Os bebês mudam muito e bem rápido, e você deve acompanhar o ritmo dele nas brincadeiras. Agora a partir dos 6 meses, o bebê dá risadas, consegue segurar os brinquedos, tem mais controle da cabeça e do pescoço, e é curioso. Você o verá dando grandes saltos enquanto se prepara para andar e falar.

Esse é um período que o bebê vai querer brincar mais, a sonecas vão diminuir um pouco e as brincadeiras vão se tornar cada vez mais fundamentais na vida do seu bebê.

Quando o bebê descobrir a mobilidade, ele começará a se mover um pouco, rolando o corpo no chão e depois a engatinhar.

Nos dias em que ele estiver mais enjoadinho e não quiser brincar, por causa de alguém dente nascendo ou outra coisa, faça atividades mais calmas com ele, como ler ou contar histórias e olhar fotos da família (as crianças adoram!).

Agora confira as 10 brincadeiras para bebês que separei para vocês fazerem com seus pequenos!

  • Cadê? Achou!

Brincadeiras simples, mas que chama a atenção do bebê. Cubra seu rosto com as mãos, perguntei “cadê?” e depois retire as mãos e diga “achou”, os bebês adoram. Você também pode usar um pano ao invés das mãos, pode se esconder atrás de uma porta, usar uma almofada, qualquer coisa… E logo seu bebê estará se escondendo também.

Benefícios: Ensina o que é a permanência do objeto, bebês mais novos não desenvolveram ainda essa noção de permanência, eles acham que se não estão vendo a coisa é porque não existe mais. Essa brincadeira ajuda na fase da ansiedade da separação, essa fase acontece por volta dos 8 meses e torna o bebê mais grudento, quando ele pode chorar se você sair do ambiente… a brincadeira ajuda a ele saber que mamãe vai mais volta.

  • Curtindo a música

Bebês adoram música, cante muito! Se ainda não souber músicas infantis aprenda, na internet você contra várias, mas você também pode criar músicas e seu bebê vai adorar. Faça gestos enquanto canta, bate palmas e em breve, a partir dos 9 meses, seu bebê já poderá estar imitando certos movimentos, como as palmas, acenas, balançar a cabeça, balançar os braços…

Procure ter músicas para momentos especiais, como o banho, hora de dormir, troca de fraldas, alimentação… Assim o bebê se acostuma com a determina música antes da atividade e vai se acostumando com essa rotina.

Benefícios: Desenvolve a linguagem e a memória. Os bebês conseguem memorizar canções muitos antes da língua falada, pois é mais fácil para eles reconhecer uma melodia do que uma série de palavras. Sentar-se no chão e bater palmas estimularão o bebê a usar os músculos abdominais, e não os braços, para se equilibrar. A música “serra, serra, serrador”é boa para  equilibrio e o ajudará a usar os principais músculos. Brincar de cabo de guerra quando ele estiver sentado também melhorará o equilibrio e a força da parte superior do corpo, que ele precisará usar quando começar a ficar de pé.

  • Rolando o corpo

É provável que aos 4 meses seu bebê consiga rolar o corpo no sentido da barriga para as costas e no sentido contrário aos 6 meses. Isso lhe dá grande mobilidade. Você pode balançar um brinquedo ao lado dele para que ele role para pegar o objeto. Também é divertido rolar com o bebê. Lembre-se que rolar é melhor em um local macio, como grama ou tapete e não diretamente no chão. Se o bebê se frustar ao tentar pegar algum brinquedo rolando, relaxe e entre o brinquedo, depois de um tempo, dias, você tenta de novo e verá que ele já estará rolando muito melhor.

Benefícios: Rolar ensina os bebês a transferirem o peso de um lado para o outro. Ele vai achar muito divertido. Rolar ajuda a desenvolver os músculos abdominais, isso fará com que sentar e engatinhar sejam mais fáceis. Além de também desenvolver os músculos do pescoço e dos braços.

  • Devorando livros

Se você ainda não começou a ler para seu filho esse é o momento. Lembre-se de dar livros de páginas grossas que ele pode pegar e colocar na boca. Livros com histórias simples, de frases curtas, com ilustrações grandes e claras. Seu objetivo nessa fase é fazer com que ele ame os livros, vai ter vezes que ele vai querer ficar com apenas um livro, ver ele várias e várias vezes, mas faz parte do processo.

Benefícios: Ajuda no desenvolvimento da linguagem, os bebês aprendem o significado das palavras muito antes de conseguirem falar. Ele vai entender como os livros funcionam, como você segura, como passa as páginas e que tem começo e fim.

  • Brincando com comida

A partir dos 6 meses começa a introdução de alimentos sólidos na dieta do bebê. É normal que os bebês mexam na comida, amassando e se lambuzando. Brincar com a comida é bom para o desenvolvimento, e as refeições devem ser uma brincadeira. Você pode dar diversos alimentos que ele possa comer com a mão, como massa, brócolis, couve flor e etc… Ele vai adorar poder comer os alimentos com a mão.

