Contrações de Treinamento x Contrações do trabalho de parto:

contrações de treinamento
Imagem: Gravidez Online

Quando nos tornamos gestantes, parece que mergulhamos em um novo mundo, um mundo de infinitas informações e opiniões, idéias e sugestões, surgem muitas dúvidas, e podemos nos sentir perdidas, principalmente quando o nosso corpo dá algum sinal que não identificamos bem. Um desses “sinais” do nosso corpo são as chamadas contrações de treinamento, as gestantes de primeira viagem, muitas vezes demoram para identificar o que estão sentindo, e podem acabar achando que estão em trabalho de parto, por isso vamos conversar um pouco sobre isso…

Você sabia que existem contrações que não são as contrações da hora do parto? Sim isso mesmo, são as chamadas contrações de Braxton-Hicks (tem esse nome em homenagem ao médico inglês John Braxton Hicks, que as relatou pela primeira vez em 1872) ou mais conhecidas como contrações de treinamento. Elas surgem geralmente a partir das 16 semanas de gestação, embora tenham mulheres que sintam só mais para o fim da gestação e outras que nunca sentiram, isso varia de acordo com cada organismo.

Durante as contrações de treinamento a barriga toda ou parte dela fica dura, elas duram cerca de 60 segundos, não apresentam ritmo e na maioria das vezes elas são indolores, mas podem causar um leve desconforto na região pélvica. Podendo ocorrer de 3 a 4 vezes por dia.

Elas são como o mesmo nome já as descreve um “treinamento” do corpo para o trabalho de parto. Alguns especialistas acreditam que elas colaboram para o processo de “apagamento” do colo do útero (que vai ficando mais fino) e para a dilatação.

Você começa a sentir contrações e não consegue diferenciar se são as contrações do trabalho de parto ou de treinamento, então vamos ver as principais diferenças entre elas:

Contrações de treinamento:

  • Acontecem só algumas vezes por dia, e não mais que cinco vezes por hora;
  • Elas param quando você muda de atividade. Se você passou muito tempo sentada, levante-se e caminhe. Se ficou muito tempo de pé, sente-se ou deite-se;
  • São irregulares, não pegam ritmo, ou se pegam é por um período curto de tempo, na dúvida você pode marcar o tempo das contrações;
  • Não são muito compridas, ocorrem de 30 segundos a 2 minutos;
  • Não aumentam de intensidade, elas são fracas e vão diminuindo e se começam mais fortes, vão diminuindo com o tempo;
  • O desconforto das contrações é na parte da frente do abdômen;
  • Podem ser desencadeadas pelos movimentos do bebê ou pela posição dele.

Contrações do trabalho de parto:

  • Elas são mais compridas: a barriga fica dura por mais tempo, por cerca de 1 minuto;
  • Mais regulares, podem começar irregulares mas tendem a regular com o passar do tempo;
  • São mais doloridas, podem começar com uma dor fraca mas vai aumentando de intensidade;
  • São constantes, elas não param de vir, cada uma que vem é mais forte que a outra, e o intervalo entre elas vai ficando cada vez menor;
  • Não são causadas pela posição, portanto não melhoram se você mudar de posição ou de atividade;
  • A dor pode começar no abdômen, mas vai irradiando para as costas;
  • Não dependem da posição ou da movimentação do bebê

Em relação as contrações o ritmo é o mais importante, portanto quando as contrações começarem de forma mais frequente comece a marcar o tempo entre elas, isso ajuda a constatar se são contrações de treinamento ou de trabalho de parto. Se elas começarem a vir de 10 em 10 minutos, é sinal de que você pode estar em trabalho de parto, portanto informe seu médico imediatamente.


Aproveite e confira:


Como posso aliviar os sintomas das contrações de treinamento?

Comece observando se as contrações surgem após alguma atividade específica que você realiza, como por exemplo se você faz atividades físicas, note se após o treino você começa a ter as contrações, ou se elas surgem após algum esforço físico como carregar compras, ou pegar crianças no colo, subir escadas, etc. fique atenta e procure diminuir o ritmo, pegar mais leve na sua rotina.

Quando as contrações de treinamento começarem tente:

  • Mudar de posição ou de atividade, ou seja, se estava de pé, deite-se um pouco. Se ficou muito tempo sentada, levante-se e dê uma caminhada, se está deitada de um lado, tente se virar para o outro;
  • Tome um copo d’água;
  • Tome um banho morno e tente descansar um pouco;
  • Vá ao banheiro fazer xixi, algumas grávidas relatam que sentem contrações quando estão com a bexiga cheia.

Quando devo me preocupar com as contrações?

Você deve se preocupar com as contrações de treinamento se :

Estiver com menos de 37 semanas:

  • Quando as contrações vierem acompanhadas de secreção vaginal parecida com água ou sangue podem indicar um rompimento da bolsa ou problemas com a placenta;
  • Quando as contrações começarem a vir de 10 em 10 minutos, ou seis em uma hora, isso pode sinalizar um trabalho de parto prematuro.

Estiver com mais de 37 semanas :

Caso as contrações durarem cerca de 60 segundos e tiverem um intervalo regular de 10 em 10 minutos, informe seu médico.