Férias escolares – cuidados para as férias não se transformar em um pesadelo

ferias escolares dicas de segurança

As férias escolares estão chegando, e com elas muitos planos. As viagens em família costumam ser divertidas e deixam muitas lembranças saudáveis da infância. Porém, para essas lembranças não se transformarem em um pesadelo, alguns cuidados especiais devem ser tomados. Mas todo cuidado é pouco quando falamos de segurança com crianças. Por isso, é preciso ficar atento ao levá-las a parques, praias, shoppings e viagens.

Segundo a Dra. Patrícia Filgueiras dos Reis, os cuidados com as viagens e passeios das férias escolares devem começar com a escolha do destino, que deve ser feita com antecedência e, se possível, com a participação dos pequenos. Quanto à saúde, a médica alerta sobre alguns cuidados.

“É bom fazer uma consulta antes das viagens (1-2 meses), verificando inclusive as vacinas do cartão da criança e atualizando as que possam estar atrasadas, indicando-se aquelas que possam ser necessárias, de acordo com o destino escolhido para a viagem.”

Pensando nisso, o GRUPO GR, uma das empresas mais sólidas no segmento de segurança, separou algumas dicas importantes para viajar com tranquilidade nas férias escolares. As dicas foram selecionadas pelo especialista em segurança do Grupo GR, Rogério Rodrigues.

Confira abaixo algumas dicas de segurança para aproveitar as férias escolares:

ferias escolares dicas
Imagem: pexels

Cuidados com as crianças:

  • Normalmente as crianças não sabem passar informações para ajudar a encontrar seus responsáveis. Por isso, é muito importante que elas tenham uma identificação, como pulseiras ou etiquetas pregadas na roupa com o nome, endereço e telefone dos pais.
  • Na praia ou camping, mostre para as crianças referências fixas de onde a família está instalada, como uma placa, uma barraca ou um prédio diferenciado.
  • É recomendável que os pais orientem seus filhos para que eles nunca acompanhem estranhos ou aceitem doces e presentes de pessoas desconhecidas.
  • Não é recomendável que crianças carreguem celulares, tablets ou câmeras digitais sozinhas para não atrair a ação de criminosos.
  • A criança deve ser orientada também a reconhecer e buscar ajuda com policiais, casos se sintam perdidas ou assustadas.
  • Se a criança se perder em eventos, shopping ou parques, a primeira coisa a ser feita pelo responsável é sempre procurar pela administração ou segurança local.
  • Na maioria dos casos, a prevenção é a melhor solução. Andar de mãos dadas com a criança durante o passeio é uma ótima opção. Desta forma, não é possível perdê-la de vista.

Celulares, máquinas fotográficas, tablets:

  • Não mantenha na agenda de seu celular nomes e fotos de familiares, pois podem ser utilizados por criminosos especializados em sequestros.
  • Nunca forneça informação particular pelo telefone, como: números de RG, CPF, conta de banco, senhas, entre outros.
  • Não incentive o uso de telefone celular pelas crianças.
  • Lembre-se que ao aceitar conversar com um estranho pelo telefone, você pode correr o mesmo perigo de quem conversa com um desconhecido na rua.
  • Atender o celular na rua, deixa o usuário distraído e, ao mesmo tempo, vulnerável.
  • Não use celular na cintura e/ou em bolsos, pois permite que os assaltantes possam furtá-lo com facilidade.
  • Para evitar chamar atenção, coloque seu aparelho no modo vibratório ou silencioso. – Nunca o deixe o celular à mostra.
  • Não deixe seu celular sobre mesas, balcões e cadeiras de restaurantes ou lojas, pois os meliantes aproveitam qualquer descuido para furtá-los.
  • Grandes centros comerciais, rodoviárias e aeroportos são locais de maior ocorrência de roubos e furtos de notebooks e tablets.
  • Em aeroportos, a dica básica de segurança é que o usuário não se descuide do equipamento, especialmente enquanto compra um lanche, visita uma loja ou faz um telefonema.

Para aproveitar a viagem:

  • Evite andar por ruas, calçadões e praças mal iluminadas ou em horário muito avançado, principalmente em locais desconhecidos, pois estes são os pontos preferidos pelos meliantes que se aproveitam das condições para atacar suas vítimas.
  • Caso precise pedir informações, procure alguém autorizado ou dirija-se a um balcão de informações.
  • Não peça ajuda ou informações para pessoas estranhas, procure se informar sobre o local visitado com gente de confiança (recepção dos hotéis ou dono do imóvel locado) antes de sair.
  • Não reaja durante um assalto. Mantenha-se calma, por mais difícil que possa ser.
  • Lembre-se de que o assaltante está atrás do dinheiro ou pertence de valor e costuma atirar somente quando fica assustado ou acuado, principalmente diante de uma reação da vítima.
  • Procure passar desapercebido na multidão.
  • Antes de escolher seus itinerários informe-se sobre áreas que você deve evitar.
  • Procure ficar junto de todas as pessoas que viajam com você, especialmente crianças.
  • Guarde todos seus valores no cofre forte do hotel, inclusive passaporte e passagens de volta.

Além desses cuidados… não esqueça de lavar um kit de medicamentos para viagem:

Outra medida recomendada é um “kit de medicamentos para viagem” com anti-térmico, anti-alérgico, anti-emético, repelente, protetor solar, antissépticos tópicos e curativos adesivados. Se a criança portar algum problema de saúde, assegurar que seu tratamento completo também embarcará na sua bagagem.

“Dependendo da gravidade do problema, também é recomendável levar um relatório do médico que a acompanha para orientação a outro serviço médico, caso ela venha necessitar – as receitas das medicações em uso também devem ser portadas.”

Aproveite e confira também mais dicas sobre viagem com crianças:

E o que não pode faltar nas férias escolares? Brincadeiras:

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários