Loja Sou Mae Ebook Birras

Como organizar a rotina com um bebê? Será possível ou necessário?

É possível ou necessário organizar uma rotina com um bebê? Confira aqui e facilite seu dia a dia!

Com a chegada de um bebê na família não é só nosso corpo que muda, mas tudo muda inclusive nossa rotina, e precisamos nos reencontrar de novo e nos adaptar com o novo que se apresenta para nós, por vezes ele assusta e nos traz medos e inseguranças e uma pergunta fica ecoando em nossa mente, será que dou conta???

Então, NÃO damos, é impossível dar conta de tudo, nem se fossemos a mulher maravilha daríamos conta de tudo, o que precisamos é estabelecer uma rotina e tentar levar a vida da forma mais leve que pudermos pois haverão dias turbulentos e outros de extrema calmaria, haverão dias que parece que tudo certo e outros que parece que tudo deu errado, haverão dias que nos sentiremos seguras, confiantes e outros que gostaríamos de sequer ter levantado da cama, e todo esse turbilhão de sentimentos e emoções fazem parte do processo real da maternidade.

Então entendido isso de que não daremos conta de tudo, a gente começa então a pensar de forma REAL e não mais ideal, e dentro da nossa realidade (porque cada família tem a sua) vamos estabelecer prioridades e fixar uma rotina tanto para o bebê quanto para a família, pois rotina é VIDA e faz bem para todos. Claro que isso não significa que temos que ser presos a ela o tempo todo, devemos ficar bem livres para ” sair” da rotina sempre que precisar com a consciência leve de que tudo bem!

“A rotina para a criança é extremamente importante, porque é assim que ela adquire bons hábitos e cria conexões neuronais, que possibilitam que ela possa repetir o que já fez sem precisar ser ensinada de novo. O nosso cérebro, principalmente o de crianças, tem capacidade de neuroplasticidade. Quanto mais nova a pessoa é, mais fácil pela consegue aprender e isso deve ser aproveitado — diz Michelle Ruback, neurocirurgiã da Aliança Instituto de Oncologia.”

(ExtraGlobo)

Então vamos para algumas dicas práticas de como organizar a rotina com um bebê:

1- Defina suas prioridades:

Em uma casa quem tem prioridade são as pessoas e não as coisas, ou seja, a louça e a roupa você sempre as terá, elas não acabam… enquanto houver pessoas elas continuarão a existir, portanto desencane, a prioridade são as pessoas que moram com você, e isso inclui você mesma é claro (que por vezes nos deixamos de lado). Como é importante tirarmos tempo para nutrir os nossos relacionamentos e também para descansarmos. Então, entre atender o bebê, descansar um pouco depois de uma noite exaustiva ou lavar uma louça opte pelo bebê, opte por você, opte pela sua família.

2- Faça um pouco cada dia, mas faça:

Você não precisa faxinar a casa toda em um único dia, mas você precisa fazer um pouco cada dia, melhor fazer pouco do que não fazer nada. Quando colocamos alvos muitos grandes em curto espaço de tempo, tendemos ao fracasso pela frustração, e com um bebê recém nascido em casa a vida se torna imprevisível, então comece aos poucos, e vá cada dia fazendo algo, organizando um armário, limpando uma peça, etc. cada dia faça um pouco, se preciso for use um timer para cronometrar o tempo que será gasto para realizar tal atividade, de forma a não perder tempo excessivo realizando uma tarefa que lhe consuma toda sua energia e tempo disponível.

3- Planeje-se:

Se possível tenha um planner, colocar no papel o que se passa na nossa cabeça ajuda a aliviar a nossa mente dos muitos pensamentos, do tipo: tenho que fazer aquilo, tenho que comprar tal coisa, não posso me esquecer disso, etc e assim nossa mente vai ficando sobrecarregada com tantas coisas que precisam ser feitas. Portanto vamos aliviar a mente e colocar no papel tudo que precisa ser feito.

Por exemplo é importante que antes da chegada do bebê, você faça uma ida no supermercado para abastecer sua casa com itens que serão essenciais de consumo da família nas primeiras semanas, já que ir ao supermercado nas primeiras semanas da chegada do novo integrante da família será quase um evento. Faça uma reserva de tudo que vocês irão precisar como: papel higiênico, fraldas, lenços, comida, etc.


Aproveite e confira:


4- Faça uma lista diárias de tarefas:

Uma vez que você compreendeu que se planejar ajuda a organizar a mente e a rotina, faça uma lista das suas tarefa diárias, aquelas que são essenciais para manter sua casa habitável. Como por exemplo: lavar roupas, lavar louças, arrumar a cama, passar aspirador ou pano de chão na casa, fazer uma limpeza de emergência no banheiro, etc. Foque nestes itens que você determinou como essenciais na limpeza da sua casa (mas esteja em paz caso não consiga realizar todos, cada dia é um dia, tem dias que irão render mais que outros e tudo bem, vamos continuar!) e ao longo dos dias conforme for surgindo um tempinho extra aqui, ou um tempinho extra ali, realize outros itens da sua lista que são importantes mas não essenciais. A idéia é manter sua casa habitável, mas sem encanação, muitas vezes não é uma questão de não ter tempo, mas de organizar melhor o tempo que temos.

