Resenha: Jane Eyre de Charlotte Brontë

Resenha: Jane Eyre de Charlotte Brontë

Jane Eyre. Imagem Editora Zahar

Jane Eyre é um livro recheado de reviravoltas! Eu sei que dou aqui várias dicas de livros infantis e juvenis, mas hoje o livro é para adultos!

Jane Eyre é o primeiro livro que li das irmãs Brontë. Ele é um romance da escritora britânica Charlotte Brontë publicado em 1847. Primeiramente ele foi publicado sob o pseudônimo Currer Bell, para ocultar seu gênero, já que nessa época os textos de mulheres escritoras não era tão bem visto.

Quem é Jane Eyre?

Jane Eyre é a personagem principal do livro, ela é sincera, impetuosa, inteligente, firme em seus princípios. Neste livro vamos acompanhar a sua vida desde pequena, até a idade adulta. Jane é uma menina órfã, seus pais morreram quando ela era muito nova, então foi morar com o seu tio, o tio morreu e a mulher dele (a tia) não cuidou de forma adequada da menina. Até que a menina foi enviada para um colégio interno, a instituição de Lowood.

Jane cresce nessa instituição, passa oito anos em Lowood e se torna professora nessa instituição e um dia resolve que quer trabalhar em outro lugar, fora de Lowood.

Através de um anúncio de jornal, Jane acaba aceitando o emprego de ser preceptora de uma menina. Lá nessa casa ela acaba conhecendo o seu patrão, o misterioso Sr. Rochester.

Em Thornfield Hall, seu novo local de trabalho, Jane é informada que o seu patrão passa pouco tempo em casa, e quando chega logo vai embora. As únicas coisas que parecem estranhas na mansão são o comportamento de uma das criadas, Grace Poole. E uma gargalhada sinistra durante a noite, (como assim gargalhas sinistras???) que era atribuída a esta criada Grace Poole. Mas tudo segue tranquilo até que as coisas começam a acontecer.

Jane é chamada durante as noites para conversas com o patrão. Ele a considera uma companhia melhor do que a dos outros criados, em razão de sua instrução. Com tanta conversa os dois acabam se tornando amigos e algo mais surge entre eles. Mas algo ou alguém pode atrapalhar os planos dos dois de ficarem juntos.

O livro é cheio de reviravoltas mesmo, ele começa bem devagar com ela criança na casa e depois no internato, mas depois em Thornfield Hall (na casa do Sr. Rochester) é que a história encontra seu clímax, é uma surpresa atrás da outra!

Que tipo de livro é Jane Eyre?

Jane Eyre é considerado um livro feminista por muitos, por causa de algumas frases que constam no livro, mas será mesmo, bora conferir:

Supõe-se que as mulheres são muito calmas em geral, mas elas sentem da mesma forma que os homens; precisam tanto de exercício para suas faculdades, e de um campo para seus esforços, quanto seus irmãos.

Jane Eyre

Outra frase do livro:

Não sou um pássaro e nenhuma rede me prende.

Jane Eyre

Mas…

Ao longo da leitura você, eu, no caso, percebo que Jane Eyre é firme em seus valores, isso mesmo. E suas decisões não são por uma mulher livre, que faz o que der na telha na hora que estiver afim, todas as decisões dela estão de acordo com seus valores cristãos, Jane tem a chance de ter o que quer, mas não dá forma correta e decide fazer o certo.


Qual versão do livro eu indico?

Eu li Jane Eyre no kindle (gratuito na versão Kindle Unlimited), mas gostei muito da leitura que comprei a versão física para ter na estante! A versão que escolhi é essa versão do selo Zahar da Cia das Letras.

Essa edição traz ilustrações de época, mais de 240 notas, cronologia. E, como anexos, textos para as primeiras edições do livro assinados por “Currer Bell”, pseudônimo da autora. A versão impressa apresenta ainda capa dura e acabamento de luxo.


Aproveite e confira:


Um pouco sobre a autora:

Charlotte Brontë nasceu em 21 de abril de 1816 em Yorkshire na Inglaterra. Ela é a terceira filha do reverendo Patrick Brontë. Em 1824 ela e suas irmãs acabam indo para um internato onde acontece um surto de febre tifoide. Charlotte atribui a morte de duas de suas irmãs a isso e acabou usando sua experiência no internato para criar a base de Jane Eyre.

Charlotte Brontë tem outros livros publicados, que eu já coloquei na minha lista de desejados (clique para neles para ver na Amazon):

1849 – Shirley

1853 – Villette

1857 – O professor


Além de livro tem o filme! Bora assistir!

E além do livro Jane Eyre você pode conferir o filme. Gostei bastante, lógico que em um filme as coisas acontecem muito mais rápido e sem a profundidade do livro, mas vale a pena assistir também! Eu gostei!

E você, conhece o filme ou o livro com a história de Jane Eyre?

Deixe um comentário

close