E quando o amor se multiplica dentro de você como explicar?!

Eu e meu marido demoramos um pouco para ter filhos, fomos ter após quase 7 anos de casados…portanto acabei engravidando um pouco tarde na minha opinião, pois eu acho que quanto mais tarde a gente engravida, mais riscos o bebê e a mamãe correm….e….claro o pique diminui consideravelmente ao longo dos anos (uma salva de palmas para as mamães que permanecem atléticas e cheias de vigor depois dos filhos)…pois filhos requerem muitaaaaaaaaaa energia….hhahaahah….mas enfim, por algumas questões pessoais esperamos um pouco mais…mas quando decidimos ter, estava decidido, sem caminho de volta…o primeiro filho, a primeira gestação é aquele tiro no escuro, você não faz ideia de nada, não sabe o que esperar, morre de medo, é praticamente um ato de coragem…porque o medo é crescente…hhhahahah…graças a Deus, engravidamos da primeira gestação em 4 meses de tentativa, embora pra mim foram como anos, de tão eternos que foram os dias de espera…kkkkk….mas com a Beatriz, nasceu uma mãe,nasceu um pai, despreparados, mas muito cheios de amor para dar para ela…e assim temos cumprido nossa missão de pais, com muito amor e empenho pela vida dela…como a experiência foi tão boa, tão boa…(não que não houveram momentos difíceis, eles sempre existem, vamos deixar claro, madrugadas acordada, cólicas, dentes nascendo,etc…), mas a questão é que nada do que passamos com a Bia nos desanimou de termos mais filhos….portanto fomos bem radicais e não nos cuidamos mais, desde que a Bia nasceu…se viesse outro bebê benção, se não viesse benção também….(muitos nos chamariam de loucos agora, mas não é não…é só amor…loucos por amor)…..mas Deus em sua infinita sabedoria, não permitiu que eu engravidasse em todo o período que amamentei a Bia (1 ano e 5 meses)…afinal tudo tem seu tempo…

Quando passou o primeiro aninho da Bia, eu comecei a ficar cabreira se algo estava bem comigo, para até agora eu não ter engravidado ainda…por isso resolvi procurar minha ginecologista e fazer uns exames para ver se estava tudo bem comigo…e a constatação é que devido a amamentação meu endométrio estava muito fino, e portanto o óvulo nunca se fixaria ali…para isso eu precisaria ter que parar de amamentar….snif, snif, snif….a amamentação foi outra experiência maravilhosa na minha vida, amei amamentar, é um ato de puro amor e não achem que eu não sofri, pois sofri sim, tive bico de seio rachado, sangrando, já amamentei chorando de dor, etc…ou seja, o início na maioria das vezes não é fácil, é doloroso, é difícil, é complicado…até vocês pegarem o jeito…quando tu e o bebê se sintonizam, daí a coisa flui e é só alegria…enfim eu amei amamentar, e ter que desmamar a Bia não seria fácil…(para mim é claro…kkkk), mas conversamos eu e meu marido e decidimos que eu pararia a amamentação para que pudéssemos engravidar denovo…confesso que o processo do desmame foi melhor do que imaginei ( nesse post tem o relato de como foi), com certeza eu sofri mais do que a Bia…kkkk….mas superamos tanto eu como ela, para darmos lugar a nova benção na nossa vida…um novo bebê…

Então desde que parei de amamentar (novembro de 2016) aguardávamos ansiosamente a chegada do novo baby, e após 3 meses de espera, a notícia mais esperada do ano chegou….eu estava grávida…kkkkk….

