Montando um Cantinho da Leitura

Hoje temos participação da Maria Amélia, livrólatra assumida, leitora contumaz, adora escarafunchar prateleiras em busca de livrinhos especiais: com histórias inteligentes, ilustrações interessantes e edições caprichadas. Mãe de menino, tenta incutir no pequeno o amor pelos livros – mesmo escondendo alguns exemplares do filho (para o bem deles mesmos, os livros!). Conhecida também como “Dona Livrinho”, por conta do instagram blogdolivrinho. Confira!

Basta dar um “Google” pra gente descobrir milhares de sites, matérias, posts e afins com dicas sobre como incentivar o hábito da leitura nos pequenos.

Daí, no meio de tanta informação, a gente fica tentando separar o joio do trigo pra aplicar na nossa casa aquilo que realmente funcione pra nós, pros nossos filhos e pra nossa rotina também.

Se você é mãe (ou pai, avó, tia, madrinha) já percebeu que não adianta simplesmente entregar os livros às crianças e deixar que se virem por conta própria. Não. Isso não basta. É necessário participar: mostrar o livro, apontar as figuras, ler a história (com vontade!), conversar sobre ela. É necessário também ser o exemplo: não adianta entuchar livros nos filhos e pedir que eles leiam enquanto você usa o iPad, né!

Uma das dicas que eu mais gosto, no entanto, é a de montar um “cantinho da leitura”, um lugarzinho onde os livrinhos fiquem à disposição, onde tenha boa iluminação e seja confortável.

E aí, animada, você vai e dá um “Google” procurando inspirações. E aí, aparece aquele monte de imagens do Pinterest, com quartos amplos, bibliotecas maravilhosas, tapetes felpudos, janelas que vão do chão ao teto, alguns têm até tendinhas. Daí você olha pra sua sala (ou pro quarto das crianças, ou para aquele cantinho no corredor ou na varanda) e pensa: rá rá rá! (Eu, pelo menos, penso. Na minha casa – e no meu orçamento – não cabe nada disso…).

E aí eu te digo: vamos ser realistas? Pra ler – e gostar disso – nenhuma criança precisa de uma “biblioteca-design” (embora uma dessas seja bastante atraente). Com um pouco de criatividade e alguns conceitos básicos, você pode montar seu cantinho em qualquer espaço, sem gastar a poupança pra universidade. Vem comigo:

  • Na sua casa não tem brinquedoteca? Na minha também não! (Por aqui, escondemos os brinquedos entre o braço do sofá e a parede –ops!)! Os livrinhos ficam na sala mesmo, numa caixinha de tecido. De tempos em tempos, vou trocando o conteúdo, assim tem sempre novidade!
  • Uma solução para espaços pequenos é aquele tipo de prateleira que deixa livros expostos paralelamente à parede. Como ela não ocupa muito espaço, dá até pra colocar no corredor ou em qualquer canto que seja meio “passagem”. Você também pode ir trocando a coleção (os que não couberem ali ficam guardados no armário, sob a cama, onde der!).
  • Tem uma estante na sua casa? Um rack de TV? Separe um cantinho dele, de preferência perto do chão ou na prateleira mais baixa, e coloque os livros das crianças ali.
  • Você não precisa de uma mini poltrona ou um pufe gigante pra ter conforto. Pode usar uma pequena almofada colorida (deixe as crianças escolherem cada uma a sua!), ou mesmo um tapetinho pequeno – só pra ninguém ter que sentar no chão frio (e duro!).
  • Falta luz? Uma luminária simples resolve! O ideal é escolher uma lâmpada do tipo LED, que não esquenta e não consome muita energia. Você também pode deixar as crianças escolherem – isso faz com que elas percebam que esse cantinho é realmente delas.

E lembre sempre: deixe os pequenos manusearem os livros à vontade. Se, como eu, você é ciumenta e morre de medo que eles amassem e rasguem os livros, comece por exemplares mais resistentes e, com paciência, vá mostrando como devem cuidar e conservar os livrinhos. Boas leituras!

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários