E chegamos nessa fase da introdução alimentar da Elisa (minha segunda filha) ela começou a introdução com 5 meses e meio, começamos com as frutinhas, as primeiras foram maçã, pêra, banana e mamão, 3 dias para cada fruta. Agora vamos começar com frutas diferentes, caqui, kiwi, melão, bergamota e laranja.

Depois das frutinhas básicas comecei a introdução das papinhas salgadas. Fiz um pouco diferente de como fiz com a Isabela, clique aqui para ver sobre a introdução alimentar da Isabela (que hoje já tem 4 anos), mas no geral com a Isabela eu fazia a cada dia 2 alimentos diferentes e na semana seguinte começava a introduzir outros alimentos, um alimento novo por dia, e no final de 1 mês ela já tinha experimentado de tudo. Mas dessa vez resolvi fazer um pouco diferente. Dou 3 dias a mesma papinha para a Elisa.

Então pra começar era batata ou arroz com cenoura ou moranga ou chuchu, depois disso introduzimos a carne, carne velha ou frango, sempre uma das duas junto. Depois de uma semana vamos acrescentar a massa e depois de mais uma semana vamos acrescentar verduras (brocólis, couve, couve-flor e espinafre).

Por enquanto só estamos com o almoço, estou pensando em quando começar com a janta, acho que farei depois que voltarmos das férias, daqui uns dias vamos sair de férias, então acho que será mais prático continuar com a mamadeira na janta e depois que estivermos tranquilos em casa novamente começar a dar comida na janta.

Agora vou compartilhar com vocês os itens que estamos usando nessa fase de introdução alimentar:

  • A cadeira de alimentação que escolhemos para usar com a Elisa é essa rosa linda da marca TuttyBaby, modelo Bambini. A Isabela também tinha um cadeirão assim, nós temos mesa de vidro em casa então não podemos usar aqueles modelos FIT que você encaixa na mesa, que é uma ótima opção para quem tem pouco espaço em casa e tem mesa de madeira. Sobre o modelo escolhido, ele é para crianças até  15kg, tem apoio para os pés e bandeja. O assento e a bandeja são em plástico para facilitar a limpeza. E para a segurança dos nossos pequenos o cinto de segurança é de 5 pontos, com regulagem na altura dos ombros e abdome.
  • Outro item é o pratinho e o talher, de plástico. Plástico é melhor nessa fase, pois são leves e mais seguros para começar essa fase de alimentação. Depois que estiver mais crescida e familiarizada com os talheres aí poderemos passar para os talhes infantis de inox. Sobre os de plásticos não podemos esquecer de conferir se o material é livre de bisfenol (BPA-free), uma substância utilizada na fabricação de alguns tipos de plástico que pode ser tóxico para os pequenos. Esse kit é da marca Lillo e conta com pratinho infantil, tampa protetora e colher.
  • Começamos também a dar água para ela e o copinho que estamos usando é esse da marca Philips Avent, muito bom, pois podemos deixar junto com ela no chão enquanto ela brinca, assim as vezes ela mesma pega o copinho e tenta tomar água (ou tenta morder o bico, pois tem dente nascendo) e esse copinho tem válvula que evita vazamento, e as alças são macias e ergonomicamente projetadas para facilitar o uso independente por crianças pequenas.
  • Para quando vamos dar uma saída e precisamos levar o almoço dela esse pote térmico é ótimo e lindo! Ele é de inox, da marca Stephen Joseph, comprei na loja Baú da Lulu! Ele mantém a temperatura dos alimentos quentes ou frios por até 4 horas. Muito bom!
  • E agora um item que não pode faltar quando a gente fala de criança pequena comendo… um babador, e eu particularmente não acho muito bom usar babadores de pano, pois é uma refeição e já tem que colocar para lavar, tenho achado muito bom usar esse da marca Philips Avent, ele é de plástico, muito fácil de limpar e tem coletor de resíduos, então tudo que a criança deixa cair, cai dentro desse coletor do babador e não pelo chão da sua casa.