Benefícios: Reduz o risco de ansiedade por comida, já que os pais não controlam demais as refeições, deixando o bebê mais livre. Assim ela ficará feliz e tranquila durante as refeições, apesar da bagunça.

  • Fazendo as coisas acontecerem

Por volta dos seis meses quando a visão melhorar, ele será capaz de apreciar brinquedos mais complexos, como aqueles com botões para apertar e por volta dos 8 meses ele gostará de fazer as coisas acontecerem. Uma ideia que você mesma pode fazer é amarrar um barbante em um balde, colocar um brinquedo dentro e deixar o balde pendurado na porta e ficar brincando de puxar e soltar o balde, mostre ao bebê como funciona ele vai adorar.

Benefícios: Desenvolve a habilidade manual, apertar, girar botões, puxar cordas, seu bebê irá se divertir aperfeiçoando suas habilidades motoras. Demonstra causa e feito, com o tempo ele vai aprender que se apertar um determinado botão algo acontece.

  • Rolando a bola

Bebês adoram brincar com bolas, você pode comprar bola pequenas e leves, próprias para bebês, tem de plástico ou de tecido, bem macias, mas você também pode fazer bolas de papel, como papel alumínio, o bebê vai adorar o brilho. Depois que ele começar a sentar você pode brincar com ele de empurrar a bola, você empurra pra ele e empurra pra você.

Benefícios: Melhora a coordenação entre mãos e olhos, ensina sobre a antecipação, ele ficará empolgado quando perceber que você está prestes a jogar a bola para ele, pois aprendeu a prever quando isso acontece. Melhora o equilíbrio, quando ele estiver sentado ele vai virar o corpo para atingir a bola, isso ajuda a desenvolver o equilíbrio. Estimula a engatinhar, pois ele vai querer ir até a bola.

  • Escovinha

Pegue um pincel macio, ou uma escova e passe no bebê, nos bracinhos, perninhas, costas, como se fosse uma massagem, não para fazer cócegas, essa é uma técnica terapêutica conhecida, usada em crianças para ajudar em todos os tipos de problemas, inclusive transtorno de déficit de atenção, autismo, dificuldades de aprendizado e defensividade sensorial, isto é, crianças que acham perturbador serem tocadas. Acredita-se que usar uma escova dessa maneira ajuda a restabelecer o equilíbrio, porque estimula terminações nervosas específicas, que desencadeiam o processo de desenvolvimento. Isso também ajuda a parar com reflexos antigos. Isso não quer dizer que você não precisa procurar um profissional, mas a dica é que passar a escova no seu bebê é como uma massagem, uma sensação prazerosa e que estimulará o tato da criança.

Benefícios: Aumenta a autoconfiança, ajudará a ter mais consciência do espaço que seu corpo ocupa, pois ele estará concentrado em cada um dos membros enquanto você passa a escova. Melhora a coordenação e os movimentos, estimula o sistema nervoso central a usar informações do sistema nervoso periférico de maneira mais eficaz. Melhora o modo de funcionamento conjunto do cérebro e do corpo, pois o primeiro aprende a organizar as informações sensoriais e ajuda o bebê a se movimentar melhor e com mais coordenação. Incentiva o relaxamento, o deixará mais calmo, ele irá gostar.

  • Passeando por aí

Ele irá adorar fazer passeios, irá adorar ver o que acontece a sua volta. Lembre-se de levar uma bolsa com brinquedos e de explicar as coisas que ele estiver vendo.

Benefícios: Ele vai se divertir bastante com passeios e quando fizer coisas que não está acostumado isso vai estimular o senso de aventura e futuramente aumentar a confiança dele. Desenvolver a linguagem, pois você estará explicando o que está acontecendo. Aumenta a compreensão de mundo, apesar de bebês com menos de 1 anos não dizerem muita coisa, eles conseguem entender bastante o que está acontecendo e absorverão muita informação sobre o que veem.

  • Engatinhando

Mesmo antes do bebê começar a engatinhar você pode incentivá-lo a ficar nessa posição, colocando um travesseiro embaixo da barriga dele no chão. Quando ele estiver engatinhando sozinho, divirta-o colocando obstáculos na sua frente, como montinhos de travesseiros e almofadas para que ele suba. Coloque um brinquedo em cima para que ele suba e pegue-o, mas lembre que o montinho deve ser seguro para a criança não cair e se machucar. Você também pode fazer um túnel com caixas de papelão. Brinque de engatinhar com ele!

Benefícios: Cansa o bebê, fazer atividades físicas ajudará a aumentar a fome do bebê, além de melhorar a condição física dele e deixá-lo cansado, assim pode dormir mais pesado.

Gostaram das dicas de brincadeiras para bebês de hoje? Para mais dicas sobre educação infantil acesse: