Quarto Montessoriano - qual a proposta desse quarto?

Quarto Montessoriano – qual a proposta desse quarto?

De onde vem a inspiração para fazer um quarto montessoriano? Quais elementos compõem um quarto montessoriano? Veja aqui!

Os quartos Montessorianos, são inspirados no método de Maria Montessori (1870-1952) uma pedagoga italiana, que revolucionou a educação tradicional, apresentando o papel da criança em seu próprio desenvolvimento, ela nos fala sobre autonomia, exploração livre de um ambiente seguro, um adulto preparado para auxiliar a criança nesse processo e a individualidade de cada criança que deve ser respeitada.

“Os benefícios estão relacionados principalmente ao desenvolvimento da autonomia. Com o tempo, os pais perceberão o quanto as crianças são capazes de fazer escolhas no dia a dia de forma adequada e consequente dentro do seu processo de aprendizagem”, explica Priscila Chupil, professora do curso de Pedagogia da Universidade Positivo. “Autonomia para aprender é essencial”.

Dentro dessa proposta pedagógica, o quarto montessoriano é então preparado para ser um local de conforto, de liberdade e respeito as necessidades da criança pequena. Portanto um quarto montessoriano comum contém uma cama no chão, uma área de movimento com um espelho à frente do qual pode haver uma barra a 50cm do chão, para que a criança se apoie quando quiser começar a ficar em pé e caminhar, uma prateleira com poucos brinquedos e um guarda-roupas com algumas prateleiras ou gavetas acessíveis para uma seleção de roupas da criança.

(Fonte: Lar Montessori)

Vejamos cada um dos elementos que compõem um quarto montessoriano:

https://atosarquitetura.com.br/noticias/quarto-montessoriano-como-criar-um-ambiente-que-estimula-o-aprendizado-das-criancas/

Móveis adaptados

dicas quarto montessoriano
https://www.vivadecora.com.br/revista/quarto-montessoriano/

Os móveis são adaptados para ficarem na altura da criança, de forma que ela consiga sozinha se virar em seu próprio ambiente, tendo acesso a todas as suas coisas, por exemplo se ela quer um determinado brinquedo ela mesma consegue acessá-lo sem ajuda e assim ela também pode guardá-lo sozinha depois.

A cama montessoriana não tem um padrão fixo como vemos hoje em dia (cama casinha) ela pode ser uma cama convencional ou um colchão no chão. A cama convencional precisa ser baixa, para que a criança possa subir e descer dela sem precisar escalar, pois isso pode estressar a criança antes de dormir e acabar prejudicando a qualidade de seu sono. Com uma cama baixa a criança pode simplesmente levantar e começar seu dia, brincando sozinha, sem precisar que alguém venha tirá-la da cama/berço.

A idéia do colchão é a mesma que da cama baixa, e pode ser usada inclusive para bebês, em um quarto montessoriano o bebê não precisa de berço, isso mesmo, não há necessidade de usar berço (pode parecer meio radical essa afirmação né?!) mas o interessante é que em muitas culturas os bebês não usam berço para dormir, eles dormem em almofadas, ou colchões no chão portanto é muito benéfico para o desenvolvimento do bebê que ele durma em um colchão que pode ser colocado diretamente sobre o chão ou sobre um estrado baixo ou ainda sobre uma camada de borracha com o intuito de isolar a temperatura do piso. Pode ser colocado em volta do colchão, almofadas para a criança não correr o risco de cair durante a noite mas com o passar dos meses já não será mais preciso, e a idéia é colocar as almofadas durante os períodos de sono, mas quando o bebê tiver acordado, deixe livre para que ele possa subir e descer livremente de seu colchão sem obstáculos que dificultem o acesso.

Com o passar dos anos, se a criança já se deita e se levanta sem dificuldades, o colchão no chão pode ser substituído por uma cama comum, sem problemas.

Também pensando na autonomia para se vestir que é incentivada desde cedo, a criança precisa ter algumas peças selecionadas pelos pais ao acesso dela, portanto pode se colocar uma arara baixa ou um cabideiro na altura da criança ou ainda um armário pequeno e baixo com prateleiras a acesso da criança, para que ela possa escolher suas próprias roupas, vestir-se sozinha e também ter a responsabilidade de organizar suas roupas depois.


