Sim, eu adoro jogos de tabuleiro. Tenho vários tipos aqui em casa, dos mais modernos aos mais clássicos. Tem um casal amigo nosso que costuma vir aqui em casa para jogarmos juntos, e jogo também varias vezes com a esposa, que também compartilha o gosto pelo hobby. Mas nós também amamos jogos para crianças!

Meu pai me ensinou muito cedo a jogar xadrez, lembro de jogar com 8 ou 9 anos, com um primo que deveria ter uns 6 na época. Joguei xadrez no colégio, mas meu pai por um tempo jogava quase todos os dias, e por isso eu via ele como um adversário imbatível, por muitos anos nem cheguei perto de ganhar dele. Até que alguns anos atras quando meu pai ja estava com um pouco mais de 60 e eu com um pouco mais de 30 ganhei minha primeira partida. Fiquei eufórico no momento, meu pai sai meio atordoado, mas depois que a euforia passou acho que ambos nos demos conta da mesma coisa, estávamos ficando velhos, os dois, pai e filho, mestre e aprendiz, mas o que importava na realidade é todos os momentos que passamos juntos não simplesmente jogando xadrez, mas sim juntos.

O que eu quero dizer com isso é que jogos, em especial jogos de tabuleiro, cartas e jogos de estratégia são uma boa maneira de passar tempo com os seus filhos, aguçando a inteligência e a percepção deles. Mas antes disso é um momento prazeroso de passar um tempo juntos e se divertir um bucado, memórias que vão ficar para sempre.

Então segue a lista de 5 jogos para crianças:

Dobble

Jogo super simples, que a Isa adora, jogamos desde os 3 anos dela e podemos jogar toda a familia. Dobble é composto por 55 cartas. Cada uma delas possui 8 de 57 símbolos possíveis, e cada carta tem somente um símbolo em comum com qualquer outra carta do baralho. A regra mais simples é que acha o símbolo igual nas cartas apresentadas na mesma mais rápido.

Jenga

Um jogo bem antigo em simples, onde cada jogador tem que tirar um bloquinho de madeira da estrutura e colocar na parte de cima, criando uma estrutura cada vez maior e mais instável à medida que o jogo progride. A palavra “jenga” é a forma imperativa de “kujenga”, o verbo suaíli para “construir”. É um desafio para concentração, coordenação motora fina, e uma loucura cada vez que cai a estrutura.

Animal Upon Animal

Jogo que ja tem no mercado nacional, um pouco mais difícil de achar, mas que é muito divertido para crianças e adultos.

Cada jogador deve empilhar seu próprio conjunto de animais de madeira – quem conseguir se livrar de todas as peças primeiro ganha. Um dado acrescenta variação à jogada: colocação de um animal ou dois, pedido para outro jogador colocar o animal (correndo o risco dele derrubar e ficar para trás), indicação de qual animal empilhar feita pelos outros jogadores, aumento da “base” (que é o jacaré).

Frozen Jardim Encantado

Esse é um daqueles jogos bem fáceis, mas como é temático da frozen aqui em casa faz um sucesso danado. Basicamente é ir jogando um dado colorido e seguir até a próxima espaço com aquela cor para ir avançando.

Bingo dos bichos

Outro jogo bem simples, onde vão sendo sorteado os animais e quando você tem ele na sua cartela você vai marcando ele. Chegamos a usar ele em conjunto com 4 crianças juntas e elas adoraram, riram e se divertiram muito!