Veja dicas de como ajudar as crianças com as aulas online

- Advertisement -

Você tem precisado fazer reuniões online? O quanto é difícil manter a atenção nelas? Se você tem encontrado dificuldades em manter o foco, imagine só como estão as crianças com as aulas online.

Você provavelmente já percebeu, mas manter os pequenos atentos é difícil. Inclusive, as aulas online podem dificultar muito o aprendizado.

E essa é uma situação preocupante. Para se ter uma ideia, um estudo estima que o percentual de “pobreza de aprendizagem” no Brasil poderá chegar a 70% no pós-pandemia. O índice era de 50% antes da pandemia da Covid-19 e diz respeito especialmente à capacidade de leitura dos alunos.

E mesmo as crianças que já passaram dessa fase de aprendizagem da leitura podem ter vários problemas de aprendizagem. Mas há algumas dicas para ajudar as crianças com aulas online. Veja a seguir.

6 formas de ajudar as crianças com aulas online

crianças e as aulas online
Imagem: Portal Daniela Lobo

Antes de qualquer coisa, vale a pena destacar uma coisa: o isolamento social provocado pela pandemia teve diversos efeitos no dia-a-dia de todos. Especialmente das crianças.

Por exemplo: 32% dos pequenos desenvolveram dificuldade em prestar atenção em qualquer coisa. Significa que pode ser difícil fazer as crianças focarem e compreenderem bem a importância dos estudos online.

Então, antes de tudo: paciência. Mostrar irritação ou mesmo desânimo pode tornar todo o processo mais difícil. Dito isso, vamos às dicas que separamos para ajudar.

1. Monte um local de estudo

É importante que a criança tenha um espaço exclusivo para se dedicar aos estudos. Com uma mesa organizada, silêncio e que ela assimile que é um lugar para as aulas.

Ou seja, colocar o pequeno no mesmo ambiente em que ele brinca ou almoça, por exemplo, pode dificultar o entendimento de que a hora da aula é hora da aula.

Então, garanta que o ambiente seja o adequado para as aulas. Nem que seja com uma mudança na decoração do espaço.

2. Ajude a criança a se organizar

A organização é fundamental para as aulas online. Vocês podem montar juntos uma agenda de papel, ou então usar alguma ferramenta online. O Google Agenda ou Google Tarefas, por exemplo.

É importante deixar marcado quais atividades devem ser entregues e a data de cada uma. Assim, será mais difícil se perder nas aulas e deixar de realizar alguma tarefa.


Aproveite e confira:


3. Conheça e aprenda sobre o aplicativo usado

As escolas têm usado diferentes tipos de aplicativo nas aulas online, e cada um tem seus próprios recursos. Para ajudar as crianças com aulas online, é importante escolher o app usado, seus recursos e orientar para que ele seja aproveitado durante as aulas.

O Teams, por exemplo, é um programa para videoconferência bastante popular. Durante as aulas, o aluno pode usar recursos como o “Levantar a mão”, para fazer uma pergunta ao professor; pode usar o chat durante a aula; mudar o cenário que aparece logo atrás, quando a câmera está ligada; e mais. 

São recursos que podem facilitar tanto a participação na aula quanto a sensação de proximidade, de pertencimento. Então, vale a pena conhecer as opções e orientar para o uso de cada uma.

4. Ensine habilidades de estudo

Habilidades de estudo podem ajudar muito as crianças com as aulas online. Você pode começar ajudando o pequeno a dividir as tarefas em etapas menores e gerenciáveis. Assim, ele vai entender que tudo precisa de um passo a passo. Se ele realizar cada etapa devidamente, conseguirá o resultado esperado.

Também é importante orientar a criança a fazer pausas. O estudo sem parar tende a cansar e a apreensão do conteúdo será pequena.

Então, ajude o pequeno a calcular o tempo de estudo, fazer pausas e se distrair nos momentos certos.

5. Câmera ligada

Pouca gente gosta de manter a câmera ligada, mas para a criança isso é fundamental. Primeiro, porque vai incentivá-la a manter certa postura e atenção à aula.

Ao mesmo tempo, a câmera ligada aproxima os participantes da aula. Se todos os colegas de classe se virem durante a aula, isso vai diminuir o estranhamento de não estar fisicamente em uma sala de aula.

6. Incentive anotações

Na sala de aula física, seu filho faria anotações no caderno, certo? Então, peça para que ele também faça isso em casa.

As anotações ajudam a fixar o conteúdo. Ao mesmo tempo, demandam certa atenção na aula, pois senão algo importante será perdido.

Você também pode mostrar para o pequeno que, depois, será mais simples lembrar do que ele aprendeu.

Com essas dicas, o aprendizado das crianças pode se tornar mais simples. Acompanhe de perto todo o processo e se envolva! Esse será um incentivo a mais para o aprendizado.

Gisele Cirolinihttps://www.soumae.org/
34 anos, gaúcha, esposa, mãe de duas meninas, neurótica da rotina (mais relaxada depois da chegada da segunda baby) e fundadora do sou mãe!

Posts relacionados