Gravidez aos 40 – confira os riscos, cuidados, vantagens e desvantagens

Com a perceptiva de se viver mais e as mudanças que o mundo vem passando, muitas mulheres estão deixando para engravidar depois dos 40 anos.  Isso acontece porque a maioria delas acabam dando mais tempo as realizações profissionais, acabam casando mais tarde e a gravidez entra em planos mais para o futuro, entrando em uma gravidez aos 40.

Com o avanço das técnicas de fertilização que são capazes de ajudar a gravidez se desejar, muitas mulheres acreditam que podem prorrogar a gravidez aos anos mais a frente, diferente do que era visto com a nossas avós ou mães.

Antes, uma mulher com 20 anos já tinha pelo menos um filho, e a sociedade não olhava com bons olhos aquelas que já possuíam anos de casadas mas ainda não tinha pelo menos um filho. Mas isso mudou!

O mundo entende que o criança exerce grande influência na vida da mulher, e como a sociedade precisa hoje delas, a gravidez acabou ficando em segundo plano.

Mas será que a gravidez aos 40 é perigoso? Quais os cuidados que a futura mamãe precisa ter com essa idade?

Riscos de uma gravidez aos 40 anos de idade

Gravidez aos 40. Entenda os risco. Foto: Canal Gravidez

Existem riscos reais para a mulher que busca uma gravidez aos 40, e por isso a mulher precisa ficar em alerta a alguns detalhes.

Isso porque é bem comum durante a gravidez nesse período ocorrer:

  • Incidência de diabete gestacional;
  • Hipertensão específica da gravidez;
  • Aborto;
  • Distócia funcional quando o trabalho de parto não evolui na velocidade esperada.

Já para o bebê, os riscos pode estar estão associados a:

  • Alterações cromossômicas numéricas ou estruturais, como a síndrome de Down;
  • Nascimento de bebês prematuros;

Isso acontece porque a mulher nasce com um planejamento biológico predeterminado, com um número finito de óvulos – em torno de 300.000 –, que naturalmente se esgotarão com a idade.

A partir dos 35 anos, existe a diminuição acentuada dos óvulos e, por esse motivo, a gravidez é mais difícil aos 40 anos, gerando esses problemas citados.

Ou seja, se você pretende engravidar depois dos 40 anos, é importante consultar o seu médico para saber quais cuidados precisam ser tomados, tendo o acompanhamento médico mensal para que ele acompanhe todos os detalhes da gravidez, evitando esse problemas citados.

Cuidado necessários na gravidez aos 40

gravidez aos 40 anos
Eliana foi mãe pela segunda vez com 43 anos.

Depois que passou dos 40 anos, a mulher precisa ter vários cuidados com a saúde.

Como citamos, é comum nesta fase o surgimento de problemas como diabete, hipertensão e alterações cardiovasculares.

Neste caso, ao planejar uma gravidez aos 40, cheque sua saúde para saber quais os cuidados que precisam ser feitos de forma prévia, evitando que o período da gestação seja conturbado.

Por isso, o pré natal é tão importante e deve ser uma rotina para todas as gestante, não importa a idade.

Mas as consultas acabam sendo são mais constantes, e os exames, mais específicos para esse grupo de mulheres que já chegou aos 40.

Quais as vantagens da gravidez aos 40?

Karina Bacchi grávida aos 40 anos
Karina Bacchi grávida aos 40 anos. Fonte: Gente

A maior vantagem da gravidez aos 40 é poder ter o filho exatamente no momento em que a mãe acredita estar preparada para receber o bebê.

Isso porque tudo que poderia ter sido feito na vida, já foi realizado em assuntos pessoais e profissionais, e por isso a futura mamãe vai estar mais preparada para chegada do bebê.

Outro detalhe importante é que pode ser também que você e seu parceiro já se conheçam melhor, mais profundamente, ou que você finalmente esteja no relacionamento que sonhou.

Também, mulheres mais velhas em geral têm mais sabedoria do que as mais jovens e tomam decisões melhores em relação aos cuidados e à educação dos filhos.

As mães que decidem pela gravidez aos 40 anos têm mais disposição para amamentar e uma percepção melhor de qual alimento devem fornecer aos seu filho, provendo algo mais saudável como frutas, legumes e verduras, evitando doces, refrigerantes e comidas processadas.

Outro diferencial da gravidez aos 40 é que que nesta fase a vida financeira estará mais estabilizada, e como os custos em ter um filho é alto, a mulher vai estar mais preparada com a inclusão desses gastos no orçamento.

Confira também: lista do enxoval do bebê completa para baixar grátis

Pais mais velhos dão mais atenção a seus filhos do que casais mais jovens, pois eles não precisam trabalhar tantas horas por dia nem se estressam tanto por questões de carreira.

Desvantagem da gravidez aos 40

Carolina Ferraz grávida aos 46 anos
Carolina Ferraz grávida pela segunda vez aos 46 anos. Imagem: gnt.globo.com

A desvantagem da gravidez aos 40 pode ser os riscos com a saúde e até mesmo um possível tratamento de fertilidade que a mãe poderá fazer caso não consiga engravidar naturalmente.

Esse tratamentos custam caro, e precisam ser bastante planejados, até porque nem todos podem gerar os resultados esperados logo no primeiro procedimento, sendo necessário a futura mamãe refazer o tratamento diversas vezes até que o bebê seja gerado.

Outra desvantagem é alta chance de ter de continuar trabalhando para manter os filhos na escola ou na faculdade, quando já seria hora de se aposentar.

Sem falar nos custos mais altos de plano de saúde e seguro de vida.

É por isso que tudo precisa ser planejado para que o bebê seja recebido com segurança, seja ela durante a gestação como após o nascimento, evitando que a gravidez aos 40 não vire um transtorno na vida da mamãe.

Lembre-se: um filho sempre é bem vindo e traz muita alegria, mas para isso é importante ter planejamento e organização, para que a gravidez aos 40 seja satisfatória a aproveitável para a mulher e para toda a família!

 

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here