Alimentação infantil: 12 alimentos proibidos antes dos 2 anos!

alimentação-infantil

Hoje vamos falar sobre um assunto em que está sempre em alta mas ao mesmo tempo é bem delicado no mundo materno, a alimentação infantil! Não sou nutricionista, nem da área de saúde, muito menos vegana (adoroooooo uma carne), também não sou daquelas que tudo no mundo inteiro tem que ser integral e orgânico (embora os integrais me apetecem ao contrário da maioria das pessoas…kkkk…acho que não sou normal..kkk) mas sou uma mãe muitooo preocupada! Eu já sempre fui muito encanada com a alimentação mas sempre me permiti muitos excessos, mas na gravidez eu tive diabetes gestacional o que fez com que pela primeira vez na minha vida inteirinha (e olha que não é curta..kkk… mas não revelo de jeito nenhum minha idade..kkk) tive que fazer dieta! ekaaaaaaa….

Nunca fui gordinha, mas vivia lutando com os kilinhos extras, eu sempre tentava começar a dieta na segunda-feira, mas a segunda-feira chegava e eu nada de dar jeito de começar a tal da dieta…mas na gestação não pude fugir da tão temida dieta, pois não era para eu simplesmente emagrecer, mas para poder garantir que minha filha tivesse uma boa formação dentro de mim…pavor da mãe né?! Imagina a responsa?! Bom então nem preciso dizer que não só não ganhei mais peso na gestação inteira, como também emagreci e muitoooo…no total da gestação TODA acreditem se quiser engordei apenas 4,5 kg, isso mesmo, minha carteirinha de gestante comprova essa informação (que vou guardar como um trunfo para sempre)..hahahaha…claro que isso fez bem para a Bia, para mim e de quebra para o papai que também teve que entrar na onda (tudo bem que ele dava suas escapadas noturnas à geladeira…kkk) mas todos saíram ganhando!

Nessa onda de dieta, e afins eu acabei me interessando mais pelo mundo dos integrais e começando a ver certa beleza nisso! Mas ainda não tinha realmente criado gosto pela coisa….mas quando a Bia completou 1 ano e passou a comer conosco, digo nossa comida, porque antes ela comia suas papinhas que eram feitas por mim e pelo papai e por sinal muito nutritivas…mas ainda nos dávamos o luxo de comer comidas separadas, ela comia a papinha nutritiva dela e nós as nossas comidas engordantes e tal….mas com ela sentando na mesa conosco e tendo que comer a mesma comida que nós,  sem separações…puxa, daí a situação mudou de figura e precisei fazer “alguns” ajustes por aqui…que não me arrependo e cada dia gosto mais por sinal! Despertei meu desejo de cozinhar e procurar sempre trazer para a mesa da minha casa, coisas diferentes e gostosas, porque quem disse que os alimentos nutritivos são ruins?! Isso é bullying hein?!hahahaha….

Bom então acabei entrando para o mundo das mães chatas! É, é bem assim que sou vista por muitas mães e quem dirá os nossos próprios familiares… sou uma chata! Mas tudo bem! Me conformo em ser uma chata desde que isso seja por algo bom! E nesse caso, é por algo muitooo bom, que é cuidar da alimentação da minha família! Proporcionando para eles alimentos frescos, saborosos, saudáveis que contribuam para seus desenvolvimentos e crescimentos, e claro que de quebra fortalecendo o sistema imunológico de todo mundo! Opa, só tem coisa boa aqui galera!

Daí então queria repartir com vocês algumas informações sobre os alimentos que não são recomendados para as crianças menores de 2 anos, pois hoje em dia como a coisa anda é bom a gente ficar atenta a tudo né?! Esses alimentos minha filha não come ainda pois ela tem 1 ano e 2 meses (alguma mãe nesse exato momento está me chamando de chata, pirada, radical e afins…kkkkk) e também pretendo que ela continue sem comer até os dois, que é exatamente o período de formação do seu paladar, do qual quero que ela aprenda a comer as coisas saudáveis primeiro... afinal ela terá uma vida inteira para comer chocolate, balas, etc…mas eu só tenho 2 anos (principais) para formar seu paladar com os alimentos saudáveis e nutritivos, então bóra lá trabalhar em prol da alimentação saudável!

