A importância dos brinquedos educativos

Brincar é fundamental para o desenvolvimento da criança. Mas estamos em um momento que a grande maioria dos brinquedos que você encontra nas lojas são eletrônicos, ou jogos eletrônicos ou DVD’s para crianças assistirem, coisas que estimulam muito o brincar sozinha.

Esses dias eu queria comprar alguns brinquedos para a Isa, não eletrônicos, queria tambor, chocalho, pandero, quem disse que eu achava? Até um simples tambor tinha botões… mas acabei achando com tema da copa da mundo, já que minha procura foi bem na época. Mas fora isso é bem difícil você encontrar brinquedos educativos em lojas no shopping por exemplo, são poucas opções disponíveis, é mais fácil encontrar em lojas especializadas ou pela internet.  Hoje ela tem brinquedos de montar que adora!

Qual a importância dos brinquedos educativos?

Os brinquedos educativos divertem e ensinam a criança, podem ajudar a desenvolver coordenação motora, o raciocínio, a capacidade de compreensão e muitas outras capacidades.

Outra coisa muito importante são fazer atividades ao ar livre e brincar muito com seus filhos

Veja quais são os brinquedos mais adequados para cada idade:

Bebês até 6 meses

Os bebês são facilmente estimulados por brinquedos bem coloridos, de vários tamanhos com texturas e aromas diferentes, e que produzem vários tipos de sons. Na verdade, eles precisam de brinquedos que estimulem todos os seus sentidos, brinquedos leves, que eles possam pegar e colocar na boca. Alguns exemplos: móbiles que ele possa tocar, bichinhos de borracha que produzem som.

Bebês de 6 meses a 1 ano

Nessa faixa etária os bebês ainda brincam sozinhos. Eles adoram apertar, sacudir, jogar, bater, empilhar. Os brinquedos ideais são: chocalhos, guizos, ursos de pelúcia, bonecas, bichinhos flutuantes para o banho, livrinhos de pano, grandes cubos para empilhar, etc.

Crianças de 1 a 2 anos

Nessa idade as crianças começam a dar os primeiros passinhos. Elas conseguem interagir com outras crianças e com os adultos. Elas ainda levam coisas à boca, por isso, na escolha dos brinquedos, é importante que eles sejam adequados para a sua idade, não contenham peças pequenas que podem ser engolidas, e tenham certificado do INMETRO.
As crianças ainda vão se divertir com os brinquedos que já têm, mas, ao comprar novos brinquedos, opte por carrinhos que elas possam puxar ou empurrar (como os de boneca), brinquedos de montar e desmontar ou simples caixas com coisas dentro para tirar e colocar de volta.

Crianças de 2 a 3 anos

As crianças nessa faixa etária gostam de brinquedos que as induzam ao movimento, como triciclos, carrinhos grandes em que possam subir ou colocar coisas dentro, balanço, bolas, etc. Para continuar incentivando-as a desenvolver a parte motora, dê-lhes blocos para empilhar. Também é interessante dar-lhes instrumentos musicais, como pianinhos, pandeiros, tamborzinhos, etc.
Nessa idade é importante que elas comecem a guardar seus brinquedos. Estimule-as a fazê-lo como parte da brincadeira.

Crianças de 3 a 4 anos

Com essa idade as crianças vão continuar se divertindo em cima do triciclo, puxando carrinhos e brincando com os brinquedos que já têm. Contudo, elas já podem brincar com brinquedos de montar e desmontar mais elaborados. Elas não levam mais as peças à boca, por isso as peças podem ser menores.
As meninas vão se divertir com bonecas, panelinhas e casinhas.
As crianças também aprendem colorir e a desenhar círculos e bonecos. Elas devem ser incentivadas a desenvolver o gosto por literatura. Conte-lhes historinhas infantis e permita que elas acompanhem-nas observando as figuras.

Crianças de 4 a 6 anos

Nessa fase podem ser inseridos jogos com regras fáceis. Através deles são trabalhados o raciocínio e as emoções. Com jogos em que se perde e se ganha, as crianças podem começar a trabalhar a frustração. Aprender a lidar com esse sentimento é essencial para o seu equilíbrio emocional e o desenvolvimento da personalidade.
O triciclo pode ser substituído por uma bicicletinha. Os brinquedos que estimulam brincadeiras ao ar livre e em grupo são muito importantes para a socialização e para a saúde das crianças.
Outras boas dicas são: massinhas de modelar, giz de cera, quadro-negro com giz, quebra-cabeça, jogos da memória, Lego, etc.

Crianças de 6 a 9 anos

Livros, jogos de tabuleiro, bolinhas de gude, corda para pular, patinete, bicicleta, quebra-cabeças, carrinhos de corrida, equipamentos esportivos, Lego, aviões e veleiros para montar, óculos de mergulho, vão fazer a alegria da criançada.

Dos 9 aos 12 anos

Entre os 9 e os 12 anos os pré-adolescentes já estão em fase de definir seus gostos e interesses. Você pode consultá-los sobre o que gostariam de ganhar. No entanto, é válido despertar neles o gosto por coisas que os estimulem a raciocinar, a se mexer e usar a criatividade. Para isso, dê-lhes livros, jogos de tabuleiro, jogos de mesa, lupa, luneta, equipamentos eletrônicos e esportivos, etc.

Selecionei alguns brinquedos para vocês:

1. Pianinho musical Ducan
2. Castelinho alfabético
3. Balde de blocos
4. Brincando com os filhotes
5. Potinho das formas
6. Lego Duplo
7. Monta Palavras
8. Kit Pintura
9. Livro Folia na Floresta
10 Minhas compras

Fonte: Família.com.br

Gostaram das dicas de hoje? Para mais dicas sobre atividades infantis acesse:

Comente com o Facebook

comentários

15 COMENTÁRIOS

  1. Pois é! É muito difícil encontrar brinquedos educativos que não tenham botões! Até os tablets são usados pelos bebês! É incrível como as brincadeiras se resumiram em simples toque de tela e nada de exercitar o corpo e a mente de verdade como antigamente! Nós pais é que temos que procurar o melhor para o desenvolvimento didático dos pequenos com criatividade e estimular a mente como quebra-cabeças, brinquedos de montar, pintar, recortar! Os nossos filhos merecem essa atenção!

  2. Amiga, com essa era digital fica até mais complicado fazer com a criança se interesse em brinquedos feitos pra idades deles, mas nao podemos desistir, e sempre incentivar…

    Beijão minha linda, uma semana abençoada pra você.. ♥

  3. Realmente, Gi, hoje em dia tá difícil demais encontrar brinquedos que não sejam eletrônicos, eu acho que eles deveriam ser os primeiros das prateleiras, por estimular os sentidos e a aprendizagem das crianças, mas infelizmente nossa cultura não prega isso né? Ai estamos do jeito que você citou, movidos por eletrônicos, que chegaram até um simples tambor…
    Beijos

  4. Ótimas dicas, a minha de 2 anos e meio adora brinquedos de montar, toquinhos e carrinhos de bonecas, mas o de cinco também gosta de brinquedos de montar..mas o negócio dele é bicicleta,skate e video game.

    bjs

Comments are closed.