Quando é hora de vacinar o seu filho contra febre amarela? Qual a sua importância? Vem com a gente saber sobre o assunto.

O esquema de vacinação contra a febre amarela no Brasil dá conta de duas doses apenas, o que é considerado o suficiente para prevenir a doença. Organizamos algumas informações para que você entenda como proteger as crianças.

Eficácia da Vacina Contra Febre Amarela

A vacina garante eficácia de aproximadamente 95% (informação do Ministério da Saúde). Um número bastante significativo em um medicamento que é considerado seguro.

Os pais são orientados a levarem seus filhos para vacinar quando completam 9 meses de idade e 4 anos, sendo essas as doses únicas. Isso se você fizer tudo corretamente, respeitando os dois momentos, o da primeira dose e da segunda.

Caso a criança não tenha sido vacinada adequadamente, a vacina pode ser tomada futuramente.

A indicação é que se tome a primeira dose e depois o reforço, que deve ser feito 10 anos após a primeira dose.

Quem Deve Tomar a Vacina?

Quem não mora nas áreas recomendadas não deve se preocupar neste momento. A prioridade é daquelas pessoas que vivem nos locais de notificação da doença apontados pelo Ministério da Saúde.

São estados que merecem cuidados imediatos: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Bahia, Maranhão, Piauí, Goiás, Brasília, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

É importante que a vacina seja feita corretamente para que a doença não se alastre para as áreas que não têm registros de incidência de febre amarela.

Lembrando que o mosquito Aedes aegypt é transmissor da dengue, chikungunya e vírus zika, e também pode ser responsável pela febre amarela. A doença se propaga tanto através de macacos contaminados quanto da picada do inseto diretamente no ser humano.

Crédito: Divulgação Ministério da Saúde

Outras Formas de Prevenção

Além da vacina, você pode tomar uma série de cuidados para deixar sua casa e família mais protegidos.

A dica vale tanto para a febre amarela quanto outras doenças causadas por mosquitos.

  • Não deixe água parada em baldes e vasos de plantas. Cubra sempre os recipientes de plantas com terra ou coloque gotas de cloro na água.
  • Garrafas e latas devem ser viradas para baixo, da mesma forma que pneus devem ser conservados protegidos contra chuva e formação de poças.
  • Limpe as caixas d’ água com frequência e as mantenha bem cobertas.
  • Faça limpeza periódica de piscinas e trate a água com os produtos adequados que evitam a proliferação de bactérias e também impedem o desenvolvimento de larvas de mosquito.
  • Mantenha seu terreno limpo. Sobras de materiais de construção podem reter água da chuva, que fica acumulada, sendo ambiente ideal para a reprodução do mosquito.
  • Coloque mosquiteiro no berço do seu filho.
  • Proteja as janelas com telas que dificultem a entrada de insetos.

Sintomas de Febre Amarela

  • Febre alta
  • Dor de cabeça
  • Cansaço
  • Calafrios
  • Dores musculares
  • Náuseas
  • Vômitos persistentes

Busque mais informações junto ao pediatra do seu filho, seu médico e postos de saúde. Não deixe de levar seu bebê para se vacinar no período recomendado.

A febre amarela é assunto sério e, se todos fizerem sua parte, as crianças estarão fora de perigo, e a doença, longe do nosso país.