Confesso que eu já tinha feito, vários testes antes (uns dois pelo menos)então dessa vez eu não quis criar muita expectativa, igualzinho da primeira vez…nossa como sou previsível…kkkk…a minha menstruação atrasou e eu nem dei bola, pensei :”é coisa da minha cabeça, logo ela vai aparecer, então não vou criar expectativas”…os dias se passaram e eu continuava no aguardo da menstruação, até que depois de dois dias de atraso, eu estava a noite na frente do computador, quando senti uma dor nos seios, daí me lembrei da minha primeira gestação que tive muitaaaa dor nos seios, foi quando decidi fazer o teste….Bia estava dormindo, Tiago estava vendo filme e eu aproveitei para ir no banheiro sorrateiramente e fazer o teste escondidinho….e para minha maior alegria apareceram seus dois pauzinhos lindos!!! Estava grávida denovo, após 1 ano e 8 meses….muita felicidade! Não contei nada, me aguentei, e fiquei pensando a noite toda no que eu poderia bolar para contar a noticia para o meu marido….confesso que pensei tanto, que não cheguei a nenhuma ideia realmente boa….de manhã acordei e já fui pensar no que fazer…..no fim fui bem simplória, mas o que vale é a intenção né?!kkkkk….fiz um cartãozinho escrito ” E o amor se multiplicou…” e 4 coraçõezinhos, e coloquei junto com o teste positivo de gravidez, dentro da bíblia dele (pois todos os dias de manhã lemos a biblia juntos com a Bia, e geralmente lemos Provérbios, um capítulo para cada dia do mÊs)….como aquela manhã era dia 01/03, coloquei no capítulo 1….daí na hora de lermos foi aquela confusão….hahahhaa…primeiro que ele queria ler outra coisa (justo nesse dia, fala sério!), e outra porque a Bia que entregou as bíblias para nós, e ela entregou uma diferente para ele, justamente a que não tinha a surpresa….imagina minha cara de decepção….bom, sei que depois de bater o pé, disse que ele tinha que ler a bíblia que eu tinha separado, e ler provérbios e acabou….vai estragar a surpresa outro dia né?! Ele ficou sem entender, mas enfim, abriu a bíblia…daí viu o bilhete e não entendeu….olhou o teste de gravidez e entendeu menos ainda….COMO ASSSSIMMMMMMMMMM……FALA SÉRIOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO……ele mexia e me olhava sem entender nada….EU SIMPLESMENTE NÃO ACREDITEI! Até que de tanto eu sorrir ele desconfiou e por fim entendeu! ALELUIA!!!!!!!

Ele disse que achou que o teste de gravidez era um papelzinho rasgado dentro da bíblia….OIIIIII???????????????????????????? Como assim?? Um teste de gravidez comparado a um papel rasgado….pelo amor!!!!! Nem quando a gente tenta fazer algo legal, rola….kkkkkkkkkk…………….mas depois desse momento foi só festa e alegria aqui em casa….eu queria fazer o teste de sangue, o meu marido queria contar para todo mundo…kkkk…bemm diferente da primeira gestação, que foi justamente o oposto, ele queria esperar até a primeiro ecografia e eu queria contar só com o teste de gravidez…como a gente muda né?!

Ontem foi nossa primeira ecografia, ouvimos o coraçãozinho do nosso nenê que nem 1 cm tem ainda, mas já tem um coração que bate muito!!! Bia foi com a gente junto na eco…não sei se ela entendeu muito bem, mas estamos nos adaptando com a ideia por aqui….

Eu, estou muitoooooo mais tranquila, leve, descansada, do que na primeira gestação…levando numa boa, curtindo bem de boas, coisa que na primeira demorei para fazer…eram muitos medos, anseios, duvidas,….afinal é tudo novo, e a gente não faz ideia do que esperar….outra coisa, é que os dias passam mais rápidos agora, com outra criança em casa, a gravidez fica bemmm diferente…kkkkkkk….a gente aprende que muita coisa é mimimi…mas acho que temos que viver cada gestação do seu jeitinho, assim cada uma se torna especial…

A Bia, é uma fofa, ela sempre foi muito maternal….sempre amou bebês, não podia ver um que queria tocar, beijar, abraçar, fazer carinho…e a maioria das mães não gosta muito, quando uma criança maior vem tocar no seu bebêzinho indefeso (tudo bem, também já fui mãe de primeira viagem), então eu orava com a Bia e pedia junto com ela para Deus nos dar um bebezinho para cuidarmos com muito amor…creio que essa prática, hoje é um hábito na vida da Bia, apesar dos seus 1 ano e 8 meses, ela entende que tem um bebê aqui dentro e ainda por cima ora mais pelo bebê do que todos nós….se ela está na mesa comendo, ela se vira para mim, coloca a mão na minha barriga e começa (amém, nenê, amém), que é quando ela quer que a gente ore por alguma coisa….é lindo de ver…então ao longo do dia, sou lembrada constantemente pela Bia para orar pelo nosso bebê….atitude fundamental! Claro que não espero que tudo seja flores, mas espero, desejo e peço a Deus que seja o mais tranquilo que puder essa transição toda…

E quanto ao meu marido, ele está consideravelmente diferente nessa gestação, MUITO mais participativo, desde o início, carinhoso, feliz, curtindo pacas….enfim acho que como eu, levando as coisas de forma mais leve, curtindo mais…a tensão do primeiro bebê se foi…não que desafios novos não virão, claro que virão, se estamos preparados? Claro que não…mas estamos muito mais confiantes, mais calmos, mais tranquilos para enfrentar o que Deus irá nos permitir viver ao lado desse novo membro da nossa família!

Foi apenas um relato simples desse iniciozinho da gravidez….com o passar das semanas, conto mais…

Beijinhos e até!