Aproveite e confira:


 Espelho

como montar um quarto montessoriano
https://br.pinterest.com/pin/8514686784560650/

A criança desde bebê é fascinada por seu próprio rosto humano, bem como pelo seu corpo. Ela gosta de ver como se movimenta, quais as partes de seu corpo, etc, tudo isso a ajuda a se reconhecer como indivíduo, ou seja, que existe por si só, e que não é parte de sua mãe ou do seu pai. Portanto nos quartos montessorianos é indicado a colocação de um espelho na horizontal junto da cama da criança, que por questões de segurança o mais indicado é utilizar espelhos de acrílico,

Com o passar do tempo, o espelho deixa a posição horizontal e passa para a posição vertical quando a criança muda de posição, ou seja, quando a criança deixa de engatinhar e passa a ficar de pé.

Barra

quarto montessoriano
https://br.pinterest.com/pin/8514686784560650/

A barra de segurança, é colocada para auxiliar no processo de movimento da criança, de forma que ela possa se apoiar na barra quando quiser ficar de pé e dar seus primeiros passos, ao invés de se apoiar em qualquer superfície (como uma gaveta) e acabar se machucando. Essa barra é semelhante as barras de balé ou aquelas barras de apoio para pessoas com deficiência.

Brinquedos

https://live.apto.vc/quarto-montessoriano-decoracao-pode-incentivar-autonomia-criancas/

Os brinquedos ficam em prateleiras, que são sempre baixas para que a criança possa tirar os brinquedos para brincar e depois possa guardá-los sem ajuda também. É recomendado que seja feito um rodízio dos brinquedos, pois brinquedos em excesso, super estimulam a criança, deixam o ambiente com aspecto tumultuado e desorganizado, além do que, ela acaba não brincando com todos os brinquedos, justamente por haver oferta demais, e perde o interesse rápido por eles. O ideal é ter a oferta de poucos brinquedos mas que sejam de qualidade.

Priorize brinquedos que sejam de madeira, educativos, sem luzes ou sons, que despertem o interesse da criança e a desafiem. Com poucos brinquedos e bem organizados, a criança consegue escolher melhor e os pais conseguem identificar verdadeiramente pelo o que a criança se interessa.

Decoração

https://maternarebrincar.wordpress.com/2014/09/24/como-criar-um-quarto-montessoriano/

Quartinhos montessorianos da internet são muito fofos, mas quem quer realmente seguir a linha de Maria Montessori, precisa saber que o recomendado é que os quartos não tenham decoração, ou se tiver que seja a mínima possível, pois ela explica que a criança nos primeiros anos de vida, está em um período sensível de estimulação dos sentidos, ou seja, tudo é novo e chama a atenção da criança como um inseto, um passarinho, o vento balançando a cortina, portanto as coisas do cotidiano já são estimulantes o suficientes para ela, então o quarto precisa ser um local neutro, aconchegante, sem muitos brinquedos, nem muitas decorações para não hiper estimular a criança e acabar deixando ela irritadiça, cansada, estressada, etc.

Sem excesso de cores e brinquedos, ou excessos de decoração e artificialização do ambiente. Pois quando tornamos o quarto muito colorido o ambiente acaba não sendo relaxante. Escolha cores claras e neutras para compor o ambiente, pois são mais relaxantes e transmitem tranquilidade.

Não cubra o chão do quarto todo com placas de borracha, elas podem ser usadas como isolantes térmicos embaixo do colchão que a criança dorme, mas espalhar pelo quarto todo pode interferir na firmeza do caminhar da criança, pois torna o quarto com aspecto artificial em relação ao resto do mundo.

Higiene

https://content.paodeacucar.com/dicas/tirar-os-sapatos-casa

Uma vez que o chão é o grande espaço de aprendizado da criança, é importante que se tenha uma atenção extra para a higiene. Uma dica valiosa é passar a adotar em casa um hábito da cultura oriental mas que tem muito sentido na higiene da casa, que é não entrar com os calçados sujos dentro de casa, ou seja os calçados são tirados na entrada de casa para impedir a entrada de sujeira proveniente da rua dentro de casa, preservando assim a higiene da casa.

“Se a criança é ensinada desde pequena a se tornar independente, mesmo que seja no seu próprio quarto, realizando tarefas do dia a dia, isso já faz toda a diferença para a pessoa que ela vai se tornar”,

close