5- Destralhe:

Quanto menos coisas para limpar, arrumar e por no lugar é mais tempo ganho. E vida de mãe é uma vida que precisa ser funcional e prática, portanto uma dica de ouro é: comece sempre pelo destralhe. Se possível comece antes do bebê nascer, mas nem sempre isso é possível, então foque em pelo menos uns quinze minutinhos por dia para você conseguir destralhar alguma zona de sua casa, um cômodo, um armário, uma gaveta, não importa o quanto, mas que você consiga ter esse hábito de diariamente ir destralhando sua casa, pois quanto menos coisas para arrumar e limpar, mais tempo irá lhe sobrar e a sua casa vai ficando mais leve do entulho todo e sua vida também!

6- Estabeleça uma rotina na sua casa:

Estabelecer uma rotina em casa, ajuda a vida a ser um pouco mais previsível e consequentemente te ajuda a planejar melhor seu dia sem perder o foco do que é importante. Ter rotina é muito saudável para as crianças, quando elas sabem como a casa funciona, que horas tem que acordar, que horas é o almoço, que horas vem o banho, que horas elas tem que dormir a noite, todo essa ordem ajuda elas a sem manterem seguras e mais calmas, uma casa sem rotinas, geralmente é uma casa caótica e consequentemente as crianças são mais agitadas e inquietas.

Faça um cronograma diário e semanal, com os horários de compromissos fixos como médicos, escola, aulas extras, etc e os horários pré-definidos de como será a rotina da sua casa e fixe em algum local a acesso de todos da casa. Lembrando que ter uma rotina não significa que você não possa fugir da rotina de vez em quando, ou que tem que ser extremamente rígida com os horários, a rotina da casa é apenas um planejamento de como as coisas tem que acontecer, mas imprevistos também acontecem, e se precisar fugir da rotina de vez em quando, tudo bem!

7- Fazer alguma coisa é melhor que não fazer nada:

Vivemos em um mundo real, e no mundo real nem sempre vamos conseguir vamos tudo que queremos ou que determinarmos que iríamos fazer. Fazer planos, ok! Mas nem sempre os planos saem como esperamos, e é assim que a vida é, portanto não se cobre tanto de que tudo tem que ser perfeito o tempo todo, que se não consigo limpar a casa toda então não vou limpar nada. Esse pensamento é extremamente complicado e acaba por nos deixar estagnadas, pois o mundo ideal não existe, e temos que nos adaptar com o mundo real que temos para viver.

Se você só tem 15 minutos para fazer alguma coisa, então faça! Simplesmente faça o que estiver ao seu alcance de fazer, e cada dia de pouquinho em pouquinho as coisas irão indo para o lugar certo. Por isso fazer alguma coisa, é muito melhor que simplesmente não fazer nada.

8- Sempre que possível tenha um tempo para você:

Na nossas listas de prioridades o mundo inteiro vem antes de nós mesmas, o problema é que se a gente não cuidar de nós mesmas não vamos conseguir cuidar dos outros ao nosso redor.Então pelo menos uma vez por semana, tire um tempo para cuidar de você! Pode ser uma hora, uma tarde ou um dia inteiro, o importante é que você tenha esse momento para se curtir, para curtir algo que você gosta, para seu cuidar, para estar com as amigas, etc. Digamos que isso se chama recarregar as baterias… você vai perceber o quanto isso a deixará mais feliz e consequentemente todos ao seu redor também.

9- Defina um menu semanal:

Um cardápio semanal ajuda na hora das compras e também da organização da casa, você não precisa abrir a geladeira e pensar encima da hora o que fazer, sem nem saber o que tem de ingredientes em casa. Isso pode ser estressante e frustrante, do tipo pouco tempo para cozinhar, crianças com fome e você sem idéia nenhuma do que fazer. E essa situação nos esgota, nos chateia e rouba tempo, portanto parar por uma hora e organizar o cardápio da semana, ajuda a otimizar tempo e recursos, assim você pode comprar no supermercado apenas o que irá usar nas preparações das comidas daquela semana, evitando desperdícios.

Sempre que possível faça comida a mais para congelar, mães felizes tem muitos potes de comidas congeladas no freezer, pois isso nos poupa tempo principalmente em dias mais corridos e com imprevistos. Se você ainda não tem esse hábito, comece a fazer e verá o resultado de dias na cozinha mais leves e funcionais.

Você teve ou tem alguma dificuldade em ter rotina com um bebê? Gostou dessas dicas de hoje sobre rotina com um bebê? Esperamos que ajude!!

Deixe um comentário

close