Alimentação Infantil: Confira a lista abaixo de quais itens não são recomendados pelos nutricionistas para serem consumidos antes dos dois anos de idade:

1- Chocolate

WomansHandsHoldingChocolate_SOC

No topo da lista, é óbvio que só podia estar o CHO-CO-LA-TE !!! Infelizmente ele também está no topo da lista de consumo da criançada né?!

Pois é, tem pais que oferecem até antes do 1 ano e isso é uma grande tristeza! Tem pais que acham que os filhos estão “perdendo” por não comer chocolate, mas na real eles não tem como “perder” algo que nunca experimentaram, ou seja, eles não sentem falta de comer chocolate porque nunca comeram! Então eles não são coitadinhos por não comerem chocolate, certo?! O desejo de comer chocolate não parte deles e sim de nós como adultos que queremos inseri-los nesse vício que é o chocolate (porque é viciante o negócio…kkkk).

O chocolate além de ser rico em açúcar, é rico em gordura e cafeína. É uma caloria vazia! Ou seja nada, vezes nada de nutritivo, então porque oferecer?! (deixo essa pergunta no ar….kkkk) – estou nesse momento me sentindo sendo “linxada” pelo time materno…kkkk…

E também não podemos esquecer que a grande maioria dos chocolates tem leite, e que este é contra indicado antes de 1 ano por causa do grande risco de alergia, intolerância e etc. Podendo causar uma intoxicação na criança, causando diarreia, náuseas e vômito…então MUITO cuidado se decidir oferecer chocolate para seu filho bem pequenino, claro que de preferência não ofereça!

Uma alternativa que faço aqui em casa é ao invés de dar chocolate, eu ofereço uva-passa..isso mesmo uva-passa (não sou louca, nem má e uva-passa não é ruim ok?!), Bia é fissurada em uva-passa porque é docinha e gostosa, além de claro nutritiva! Ando sempre com um potinho na bolsa! é um santo remédio…kkkkk…fica aí a minha dica, ahhhh e eles não engasgam mas é bom sempre estar por perto quando a criança estiver comendo!

2- Açúcar

download

De qualquer tipo, de qualquer espécie, ele é  “proibido”, ou de uma forma mais nutricional falando, ele é completamente contra-indicado para crianças com menos de 2 anos!!!! Isso mesmo 2 anos!

O açúcar tem poder de “acostumar”, viciar o cérebro e fazer com que a pessoa crie a tendência em preferir sempre o doce ao salgado, além do fato de que é o causador de diabetes e contribui muito com o excesso de peso e obesidade.

Ele é um inimigo infiltrado, pois está em praticamente tudo que encontramos por aí como bolos caseiros, pães, bolachas, biscoitos, sucos de caixinha, refrigerante e até mesmo nos alimentos encontrados na feira, pois frutas, verduras e legumes possuem seu açúcar natural, a frutose (mas ela não é uma vilã)!

Adoçar sucos, frutas é um hábito nosso, dos adultos e devemos ensinar nossas crianças a consumir tudo de forma natural, sem adição do mesmo!

Além da obesidade, temos o problema das cáries que sim, podem acontecer desde o primeiro dente se não fizer a higiene correta!

Uma alternativa para o açúcar, mas apenas em crianças acima de 1 ano, é substituir por mel de vez em quando, para dar uma adoçada na vida!

Quanto mais oferecermos os alimentos adoçados artificialmente,  mais o bebê vai querer só alimentos adoçados. Fica mais difícil introduzir os outros sabores. E quem tem filho maior sabe… quando chegar em 1 ano, 1 ano e meio ou 2…. o apetite voraz dos nossos pequeninos naturalmente diminuí. Por isso, mais de 50% das mães confirmam que tem dificuldades alimentares em casa. Ou o filho “não come” ou o filho é seletivo. Gosta de 4, 5, 8, 10 tipos de alimentos e só.

 E é desse seletivo que estou me referindo, se você der, antes do tempo, alimentos ricos em açúcar, pode ser que 4 entre estes 8 alimentos que ele vai comer, tenham açúcar e isso será péssimo para seu desenvolvimento…então vamos pensar um pouco no futuro e dar uma segurada no início, que acham?!

3- Achocolatados

Achocolatado-saude-perigosFOTO01-041115

Sim, eles estão na lista até porque misturam os dois itens acima: chocolate + açúcar, então a soma dos dois dá “proibidíssimo” !!!kkkkk

Se você reparar vai perceber que até alguns fabricantes dizem que não devem ser consumidos antes dos 3 anos, ou indicam uma quantidade de consumo à partir dos 3 anos menor que a “usual”. Achocolatados são praticamente açúcar!

Os ingredientes na maioria deles são: açúcar, cacau em pó, minerais, maltodextrína, vitaminas, emulsificante lecitina de soja, antioxidante ácido ascórbico e aromatizante. Contém Glúten e contém traços de leite.

Além do risco da obesidade e sobrepeso, estudos já mostram que a ingestão em excesso de açúcar pode deixar as crianças pequenas irritadas e dispersivas, pois a o açúcar provoca maior concentração de insulina no sangue, aumenta a adrenalina que em excesso provoca a ansiedade, excitação  e dificuldade de concentração.

Vamos pensar assim, pra que oferecer antes dos 2 anos algo que além de conter muito açúcar pode fazer com que a criança tome leite só desta forma? O que queremos não é criar bons hábitos? Uma vez criados é mais difícil mudar no futuro e no conjunto de toda alimentação temos muito açúcar e o risco de obesidade e doenças provenientes dela é alta.

Uma alternativa para utilizar como achocolatado, é o cacau em pó!

4 – Embutidos (presunto, salsicha, salame..)

alimentos-embutidos-para-praticantes-de-musculacao

Ou seja, nada de cachorro-quente…agora peguei pesado né?! E nas festinhas o que fazer?! Leve com você o lanchinho do seu filho! Ninguém disse que ser mãe era fácil galera!

Segundo a Wikipédia o termo enchido (português europeu) ou embutido (português brasileiro) compreende o gênero de alimentos que são produzidos ao encher tripas de animais (previamente limpas) ou sintéticas (principalmente no caso de versões vegetarianas) com diversos tipos de recheio. O produto desta operação pode opcionalmente ser defumado antes de ser consumido. Tradicionalmente, muitos dos enchidos portugueses são confeccionados com carnes, gorduras e entranhas resultantes da matança do porco. Após uma lavagem cuidada, a parte inferior das tripas é atada, de forma a que possam ser enchidas pela parte superior. O tempero da carne é realizado no mesmo dia, para que se possam encher as tripas no dia seguinte ou ainda no próprio dia.

Agora vamos dar uma olhadinha nos ingredientes da salsicha (preparem-se): Carne mecanicamente separada de aves, Carne suína, Água, Carne bovina, Proteína de soja, Sal, Amido, Pimenta, Alho, Regulador de acidez: lactato de sódio (INS325), Aromatizantes: aromas naturais (com pimenta, coentro, noz moscada e antiumectante: dióxido de sílicio (INS551i)) e aroma de fumaça, Estabilizantes: triopolifosfato de sódio (INS451i) e pirofosfato de sódio (INS450i), Conservador: nitrito de sódio (INS250), Realçador de sabor: glutamato monossódico (INS621), Antioxidante: isoascorbato de sódio (INS316), Corantes: ácido carmínico (INS120) e urucum (INS160b). NÃO CONTÉM GLÚTEN.

E aqui a Tabela Nutricional:

Retirado do site do fabricante.

Bah depois de ler tudo isso você ainda tem certeza de que vai dar isso para o seu filho? Na real nem nós adultos deveríamos consumir algo assim

Ricos em sódio, gorduras, conservantes, corantes, nitrato (responsável por deixá-los avermelhados) que é cancerígeno fica claro então que salsicha não é comida de criança e NÃO DEVE ser oferecida antes do 2 anos!ok?!

Pode até ser gostoso, mas são ruins e com crianças pequenas em casa, é uma ótima oportunidade de parar de consumi-los. Abuse dos queijos na hora de petiscar.

5- Refrigerante

Refrigerante-804x1024

Caloria vazia e cheio de açúcar! Não bastando ainda é viciante, como tudo que é “besteira alimentícia” é sempre viciante!

Criança tem que beber água e muita água!!!

 

6- Bisnaguinha

Bisnaguinha-Pet-Dog-12g-1-UND

Agora as mamães vão a loucura….afinal tem coisa mais gostosa que uma bisnaguinha?!

Na realidade este item entra nesta lista pois quero mostrar pra vocês que NÃO, esses pãezinhos fofinhos, adocicados e que praticamente toda criança ama não é um item com ingredientes bacanas pras crianças.

As bisnaguinhas tem excesso de açúcar, de sal, além de emulsificante, acidulante e muitos outros “antes” terríveis por aí! Então ela também está vetada do cardápio dos pequenos!

Opte por pães integrais, ricos em fibras que vem através dos grãos e cereais presentes neles. Claro que melhor ainda seria oferecer para a sua família pães caseiros, porque daí temos a certeza do que está sendo adicionado nas receitas, deixando eles livres de conservantes, aromatizantes, acidulantes,etc… e vai ter um sabor mais gostoso e muito mais particular porque foi feito por você!!!

 

7- Petit Suisse

petit suisse

Outro item que está no topo dos alimentos mais oferecidos para as crianças menores de 2 anos, sem culpa nenhuma é os petit suisse! Eles são ricos em corantes, açúcar, conservantes ….  Alguns fabricantes inclusive alertam para que não sejam consumidos antes dos 3 anos.

Opte pelas versões de iogurtes naturais, e bata com frutas para conferir um sabor mais adocicado!

8- Sucos Industrializados

sucoim

Aqui em casa, optei em não oferecer nenhum tipo de suco de fruta antes do 1 ano, para que minha filha, primeiro aprendesse a gostar de água (pois como tem hoje em dia criança que não toma água e isso faz muito mal para a saúde) e depois que ela se acostumasse com as frutas in natura ao invés dos sucos pois para quem não sabe aqui abro um parenteses e explico a questão dos sucos:

Quando é feito o suco, as fibras são quebradas e sem elas a FRUTOSE (açúcar) cai na corrente sanguínea mais “livremente”, aumentando rapidamente a glicemia (açúcar no sangue), levando o pâncreas a trabalhar abruptamente, fazendo picos de insulina no organismo isso tanto para bebês, como para crianças e adultos.

Portanto cuidado com os sucos! A maioria das mães opta por eles ao invés de dar refrigerante, achando que está fazendo um bem para as crianças, dando suco ao invés do refrigerante…mas a verdade é que na maioria das vezes os sucos estão cheios de açúcares e corantes, portanto não diferem muitos dos mal vistos refrigerantes…

Cada caixinha de suco, nectares ou afins tem muito, mas muito açúcar, por isso, devemos optar pelas opções naturais (sucos feitos em casa) ou em último caso os sucos industrializados livres de açúcar.

9- Gelatina

Jellies

Todo mundo acha que gelatina é uma sobremesa do bem (confesso que até eu achava), mas não é !!! Ela é do mal mamães! Vocês sabem como ela é feita???

A gelatina animal, a convencional, é obtida por meio da fervura de ossos, tendões, pele e restos de animais que são mortos nos abatedouros. O mais comum é usar boi/vaca e porco. Fora a adição de um monte de açúcar e de corantes e conservantes! Sei que tem a versão sem açúcar mas, ainda assim, tem um monte de produtos químicos em sua fórmula que, a longo prazo, dentro do organismo, pode desencadear hiperatividade e até um câncer. (Ohhhh GOD!!!)

Mas tem uma boa notícia, você pode substituir a gelatina animal, por ágar-ágar que é uma gelatina vegetal, é só ferver o ágar-ágar com alguma fruta de sua preferência e colocar para gelar! Gelatina saborosa e saudável!!!

10- Macarrão Instantâneo

macarrao-isntantaneo

Completamente lotado de sódio e não adianta falar que usa só o macarrão, pois o mesmo também é rico em sódio e faz mal. Abaixo segue uma tabela nutricional de uma marca famosa de macarrão instantâneo:

Informações retiradas no site do Pão de Açúcar

Vamos a interpretação: 68% do que uma pessoa que tem uma dieta de 2.000 calorias deve consumir de sódio no dia inteiro, mas levando em conta que uma criança come bem menos que 2.000 calorias, então é MUITO sódio!

Opte pelos macarrões normais, e claro se possível pelas versões integrais que são mais nutritivas! Mas fuja, literalmente fuja dos instantâneos!

11- Salgadinhos

img_21660_apa_22686_600

Salgadinhos possuem em sua composição muita gordura, sódio (substância presente no sal de cozinha) e conservantes. Comê-los em excesso pode trazer riscos à saúde. Para se ter uma ideia, em 100 g de alguns salgadinhos é possível encontrar metade do sal que as pessoas podem ingerir em apenas um dia!

Além disso, alguns ainda têm gordura trans, tipo de gordura vegetal hidrogenada presente em alimentos industrializados. Pesquisas comprovaram que aumentam os níveis de colesterol ruim (LDL) e diminuem os de colesterol bom (HDL). Com o tempo, isso pode ocasionar doenças do coração, como infarto, e acidente vascular cerebral, que podem matar. Ou seja não só não é recomendado para as crianças menores de 2 anos como nem deveriam ser consumidos pelos adultos….

12- Bolachas

bolacha-maizena-engorda

Sejam elas recheadas ou não, ambas não são aconselhadas para crianças menores de 2 anos consumir! Pois possuem excesso de açúcar e gordura! E isso inclui a queridinha “bolacha de maizena” que possui na sua composição vários ingredientes que são capazes de aumentar os riscos de diabetes, doenças cardíacas, câncer e obesidade.

Bom eu vou parar por aqui, antes que eu seja linxada…kkk…mas brincadeiras a parte, o assunto é sério queridas mamães, seríssimo na verdade! Somos responsáveis pela alimentação saudável de nossas famílias, pois hoje em dia o consumo de açúcares e gorduras aumentou significativamente em relação ao consumo da nossa época de infância! Portanto não podemos fazer comparações do tipo: “ah mas no nosso tempo comíamos de tudo e sobrevivemos”…uma porque não queremos que nossos filhos sejam “sobreviventes” mas que tenham uma vida saudável e outra porque não há comparações da alimentação da nossa época de infância com a de agora, eu bebia leite que o leiteiro trazia na porta da nossa casa e esse leite não passava por nenhum processo industrializado, sem adição de formol, e etcs…nunca comi comida congelada e industrializada era tudo feitinho na hora pela minha mãezinha e por aí vai, a questão é que os tempos são outros e precisamos a cada geração reparar os erros da geração anterior, então não há desculpas ok?!Precisamos estar atentas pois tudo o que fazemos ou não fazemos hoje se refletirá no amanhã! E que o amanhã nos traga bons frutos, da nossa dedicação e empenho!

Beijinhos!

 

Comente com o Facebook

comentários