Inspiração para nomes de bebê – Confira o ranking de 2018

Plataforma digital divulga ranking feito a partir de 501 mil nomes de bebês nascidos em 2018

dicas de nomes de bebê
Imagem: Pexels

Helena e Miguel foram os nomes de bebê mais escolhidos pelas famílias brasileiras de acordo o ranking BabyCenter 2018.  A grande novidade este ano é que Helena tomou o lugar de Alice no topo da lista. O ranking foi elaborado a partir de 501 mil nomes de bebês nascidos ao longo de 2018 e cadastrados na plataforma BabyCenter.

Os usuários do BabyCenter se cadastram para receber informações sobre a gestação e sobre o bebê, como informam o nome e a data de nascimento, esses dados são usados pelo BabyCenter, no Brasil e no mundo, para analisar as tendências e a moda em nomes de bebê.

O ranking 2018 apontou como forte tendência da moda em nomes de bebê a influência de astros da música, como Antony (da dupla sertaneja com Gabriel), do esporte, como Kylian (Mbappé, ídolo francês da Copa), e de séries e programas de televisão,  como “La Casa de Papel” (Netflix) e os cozinheiros Bela (Gil, apresentadora de programa culinário) e Henrique (Fogaça, do programa “Masterchef”), na escolha dos pais.

Meninas: Helena, Eloá e Manuela em alta

ideias de nomes para bebê menina
Nomes para bebê menina! Imagem: Pexels

Helena subiu ao primeiro lugar da lista dos nomes de menina mais escolhidos, desbancando o nome Alice, que era o preferido para bebês do sexo feminino desde 2015. Sophia, era outro nome cujo reinado parecia não ter fim e acabou caindo quatro posições no ranking e foi parar em 7o lugar.

Nome clássico, Helena vem na onda de fascinação por histórias de realeza, mitologia e contos de fadas que segue em alta no Brasil há anos e pode ser conferida ao vivo na decoração de chás de bebê e de festinhas de aniversário pelos mais diversos cantos do país.

“O nome Helena teve seu pico de popularidade na década de 1950, segundo dados do IBGE. A retomada, hoje, é em parte como homenagens a avós e bisavós dos bebês, e em parte influenciada por personagens como as tantas Helenas das novelas de Manoel Carlos, pela professora Helena de ‘Carrossel’ e até pela princesinha da Disney Elena de Avalor, entre outras influências”, afirma a editora do BabyCenter Brasil, Fernanda Ravagnani.

Alguns “nomes-primos” de Helena, como Heloísa (8o lugar), Eloá (15o) e Maria Helena (47o), ficaram igualmente em alta, ocupando posições entre os 50 nomes de meninas de maior sucesso no ano. Lorena (11o), em forte alta, e Milena (63o), que rimam com Helena, também figuraram entre os 100 mais do ano.

Manuela ganhou várias posições na lista do BabyCenter, alcançando o 4o lugar e mostrando o tamanho da influência de celebridades na hora de os pais considerarem nomes para os filhos. Manuela é o nome da bebê da apresentadora Eliana, que teve uma gravidez de risco acompanhada por seu público tanto da televisão como por seguidores de Instagram.

Outros nomes em alta para meninas: Cecília, Antonella, Clara, Ana Laura, Maria Vitória, Pérola e Aurora.

Os cinco nomes de menina mais usados para bebês no ano foram, na ordem: 1-Helena, 2-Alice, 3-Laura, 4-Manuela e 5-Valentina.

Meninos: sucesso de Miguel, Heitor, Noah e Theodoro

Dicas de nomes de bebê menino
Nomes para bebê menino! Imagens: Pexels

Miguel foi, em 2018, pelo oitavo ano seguido, o nome mais escolhido para bebês meninos. Porém essa hegemonia de anos não deve durar muito mais, já que nomes como Heitor e Benjamin ganham cada vez mais força na preferência dos pais.

Heitor, em 3o lugar no ranking dos 100 nomes de menino mais usados, segue a mesma tendência de nomes de mitologia e realeza de muitos dos favoritos femininos da atualidade.

Outra tradicional fonte de inspiração, os nomes bíblicos,  também se manteve bastante presente nas considerações dos pais, como bem mostraram as altas posições nas listas do BabyCenter de nomes como Davi (5olugar), Matheus (11o), Lucas (12o), Isaac (23o), Calebe (47o), Levi (59o) e o moderninho Noah (41o), que cresce também em outros países.

E, falando de moderno e descolado, Joaquim (14o, subiu 3 posições), Benício (21o, subiu 9 posições), Benjamin (10o, subiu 3 posições), Enrico (48o, subiu 13 posições) e Theodoro (67o lugar, novo na lista dos 100) mais que confirmaram a imbatível tendência de que nome de filho de celebridade, ano após ano, acaba disparando nos rankings do BabyCenter. Joaquim e Benício são filhos de Angélica e Luciano Huck, Benjamin é filho de Gisele Bundchen, Teodoro é filho de Michel Teló e Thaís Fersoza e Enrico o astro do Instagram/filho de Karina Bacchi, dono de um perfil (@enricobacchioficial) com 1,6 milhão de seguidores.

Os internacionais Henry (58o, subindo 8 posições), Ravi (79o, estreando na lista) e Oliver (85o, subindo 15 posições) também tiveram destaque entre os nomes top do ano, mostrando o quanto o gosto das famílias brasileiras vem se adaptando à moda globalizada de nomes.

