Maternidade insana: 30 COISAS QUE QUERO QUE MEU FILHO APRENDA

Imagem: Pinterest

Adoro conversar com as colegas do meu filho de sete anos. Aliás, adoro conversar com qualquer criança, não só como meus filhos. Isso porque vejo como elas vêem o mundo diferente dos meus filhos baseado na educação que elas recebem, nas experiências que elas vivem.

E nesse final das aulas, organizamos uma festa de despedida entre os colegas da turma do meu filho. Foi tudo mundo divertido, as crianças adoraram, e como tinha levado meu filho menor, fiquei a maior parte do tempo no playground, rodeada de crianças.

Em determinado momento, quando aquelas brincadeiras típicas de “meninos contra meninas” estava obviamente dando errado, uma delas veio até perto de mim e explicou para outra mãe que a brincadeira estava injusta porque as meninas eram mais frágeis que os meninos.

Eu então parei e falei com ela: Não se sinta mais frágil que os meninos. Vocês são exatamente iguais.

Ela me olhou e tenho certeza que passou na cabeça dela “quê que essa louca tá dizendo” ou “você só está dizendo isso porque você é mãe de um menino e quer que ele ganhe”!

Percebi que a conversa seria longa demais para o que ela estava disposta à ouvir e também pelo quanto eu teria de atenção para dar uma vez que meu pequeno já estava querendo subir nos brinquedos maiores.

Aí fui pensando nisso no caminho de casa. Já escrevi aqui na coluna Maternidade Insana sobre o questionamento do meu filho sobre “quem manda aqui em casa”. Vale a leitura aqui neste LINK para contextualizar. E pensei que essa igualdade entre os sexos seria algo que eu queria que meu filho não somente compreendesse, mas também replicasse isso em suas atitudes.

Como uma boa administradora de meia tigela que sou, acabei fazendo uma lista de outras coisas que eu quero que ele compreenda. Assim, poderia fazer um “check” e também poderia ir incluindo outros itens com o passar do tempo (PS: Aceito sugestões!):

  1. As pessoas são exatamente iguais. Não importa o sexo, a religião ou escolhas da vida. Respeite todos como gostaria de ser respeitado.

  2. Não queira ser melhor do que todos e em tudo. Todas as pessoas possuem suas qualidades e não existe perfeição. Você precisa querer apenas melhorar seu desempenho.

  3. Você é o que você come e lê. Escolha bem os alimentos e seus livros.

  4. Tenha fé em você e nas pessoas.

  5. Algumas regras são feitas para serem quebradas, menos as minhas.

  6. Toda ação tem uma consequência. Pense nas possíveis consequências antes de agir.

  7. Peça desculpas sinceramente, e não apenas porque você sabe que deve pedir.

  8. Não guarde rancor. Perdoe as pessoas.

  9. Entre ganhar dinheiro ou ser o melhor, escolha ser feliz. Se dentro da felicidade couber alguma dessas duas outras coisas, então tudo bem.

  10. Sonhe, mas não espere as coisas acontecerem. Você precisa correr atrás.

  11. Tenha um grande amor e faça com que ele seja grande eternamente fazendo essa pessoa feliz. Ela fará o mesmo.

  12. Se as coisas derem errado, não desanime. Comece de novo.

  13. Cuide bem da sua família, sempre.

  14. Ajude sempre, não importa quem. Isso faz um bem enorme para seu coração.

  15. Viaje muito.

  16. Questione.

  17. Não cole na prova. É um risco idiota de mostrar uma idiotice maior ainda, a de que você não confia em você.

  18. Saiba dizer NÃO.

  19. Tenha um filho. Ou mais se conseguir.

  20. Escute mais e fale menos.

  21. Saiba dizer SIM.

  22. Não seja tão mau-humorado.

  23. Se for fazer uma tatuagem, escolha bem seu desenho.

  24. Seja honesto. Tipo, SEMPRE!

  25. Não é a quantidade de amigos que importa, é a qualidade.

  26. Dance loucamente.

  27. Não deixe de estudar nunca.

  28. Fale dos seus sentimentos e chore quando quiser.

  29. Não faça empréstimos e não abuse do cartão de crédito.

  30. Mas ria mais do que chore.

Quando eu estiver passando dessa para melhor, quero ter muito orgulho do homem que ele vai ser e também quero ter tranquilidade que ele vai ser feliz sendo assim.

Eu sei que se mostrar essa lista para ele hoje, muito provavelmente ele não vai entender nada, assim como a coleguinha dele não entendeu que eu queria dizer que ela não deve se sentir inferior aos meninos.

Por isso acho a tarefa de educar ainda mais complexa e insana. É uma fórmula exata de estímulos e experiências que eles precisam viver. Se passar a dose de decepção, eles vão esperar menos da vida. Mas se passar da dose das vitórias, eles vão achar que tudo estará garantido.

Que eu tenha sempre itens à adicionar à esta lista, que eu aprenda junto com eles e que acreditemos sempre que no final, tudo ficará bem.

Paz.

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários