Batizado – Tudo o que você precisa fazer para organizar um

Imagem: Pinterest

Organizar um batizado vai muito além do que escolher os padrinhos, fazer uma lista de convidados, fazer lembrancinhas fofas e contratar um buffet. Na verdade, o momento essencial para um batismo está no desejo e fé dos pais, seja qual for a religião eles aceitaram e decidiram criar e ensinar seus filhos.

E sabemos que tão logo nossos bebês vêem ao mundo, parentes e amigos ficam na expectativa para o batizado. Ele de fato é muito importante para as pessoas mais religiosas e tradicionais e se esse é seu desejo, aqui você vai encontrar respostas para tudo que você precisa saber para organizar um.

Os padrinhos para o batizado

A primeira etapa é escolher os padrinhos. Normalmente escolhemos antes do nascimento, e os mais corujas participam até dos exames e consultas pré-natal, não é mesmo? Isso é muito legal, pois além de carinho, a presença e constante influência dos padrinhos é muito importante para o desenvolvimento do bebê.

Por isso, escolha com carinho. É lógico que você tem que ter empatia com a pessoa, mas ela terá um papel importante na vida do seu filho e por isso não deve ser uma escolha por proximidade familiar ou porque “alguém ainda não é padrinho de ninguém“.

Na igreja católica os padrinhos precisam ser católicos e terem passado por algum sacramento (batismo, crisma e/ou casamento). Além disso, um curso de batismo precisará ser feito. Consulte sua igreja para saber qual o nível de flexibilidade para esses assuntos se estiver na dúvida.

Imagem: Pinterest
Imagem: Pinterest

O batismo na igreja

Assim que possível, entre em contato com sua igreja e verifique o agendamento do batismo. Algumas igrejas possuem dia especial para o batismo aonde várias crianças são batizadas ao mesmo tempo, ou uma missa especial pode ser agendada para o batizado. Em alguns casos uma pequena taxa de contribuição será cobrada.

Qual roupa escolher para o bebê

Não existe uma regra ou etiqueta, mas fazer essa pergunta à igreja também pode lhe poupar de algum inconveniente. Normalmente usa-se roupas brancas ou claras, fáceis de abrir (principalmente na parte frontal) e que não incomodem o bebê.

Existe também o famoso mandrião, que voltou a ser usado conforme as tradições mais antigas, e outras menos comuns, como usar uma roupa do pai para costurar a roupa do bebê e uma peça ou correntinha da mãe. São tradições familiares e não existe orientação das igrejas para tal.

Imagem: Pinterest
Imagem: Pinterest

Lembrancinhas de batizado

Dar uma lembrancinha aos convidados é uma forma de registrar esse momento tão importante para a família. Quase todas as lembrancinhas que usamos para outros eventos (adoro essas lembrancinhas do link, elas fogem do básico!) podem ser adaptadas, desde os bolinhos “bem-nascidos” até os pequenos terços, que são um mimo à parte.

O interessante é combinar a lembrancinha com os tons ou tema do batizado. Você pode oferecer essências, doces em caixinhas e muito mais!

Recepção para comemorar

Normalmente as missas de batizado ocorrem pela manhã e um pequeno almoço pode ser organizado na casa do pais ou em buffet próximo à igreja, mas como dito antes, não é o principal do evento.

Usar uma decoração leve, com algumas flores para enfeitar vão deixar o ambiente sofisticado e ainda assim, não custará muito.

O importante do batismo mesmo é trazer seu filho para a viver na fé e na religião. Isso fortalece os laços familiares que recebe o reforço de duas pessoas queridas para acompanhar e ajudar na criação dos filhos.

Imagem: Pinterest
Imagem: Pinterest

Agora queremos saber. Como você escolheu seus padrinhos? E como você comemorou esse momento? Compartilhe seus momentos!

 

Comente com o Facebook

comentários