A rotina do bebê nos dois primeiros anos de vida!

É muito comum recebermos mensagens de famílias preocupadas com a quantidade de sono das crianças, o tempo acordado e com dificuldade em montar uma rotina, já que o primeiro ano de vida é marcado por mudanças constantes.

Então quando parece que tudo está melhorando, o bebê começa a resistir às sonecas, ou demorar muito para adormecer de noite, chorar pelo simples fato de entrar no quarto e perceber que está na hora de dormir.

Hoje quero falar aqui com as leitoras do Sou Mãe sobre exemplos de rotina, para que você tenha expectativas reais sobre as mudanças que acontecem nesse primeiro ano e como agir quando elas acontecerem.

De 0 a 03 meses

Não existe um padrão de sono definido. Geralmente a criança mama em livre demanda, em intervalos curtos e pode fazer de 4 a 5 sonecas por dia. Nessa fase, a criança pode dormir um pouco mais tarde (perto de 22h00) porque faz diversos cochilos e mama muitas vezes durante o dia. Não espere que seu bebê durma mais do que 3 horas seguidas nessa idade, inclusive é importante verificar com o pediatra se ele não deve ser acordado se ultrapassar as horas de sono.

No total, recém-nascidos dormem de 16 a 18 horas por dia, sendo de 8 a 9 horas no sono noturno e o resto dividido em cochilos durante o dia.

De 04 a 06 meses

A criança começa a ter um padrão de sono. O dia pode ser dividido em 3 sonecas e o tempo de sono noturno deve aumentar de 9 a 11 horas. A criança geralmente já mama em intervalos mais regulares e consegue ficar mais tempo sem comer de madrugada.

Um bom exemplo de rotina para essa fase seria:

7h00 – Acordar e mamar

8h00 – Atividade ao ar livre

9h00 – Primeira soneca

10h00 – Mamar

12h00 – Soneca

13h00 – Mamar

16h00 – Mamar e fazer a terceira e última soneca

19h00 – Mamar

19h30 – Início do ritual de sono

20h00 – Bebê dormindo

* É comum que o bebê acorde de 1 a 2 vezes de madrugada para mamar nessa fase. Normalmente isso acontece perto de 23h e 03h00.

De 06 a 14 meses

A partir dos 06 meses (até os 8 meses) a criança passa pela transição de 3 para 2 sonecas por dia. Nessa fase, seu filho pode apresentar uma resistência para entrar no sono da manhã e você vai perceber que a capacidade dele de ficar acordado vai aumentar. Com a introdução alimentar, muitas crianças deixam de acordar de madrugada para mamar, ou passam a acordar apenas uma vez.

Essas é nossa sugestão de rotina:

– 7h00 – Acordar e mamar

– 9h00 – Fruta

– 9h30 – Soneca

– 11h30 – Almoço

– 13h00 – Fruta

– 13h30 – Banho de higiene

– 14h00 – Segunda soneca

– 16h00 – Mamar

– 18h00 – Jantar

– 19h30 – Mamar

– 20h00 – Ritual de sono

– 20h30 – Bebê dormindo

A partir dos 14 meses (até os 18) a criança provavelmente fará apenas um cochilo por dia, geralmente logo depois do almoço e sua capacidade de ficar acordada vai aumentar bastante. Se seu filho sentir mais sono na parte da manhã, não tem problema. Ele pode dormir antes do almoço e ficar acordado o resto do dia todo.

Essa é a rotina que sugerimos:

– 7h00 – Acordar e mamar

– 9h30 – Fruta

– 11h00 – Almoço

– 12h30 – Banho de higiene

– 13h00 – Soneca

– 15h00 – Fruta

– 18h00 – Jantar

– 19h30 – Mamar

– 20h00 – Ritual de sono

– 20h30 – Bebê dormindo

Esse único sono no dia pode desaparecer aos 3, 4 ou 5 anos. Isso varia muito de criança para criança. Durante os picos de desenvolvimento ou quando a criança estiver com algum incômodo o sono pode ficar mais difícil, mas indicamos que os pais insistam nestas sonecas, para que a criança não fique tão exausta de noite e não consiga dormir direito.

Estes são exemplos de rotina, é uma média do que acontece com crianças nestas idades, mas cada um tem seu ritmo que deve ser respeitado. Aqui na Maternity Coach, quando organizamos a rotina, levamos sempre em consideração o perfil da família e a personalidade do bebê, para que as necessidades sejam sempre atendidas da melhor forma.

Texto por: Michele Melão, consultora de sono infantil certificada pelo IMPI (International Maternity and Parenting Institute, Califórnia). É mãe da Laura, escritora, jornalista e uma das sócias da Maternity Coach, Consultoria de Sono Infantil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here