Quando levar a criança ao cinema? Era uma pergunta que fazíamos aqui em casa, a partir de quando ela vai aguentar ficar sentada na cadeira olhando um filme inteiro, além do escuro no cinema, som mais alto…

Acho que não existe uma idade certa para levar ao cinema, varia de criança para criança, o jeito é observar e ver quando ela está pronta para isso.

Alguns testes e dicas para a hora de ir ao cinema:

  • Colocar um filme e apagar as luzes, esperar e ver se a criança vai aguentar assistir todo o filme. Aqui em casa não lembro se o primeiro filme foi Frozen ou Rapunzel, mas como ela tem as bonecas e está na fase das princesas, já colocamos esses dois filmes para ela, e ela adorou!
  • Escolher um filme que você tenha certeza que a criança vá gostar. Escolhemos levar ela para ver o Procurando Dory, antes disso em casa, colocamos o Procurando Nemo, ela assistiu e curtiu muito o filme, se divertiu, então lá fomos nós ver Procurando Dory.
  • Os horários das sessões também são importante, perto da hora de comer ou de dormir, pode acabar gerando stress. Nós optamos por pegar a sessão das 16h, Isabela tirou uma soneca após o almoço (ela já aguenta ficar sem soneca, mas aos finais de semana ela ainda faz, durante a semana ela tem aula e aí fica sem soneca), acordou fomos para o cinema, compramos um pacotão de pipoca, na saída do cinema estava perto da hora da janta, ficamos no shopping e jantamos lá mesmo.
  • Antes de ir no cinema explique como vai ser, que filme vão assistir, como é a sala, e o que pode ou não pode ser feito dentro do cinema.
  • Não esqueça de levar a criança ao banheiro antes do filme começar.

Pronto, agora é só curtir o cinema!

Resumo da ida ao cinema. Isabela adorou, gostou do filme, e já falou que ir de novo “amanhã” (amanhã = outro dia, futuro),  e se comportou muito bem!

O que nós, mamãe e papai, achamos do filme? O filme é bom, mas é muito triste, sério gente, bem triste, já no começo do filme quando começa com a Dory pequena se perdendo dos pais você já quer começar a chorar litros. Procurando Nemo era mais divertido, mas Procurando Dory também é um bom filme, dá pra rir, chorar (bastante), falar baleiês e cantar muito “continue a nadar, continue a nadar, nadar, nadar”. Vale a pena levar as crianças para assistirem.