Os cinco nomes de menino mais dados no Brasil foram: 1-Miguel, 2-Arthur, 3-Heitor, 4-Bernardo e 5-Davi.

Tendências em nomes compostos

Em vez de contar apenas os nomes como MariaAna e João, o BabyCenter considera o segundo nome também, já que a intenção das famílias é que uma Maria Vitória seja uma Maria Vitória, e não simplesmente uma Maria. Além disso, o nome Maria Vitória é bem diferente de Maria Eduarda ou Maria Clara.

Maria Vitória foi, aliás, o nome composto de menina que mais subiu, impulsionado pela novela “Tempo de Amar”. Ainda assim, o composto Maria Luiza veio como bicampeão na liderança da lista feminina de nomes duplos.

A lista masculina de compostos trouxe mais novidades, com o nome João Miguel passando de 2o para 1o colocado, e os combinados Arthur Gabriel e Anthony Gabriel estreando entre os 20 nomes duplos mais usados do ano. Gabriel sozinho figurou por anos como o nome de menino mais usado, mas parece que seu desgaste acabou por transformá-lo em um dos favoritos para segundo nome.

O fenômeno de transformar nomes da moda em segundo nome se repetiu com outros prediletos, como João LucasArthur Miguel e João Gabriel, no lado dos homens, e Maria CecíliaMaria Helena e Maria Heloísa, no das mulheres.

E, se a mistura de nomes pareceu mais ousada para os meninos, ela tende a ser mesmo, com primeiros nomes variando bem além do tradicional João, enquanto para as meninas os prenomes Maria e Ana continuaram imbatíveis.

Os principais nomes compostos para meninos foram: 1-João Miguel2-Enzo Gabriel e 3-Pedro Henrique.

Já para meninas foram: 1-Maria Luiza2-Maria Clara e 3-Maria Eduarda.

Influências: Copa, culinária e duplas sertanejas

Como não poderia deixar de ser, em ano de Copa do Mundo, o carisma dos astros da bola acabou conquistando lugar especial nas certidões de nascimento brasileiras, com destaque para Kylian, a permanência de Davi Lucca, filho de Neymar, no 34º lugar geral, o aumento de Allana, filha do português Cristiano Ronaldo, e Liam, filho do lateral Marcelo e figurante de imagens de vestiários e bastidores das mais fofas da Copa na Rússia.

Chefs famosos como Érick Jacquin, Henrique Fogaça e Helena Rizzo viraram inspiração para nomes de bebê, assim como personagens de série de TV como “La Casa de Papel”.

Previsões para o futuro: primos de Benjamin e Antonella

Valentim sobe cada vez mais para meninos, porque sua sonoridade lembra a do sucesso Benjamin e o significado de valentia é bastante atraente para as famílias. O nome ganhou força com a série infantil “Os Valentins”, e em 2019 ainda deve ser influenciado pela dupla de personagens Ícaro (Chay Suede) e Valentim (Danilo Mesquita) da novela global “Segundo Sol”.

Para as meninas, o prestígio de Antonella deve ajudar a impulsionar nomes com a mesma terminação, também com inspiração italiana, como FiorellaAriellaMicaellaAnabella e Donatella.

Tendências de nomes de bebê pelo mundo em 2018

O BabyCenter Estados Unidos detectou a tendência de nomes que remetem à paz, como contraponto aos tempos atribulados na política. Foram destaques as altas de Harmony, Hope e Shanti.

O videogame Fortnite também influenciou nomes de bebes norte-americanos. Cresceram os nomes LeviathanBunny e Rogue, além de Dakota, do jogador Dakotaz.

Na Grã-Bretanha, nomes de astros do rock inspiraram pais e mães, com a subida de nomes como BowieHendrix e Lennon. Para meninas, nomes de mulheres fortes da história mundial como Ada (Lovelace, programadora), Rosa (Parks, símbolo da luta contra o racismo) e Amelia (Earhart, aviadora) mostraram alta.

Por outro lado, na Grã-Bretanha, heroínas da Disney foram ainda inspiração, com Elsie, uma forma carinhosa do nome Elsa, a estrela de “Frozen”, chegando ao top 20 de nomes para meninas. Também subiram, assim como no Brasil, MoanaAurora e Belle (em português Bela).

Nomes curtos e fortes dominam as tendências, e muitos nomes se repetem em vários países. Confira os nomes mais populares segundo o ranking BabyCenter:

ESTADOS UNIDOS

Meninas: Sophia, Olivia, Emma, Ava e Isabella

Meninos: Jackson, Liam, Noah, Aiden e Caden

ALEMANHA

Meninas: Emma, Mia, Emilia, Hannah e Ella

Meninos: Ben, Paul, Leon, Noah e Finn

FRANÇA

Meninas: Emma, Mia, Jade, Julia e Mila

Meninos: Raphaël, Liam, Gabriel, Léo e Lucas

REINO UNIDO

Meninas: Olivia, Sophia, Amelia, Lily e Ava

Meninos: Muhammad, Oliver, Noah, Harry e Leo

COMUNIDADE HISPÂNICA NOS EUA

Meninas: Sofía, Isabella, Emma, Valentina e Victoria

Meninos: Mateo, Santiago, Matías, Thiago e Sebastián

 

Aproveite e confira também: