mais importantes. 

Esse deve ser emitido por um veterinário comprovando que existe condições de fazer a viagem. Pode ser exigida também a carteira de vacinação.

Para não ter problemas ao viajar com pets antes de embarcar converse com a empresa de viagens para entender quais regras adota. Assim, poderá se preparar e garantir conforto ao animal.

Viajar com pets no avião

Embarcar um pet em um avião exige mais cuidado e regras a serem seguidas. Animais de médio e pequeno porte, com até 7 quilos costumam ser transportados na cabine. 

Eles devem estar dentro da caixa de transporte. Já os com até 30kg são levados no compartimento de bagagem, mas somente algumas raças são permitidas.

É necessário comunicar a empresa aérea com antecedência e providenciar todos os documentos. Costuma ser exigido um laudo veterinário atestando a boa saúde do animal e carteira de vacinação antirrábica. 

Para viagens internacionais podem ser exigidos outros documentos. 

Cuidados com os pets

Além de cumprir todas as exigências das empresas de transporte ou de como acomodar os animais no carro, é preciso garantir que estejam confortáveis.  

Para isso, acostumar ele a ficar dentro da caixa de transporte é recomendável. Isso pode ser feito gradativamente em casa com reforços positivos. Deixar brinquedos que ele goste dentro da caixa pode acalmá-lo.

Antes de começar a viagem, brinque bastante com ele, assim ficará cansado e dormirá durante o caminho. Isso ajudará a reduzir o estresse no animal.

Viajar com pets permite levar esse membro da família para qualquer lugar, mas assim como acontece com as pessoas, é preciso ter uma preparação. Se atentar às regras e ao conforto é fundamental. 

Por: Jeniffer Elaina, do site SeguroAuto.org.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here