Dicas de viagem gestante ou com bebês

dicas para viagem gestante
Imagem: Comunidade Bebê 123

Crianças exigem atenção e cuidado, mas também trazem muitas alegrias. Não é justo para elas e nem para os deixar, deixar de curtir momentos prazerosos somente por pensar no ”trabalho” que é viajar com os pequenos ou em fazer uma viagem gestante. 

Para as mamães de plantão: vai viajar grávida ou com bebês? Confira algumas dicas do ETIAS que irá te ajudar em tudo que precisa para que sua viagem seja uma maravilhosa experiência para você e seu(sua) baby!  

1 – FAÇA UMA AVALIAÇÃO DA VIAGEM

VIAJANDO COM BEBÊS

Não há uma idade mínima para viajar, porém a maioria das companhias aéreas só aceitam bebês com mais de 7 dias de vida. Avalie a necessidade da viagem com um recém-nascido, já que eles são mais suscetíveis à infeções. 

VIAJANDO GRÁVIDA

Em viagens de navio, só é possível embarcar até 24 semanas de gravidez. Para viagens de avião, até a 27ª semana de gestação. Não existe muita complicação entre a 28ª e a 36ª semana, mas é preciso um atestado ou termo de responsabilidade, pois as companhias costumam ficar mais alertas por conta da possibilidade de um parto prematuro. A partir da 36ª semana, é preciso atestado médico ou uma avaliação da equipe médica da própria companhia. Em alguns casos, a partir da 38ª semana, só é possível viajar acompanhada do médico responsável. 

2  – ESCOLHA BEM O DESTINO

VIAJANDO COM BEBÊS

Verifique se o destino possui uma estrutura mínima para uma viagem com crianças. Faça essa avaliação tanto em relação à localidade quanto ao hotel, restaurantes, etc. 

VIAJANDO GRÁVIDA

Faça as contas das semanas que faltam para o bebê nascer, imagina um parto longe de casa sem conhecer ninguém?! Melhor garantir que você já esteja de volta. Mas, por precaução, escolha sempre destinos que tenham uma mínima estrutura médica para atendê-la caso alguma complicação surja durante a viagem. 

3 – LEVANDO OS PERTENCES

VIAJANDO COM BEBÊS

Você tem a opção de ficar com o carrinho até o embarque ou despachá-lo como bagagem. 

VIAJANDO GRÁVIDA

Despache o máximo de bagagem possível para não ter que carregar muito peso. Do meio para o final da gravidez, é preciso evitar esse tipo de esforço. Busque sempre um carrinho para levar a bagagem de mão e, se precisar de ajuda, procure alguém da companhia aérea que eles irão prontamente auxiliá-la. 


Aproveite e confira:


4 – ALIMENTAÇÃO

VIAJANDO COM BEBÊS

Você pode levar a alimentação do seu bebê com você no voo. Pode, ainda, solicitar à equipe de bordo para aquecer a mamadeira ou papinha do baby. Mas peça essa gentileza antes do serviço de bordo para que não atrapalhe seu andamento, prejudicando os outros passageiros. 

VIAJANDO GRÁVIDA

A não ser que você esteja em uma dieta por conta de alguma complicação, não existe nenhuma restrição quanto à alimentação durante o voo. Mantenha-se alimentada, afinal, você precisa se alimentar por dois.

Ao chegar ao destino, aproveite tudo, mas muito cuidado com alimentos aos quais não está acostumada. Lembre-se de que passar mal longe de casa pode ser muito ruim, e estando grávida é mais complicado por estar longe dos médicos habituais. 

5 – CUIDADOS COM A SAÚDE

VIAJANDO COM BEBÊS

Bebês são mais suscetíveis a desidratação, por isso é importante mantê-los hidratados tanto antes quando depois do voo, e ainda durante a estadia. 

VIAJANDO GRÁVIDA

Mantenha-se hidratada antes e durante a viagem, além de evitar muita exposição ao sol. Viagens de avião também aumentam ligeiramente o risco de trombose e de se desenvolver varizes. Em casos de viagens muito longas, é possível ser receitado por seu médico algum remédio para circulação. Informe-o sobre a intenção de viagem, para que ele oriente você melhor sobre todos os cuidados a serem tomados. 

6 – CERTIFIQUE-SE DE QUE TUDO ESTÁ CERTO

VIAJANDO COM BEBÊS

Antes da viagem, ou mesmo antes de comprar as passagens, sempre que possível, entre em contato com a companhia aérea ou com a empresa de turismo e tire todas as dúvidas a respeito de viajar com bebês. Inclusive sobre valores, transporte dos objetos (carrinhos, brinquedos, comida), idade mínima, etc. 

VIAJANDO GRÁVIDA

Em relação ao período da gravidez em que se encontra, entre em contato com a companhia aérea para saber exatamente as regras.
Você pode não se encaixar em alguma regra e passar por alguma situação desagradável na hora do embarque, como ser impedida de embarcar. 

7 – MANTENHA A ROTINA

VIAJANDO COM BEBÊS

Tente manter a rotina do seu bebê. Eles ainda estão se adaptando ao “novo mundo”, então mantenha as rotinas de alimentação, sono, etc. 

VIAJANDO GRÁVIDA

Aqui, o conselho é semelhante. Mesmo viajando, muitas vezes de férias, querendo aproveitar todo o tempo possível, tente manter um pouco da sua rotina em relação a alimentação e sono. Alterar bruscamente sua rotina pode deixar o seu bebê, mesmo dentro da barriga, inquieto. 

8 – ARRUME A MALA

VIAJANDO COM BEBÊS

A bagagem do bebê pode ser maior que a de um adulto, acredite. Lembre-se de tudo que ele precisa, como fraldas (leve sempre a mais), trocador, lençóis, roupinhas, mamadeiras, brinquedos e, principalmente, os documentos dele.
Além disso, em caso de viagem internacional, verifique quais são os documentos exigidos para entrada no país. Se preferir, faça um checklist para ajudar. 

VIAJANDO GRÁVIDA

Neste caso, nenhuma alteração do habitual. Avalie o clima no seu destino para saber quais roupas adequadas levar; roupas leves ou roupas de frio. Organize bem a mala e boa viagem! 

Fontes: Viagem e Turismo | Viajando Com Bebê