5 dicas para o papai ajudar na amamentação

A amamentação exclusiva refere-se ao tipo de leite oferecido ao bebê, e não ao fato de somente a mãe e o filho participarem deste momento.

Amamentar é um gesto quase automático, principalmente nos primeiros meses aonde também estamos oferecendo este alimento em livre demanda. Nós pegamos nossos filhos no colo e oferecemos o peito, mas não é somente isso que envolve este processo, e os pais podem ajudar em todo o restante.

Se você está grávida, encaminhe este post para seu marido. Não que ele não seja sensível e esteja envolvido com a paternidade que está chegando, mas porque talvez ele ainda não tenha se dado conta de como pode te ajudar, além do mais, a paternidade as vezes chega um pouco mais tarde ou de forma mais lenta para alguns deles.

Dica 1: O leva e trás do berço

Mesmo que a escolha do casal tenha sido deixar o bebê dormindo no mesmo quarto, o pai pode levar o bebê para os braços da mãe e depois que terminar a amamentação, fazê-lo arrotar e colocar de novo no berço.

É um gesto que reforça a presença do pai para o bebê, e também que ajuda a mãe a descansar um pouco mais nos primeiros meses.

Se a mãe do bebê relatar sono o pai pode ficar acordado com ela e conversar sobre alguma coisa, admirando aquele momento lindo. Isso ficará guardado na memória, e também evitará acidentes com quedas e sufocamentos.

Dica 2: Tome conta da alimentação e hidratação da mãe

Se você pensa que a licença maternidade vai lhe dar todo o tempo do mundo, você está muito enganada! As mulheres que estão amamentando esquecem ou não tem tempo nem para tomar água, o que é muito importante neste período.

Enquanto ela está iniciando a amamentação, reabasteça a garrafinha de água, pergunte se ela quer comer alguma fruta ou beliscar alguma coisa.

Dica 3: Limpeza do bebê

Além de pegar o bebê para arrotar, as vezes também será preciso trocar a fralda.

Após a amamentação, a mulher precisa hidratar o bico do seio, alimentar-se ou fazer suas necessidades fisiológicas. Se ela tiver que colocar o bebê no berço antes de fazer tudo isso, provavelmente não fará. Deitará na cama com o pensamento “vou aproveitar todo tempo que tiver para dormir até a próxima mamada”.

Dica 4: Apoio moral

Esse momento é muito aguardado por todas as mães. Elas sonham com este momento, e algumas sofrem por antecipação se irão conseguir ou não. Por isso, converse com ela sobre seus sentimentos, faça com que ela fique tranquila e em paz para que o leite desça normalmente.

Se ela conseguir, parabenize. Se houver necessidade de complementação com fórmula, faça ela se sentir bem consigo mesma, e se ela simplesmente não conseguir amamentar, dê a ela a luz de que a saúde do bebê de vocês é mais importante que opiniões e convenções.

E faça elogios também à mulher, para que ela não esqueça de como ela é especial e que vocês formam um casal. Uma dica interessante é ler esse post AQUI sobre sexo depois da maternidade.

Dica 5: Estude tudo sobre amamentação

Inicie sua pesquisa o quanto antes. Sobre a forma correta de amamentar, dicas de amamentação, alimentos que favorecem a produção, mitos e verdades sobre a amamentação, alternativas saudáveis como os bancos de leite mais próximos de você, enfim, sinta que você faz parte desse momento, e se não é no ato em si, é no apoio e incentivo à ele.

amamentação como o pai pode ajudar tênis

Comente com o Facebook

comentários