A Paternidade e suas diferenças! Feliz dia dos PAIS!

https://www.google.com.br/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&ved=0ahUKEwjH7KPG77vOAhUFlZAKHWpKBncQjhwIBQ&url=http%3A%2F%2Fwww.vocesabia.net%2Fcomportamento%2Fdatas_comemorativas%2F12-de-agosto-dia-dos-pais%2F&bvm=bv.129422649,d.Y2I&psig=AFQjCNFvxb3jRYOHLJC0odwJuUbivBapaA&ust=1471091067414538

Dia dos Pais está chegando e não posso deixar de falar um pouquinho sobre a paternidade! Desde que minha filha Beatriz nasceu e isso já faz 1 ano e 1 mês eu vi o lindo nascimento de um PAI, isso mesmo, junto com o nascimento de um bebê nasce junto um Pai e uma Mãe… para isso não tem curso, palestra, etc.. que nos prepare, só aprendemos a ser pais na prática, dura e doce prática diária.

Então voltando ao assunto, desde que a Bia nasceu, observo o constante nascimento e amadurecimento da paternidade e uma das coisas que mais me deparei foi com “o diferente”! Isso mesmo o diferente! Porque nós (eu e meu marido) fazemos muitassssssss coisas diferentes com nossa filha, porque somos diferentes e então naturalmente pensamos e agimos de formas totalmente diferentes nas mesmas situações! No início eu achava isso muitoooooo ruim, e por vezes errado, do tipo “não é assim que se faz, você fez errado!”, eu era categórica mas os dias que se passaram me mostraram que eu é que estava errada! Afinal, o diferente nem sempre é errado, só é diferente! ok?!

Temos que aprender isso, pois tornará nossos dias mais leves nessa jornada de Pais. Pois a missão de educar, criar, ensinar e amar um filho não é obra só de uma pessoa (a mãe pode até não admitir pois no fundo acho que ela pensa que só ela consegue fazer algo em relação ao filho de forma certa e perfeita), é obra de duas pessoas, um pai e uma mãe! Sei que nossos dias atuais e a realidade de nossa sociedade está bem diferente disso, mas o fato é que era para ser assim! A criança precisa de ambos, pois com as diferenças de ambos ela forma o mundo que a rodeia. Afinal toda a extensão do mundo e sua diversidade está dentro da casa dela, nos primeiros anos de sua vida. Então tudo que se apresentar para ela nesse período, é o que ela entenderá de como é o mundo. E daí é que entra o fundamental papel de um PAI, ele deixa de ser mero expectador nessa história para junto protagonizar o crescimento dos filhos.

A criança PRECISA sim do Pai, precisa do “diferente” do que a mãe faz… por exemplo aqui em casa, meu marido adora fazer brincadeiras de alta adrenalina para o coração de uma mãe, como equilibrar minha filha em pé em uma de suas mãos e levantá-la até o teto da casa! Me diz para quê fazer isso????? Para eu ter um infarto só pode ser né? Mas para ela é a mais pura diversão, pois são suas risadas mais profundas que inundam a nossa casa, ela confia nele, e com ele por perto ela sabe que nada vai acontecer!

Sim, ele é seu super herói! Ele torna os dias dela menos pacatos e cheios de regras (que eu imponho… como toda mãe:  lavar rosto, escovar dentes, não mexer nisso ou naquilo, etc…), ele quebra a monotonia e a rotina, e isso está bemmm longe de ser algo ruim! Ela precisa saber que existem formas diferentes de fazer as coisas, diferentes de como eu faço, porque mesmo que seja difícil para mim admitir, ela pode fazer algo diferente de mim e mesmo assim se dar bem e ser feliz! E essa noção do diferente na vida da criança o primeiro a mostrar é o PAI.

Veja que a importância dele para sua personalidade, noção de mundo e seu crescimento é fundamental!!! Nós mães é que temos que dar uma relaxada básica e deixar os pais serem pais, em vez de ficar monitorando tudo o que eles fazem e ditando regras e mais regras em casa, tem dias que são só deles, dias de botar a roupa nos filhos descombinando (terror das mães), dia de comer porcaria ao invés de uma alimentação balanceada, dia de ficar de pijama e assistir desenho animado na cama (meu Deus o quÊ?), dia de brincar de cavalinho na costas do papai, dia de pular na cama, e jogar as almofadas no chão, de bagunçar a casa que a mamãe acabou de arrumar só para eternizar na memória momentos únicos em família! Vale a pena, deixarmos as rédeas soltas as vezes, vale a pena dar espaço para que eles sejam o que melhor que eles sabem ser PAIS!

Para todos os papais que dia a dia, se esforçam por suas famílias, que passam horas e as vezes dias e semanas fora de casa, para poder trazer o sustento para elas, para todos os pais, que chegam que em casa cansados do dia de trabalho e mesmo assim acham forças para brincar e ensinar seus filhos, para todos os pais que ensinam e amam seus filhos, que corrigem e educam e permitem assim que eles cresçam adultos seguros e confiantes, para todos os pais que não são perfeitos, mas que permitem que seus filhos vejam neles um super herói, vai o meu FELIZ DOS PAIS porque vocês são essenciais!

Comente com o Facebook

comentários