9 Dicas para economizar no enxoval do bebê – Necessário!

- Advertisement -

A lisa de enxoval de bebê costuma ser gigante e você não sabe o que fazer para comprar tudo? Confira essas dicas para economizar no enxoval do bebê!

Com a chegada de um novo bebê na família, é muito difícil não pensar nos gastos à mais, e nessas horas é comum os pais ficarem preocupados e ansiosos se darão conta de tudo, se terão condições de fazer o enxoval, pois apavora pensar em todos os itens que fazem parte do enxoval do bebê, existem muitas listas disponíveis na internet e em sua maioria elas tem itens sem fim, que só de olhar dá uma dor no bolso, claro que não medimos esforços para dar o nosso melhor para nossos filhos, mas podemos fazer algumas economias aqui e ali que podem contribuir para um bom orçamento familiar, ou seja, a chegada do bebê não precisa ser sinal de estresse ou endividamento dos pais.

Veja aqui a lista de enxoval de bebê que nós fizemos para ajudar você:

Abaixo 9 dicas para economizar no enxoval do bebê:

dicas para economizar no enxoval do bebê
Imagem: Móveis Henn

1.Faça uma poupança.

Se vocês estão planejando engravidar, faça uma poupança e comece a guardar dinheiro, mesmo sendo pouco (as vezes o orçamento é apertado mesmo), é melhor guardar algum valor do que nenhum, quanto mais você conseguir juntar, melhor será depois na hora de fazer as compras do enxoval.

2. Fique atenta à estação do ano em que o bebê vai nascer

Dica de ouro, quando somos mães de primeira viagem, nem nos atentamos a esse detalhe, que parece pouco mas é essencial, pois conforme a estação que o bebê vai nascer, você consegue fazer as compras de acordo com o clima e a idade que seu bebê estará naquele momento. Por exemplo, se o seu bebê vai nascer no inverno você sabe que precisa investir em macacões quentinhos com tamanhos RN e P, então mesmo que você veja uma roupinha linda tamanho RN ou P se ela for de verão, é bem pouco provável que você irá usar. Por isso fique atento, tecidos mais pesados como lã ou linha serão usados em estações como outono e inverno enquanto itens de malha de algodão por exemplo serão usados no verão e primavera. Isso irá determinar quanto de cada item do enxoval você irá comprar, evitando assim gastos desnecessários com itens que não serão funcionais e provavelmente acabarão não sendo usados.

3. Priorize os itens essenciais. 

Dá vontade comprar tudo o que a gente vê pela frente, esse universo infantil é muito lindo, e temos que segurar os impulsos de sair gastando tudo. O foco é priorizar o que é essencial como berço, banheira, carrinho, bebê conforto, etc… itens que são mais caros e é justamente aí que entra a poupança feita no início da gestação. Existem muitas opções hoje de comprar itens usados e em boas condições, com um custo bem mais baixo do que se fossem novos. Pesquise valores, modelos, marcas e faça decisões conscientes, pois ao longo da gestação mais gastos surgirão e é bom não ter estourado o orçamento logo no início.

4. Decoração

É possível ter um quarto digno de Pinterest gastando pouco, pois existem muitas ideias bacanas na internet do tipo DIY (Faça você mesmo), ponha a mão na massa e busque inspirações que caibam dentro do seu orçamento.

5. Aceite ajuda. 

Se os seus parentes ou amigos próximos lhe oferecem ajuda, com valores ou presentes, não tenha vergonha e aceite a ajuda. Se você tem medo de eles comprarem algo que você não irá gostar, ou que não irá combinar com a decoração do quarto, uma sugestão é perguntar se eles não poderiam dar em dinheiro o presente para que você mesmo possa escolher, ou também podes sugerir de você escolher o item na loja ou na internet e eles efetivarem a compra. É uma forma de economizar, ganhar itens que sejam do seu agrado e ainda poder permitir que os mais próximos participem desse momento.

5. Aproveite o chá de bebê. 

O chá de bebê ajuda muito a economizar com fraldas e itens de higiene. A dica aqui é não estourar o orçamento com a organização do chá, prefira algo mais simples mas feito com carinho e amor. Após o chá, veja o que não ganhou para então comprar o que falta.

Você mesma pode criar uma lista do enxoval do bebê na Amazon para as pessoas presentearem você, clique aqui para saber mais.

7. Faça trocas.

Sempre tem uma amiga, prima, vizinha, irmã, etc com filhos pequenos que possa lhe fazer um empréstimo de roupas, acessórios, brinquedos ou livros infantis em bom estado, combine de pegar alguns itens emprestado e após o tempo de uso do bebê faça a devolução, isso é super comum entre mães e ajuda muito o orçamento familiar.

8. Invista em tamanhos grandes. 

Crianças crescem muito rápido, então quando for fazer as compras do enxoval ou dar sugestão de presentes invista em itens com numerações maiores, pois assim você garante que eles usem por um pouco mais de tempo.

9. Compras

Quando for as compras fique atenta as promoções especiais que as lojas fazem nas trocas de estações ou em períodos específicos para aproveitar bons descontos.

Invista em itens de qualidade, isso não significa itens caros, mas existem muitos itens de enxoval que são baratos e de má qualidade, mal a criança usa e já estraga, já não dá para usar mais, nestes casos o barato saiu caro. Por isso compre peças de boa qualidade (leia-se aqui que não precisam ser de marca para ser de boa qualidade, ok!?) mesmo que você pague um pouco mais, economize em outros pontos como lembrancinhas por exemplo, que são itens não essenciais.

Quando for comprar culotes, compre com o pé dobrável. Assim, mesmo quando as peças começarem a ficar curtas, você pode continuar usando pois é só dobrar o pé e colocar uma meia.

Comece sempre pelo básico e depois vá avaliando aos poucos o que irá precisar, e do que não irá precisar, assim você consegue ir fazendo compras conscientes de acordo com o que você realmente precisa.

Ana Paula Fernandes - Equipe Sou Mãe
Casada, mãe de segunda viagem, descobrindo um novo universo, o universo das mães! E compartilhando um pouco de suas descobertas aqui no Sou Mãe!

Posts relacionados