3 Dicas para a soneca do bebê – e uma tabela para te guiar!

Será que é importante a soneca do bebê durante o dia ou melhor investir só no sono da noite? Saiba mais aqui!

Existe quem defenda que o mais importante é o sono da noite, e que no sono do dia a gente se vira… mas as coisas não são bem assim, pois já existem muitos estudos comprovados que falam que o sono do dia é tão importante quanto o da noite, e que por sinal a qualidade do sono da noite, depende das sonecas do dia.

Pois bem, o sono noturno não substitui as sonecas que a criança precisa ter durante o dia, para descanso de seu corpo e mente, principalmente até os três anos de idade.

Por isso, ainda que seu bebê esteja dormindo a noite toda, é necessário avaliar se as muitas horas de sono durante a noite, não podem estar atrapalhando o descanso durante o dia, parece loucura mas é isso mesmo, um bebê precisa dormir em torno de 14 horas por dia, isso significa que se ele dormir 12 ou 13 horas durante a noite, a 1h que resta de sono para ser tirada durante o dia, provavelmente não irá trazer o descanso necessário para ele.

Pois os bebês precisam dessa “pausa” ao longo do dia, para relaxar, se acalmar e se desenvolver, se ele não consegue fazer as sonecas durante o dia adequadamente mesmo que durma bem a noite, ele provavelmente vá se sentir ao longo do dia estressado, cansado, irritadiço… (fique atenta aos sinais do seu filho, se esse for o seu caso).

O tempo ideal de sonecas é de 45 minutos a uma hora, sonecas muito curtas como 15, 20 minutos não restabelecem o físico do bebê e pior tendem a deixá-los mais irritadiços e estressados.


Aproveite e confira:


Abaixo segue uma tabelinha que mostra de acordo com a idade do bebê, quanto tempo de soneca do bebê é necessário:

Soneca do bebê. Imagem: Mommy in Bloom

Agora vamos ver algumas dicas valiosas para melhorar as sonecas dos bebês:

soneca do bebê
Soneca do bebê. Imagem: Pais e Filhos – UOL

1- Tenha uma rotina

Com filhos pequenos a vida segue muito melhor se há uma rotina, ela não precisa ser inflexível mas crianças pequenas precisam de rotina e previsibilidade, isso deixa elas mais seguras e tranquilas, pois sabem exatamente o que esperar ao longo do dia. E essa rotina começa a ser estabelecida já nos primeiros meses de vida do bebê, você não precisa esperar ele ficar grande para começar, pois todo bom hábito se começa cedo na vida. Então ter um horário para acordar, para brincar, para comer, para tomar banho e para dormir são muito importantes para o desenvolvimento e bem-estar do seu bebê, e para a família também diga-se de passagem.

E a rotina das sonecas segue a mesma idéia, são momentos já definidos que o bebê precisa ir entendendo que a hora é de descansar, então quando estiver perto da hora da soneca, você precisa começar a diminuir o ritmo, para que o bebê vá ficando mais calmo e mais relaxado, para a hora da soneca.

2- A soneca precisa ser em um ambiente tranquilo

Você não precisa isolar o ambiente em que o bebê irá dormir, nem sussurrar pela casa enquanto o bebê dorme, mas um ambiente tranquilo para dormir favorece um bom sono, essa regra vale inclusive para nós adultos. Algumas crianças não tem problemas com barulho mas em contrapartida outras crianças tem, e portanto o que precisa ser feito é acostumar o seu bebê com o ritmo da sua casa, mas sem desrespeitar o seu momento de soneca, por exemplo: você não precisa passar aspirador de pó na casa justamente na hora da soneca do bebê, ou ter conversas altas e gritos pela casa, ou televisão em volume alto, etc. nessa hora o bom senso sempre ajuda.

Uma dica é utilizar na hora da soneca, os chamados ruídos brancos, que são aqueles sons de ruídos constantes, como barulho da chuva, um ventilador de teto, um secador de cabelo, etc. Hoje em dia inclusive existe aplicativos para baixar que oferecem esse tipo de ruído. E o bom desses sons é que além de induzirem ao relaxamento eles também “abafam” sons externos indesejados.

Sobre a claridade no quarto do bebê para as sonecas diurnas, nos primeiros dois meses que a criança está aprendendo a diferenciar o dia e a noite ainda, dormir em um quartinho mais escuro favorece um sono mais tranquilo, mas depois que ele aprende a diferenciar o dia e a noite, já não tem problema dormir em um quarto mais claro. O ideal é que você diminua a luminosidade para favorecer o relaxamento do bebê, mas não precisa escurecer completamente o ambiente em que ele irá dormir.

3- Ajude o bebê a continuar dormindo

Tem bebês que costumam acordar depois de uns 15 ou 20 minutos de soneca, e como já mencionado sonecas curtas não são boas, pois causam estresse e irritação na criança por não promoverem o descanso necessário. Portanto nesses casos você provavelmente precisará ajudar o seu bebê a prolongar a soneca, mas como? Se ele tem costume de acordar sempre após esse período de tempo, fique por perto para que na hora que ele acordar você já possa interferir. Veja o que acalma seu bebê, e use essa ferramenta a seu favor, como por exemplo: uma naninha, uma chupeta, um ruído branco, uma batidinha nas costas, etc.

Sonecas são muito importantes para os bebês, pois sonecas de qualidade, ajudam o bebê a ficar mais calmo, mais bem humorado, mais participativo, e menos irritadiço.

Gostou das dicas de hoje?

Deixe um comentário