Confira aqui os sinais de que você pode estar grávida de gêmeos!!

Depois que descobrimos que estamos grávidas a próxima pergunta é, será que estou grávida de gêmeos ou de um?!

E você sabia que dependendo de alguns fatores e sintomas é possível estimar se a gravidez é gemelar ou não? Isso mesmo, existem vários indícios que seu corpo produz para sinalizar que você está com uma gestação gemelar.

E para conter a ansiedade que toma conta, e aliviar um pouco a tensão da espera, confere abaixo alguns sinais que seu corpo dá, indicando que você está grávida de gêmeos:

Niveis elevados de hCG no sangue:

Na verdade assim que você engravida seu corpo começa a produzir hCG, que é um hormônio chamado de gonadotrofina coriônica humana, ta aí o significado de hCG que tanto ouvimos falar. Tanto o exame de sangue quanto o exame de urina dos testes de farmácia, ambos detectam a presença de hCG no organismo. Os níveis de hCG começam a aumentar semana após semana, mas quando os níveis são muito altos pode ser o indicativo de uma gestação gemelar.

Por exemplo se você fizer o teste por volta da 6º ou 7º semana de gestação o valor do hCG deve ser em torno de 100 a 200UI se este valor ultrapassar 400UI pode ser um forte indicativo de gestação gemelar. Mas para se ter certeza mesmo, é necessário fazer a ecografia que deve ocorrer à partir da 8º semana de gestação.

“As gestações gemelares geralmente aumentam os níveis de hCG, mas às vezes o mesmo ocorre com gestações únicas”, diz Amos Grunebaum, MD, diretor de obstetrícia e chefe de parto do New York-Presbyterian, professor da Weill Cornell Medical College, e médico consultor de saúde da Fairhaven Health. “Existe uma grande variedade de níveis normais de hCG, tanto para gêmeos quanto para gestações únicas, e é impossível ter certeza de que são gêmeos, mesmo quando os níveis iniciais de hCG são elevados”.

(Pais e Filhos)

Enjoo matinal extremo

Algumas grávidas passam por esse desconforto outras não, os enjôos frequentes na gestação são ocasionados por conta das mudanças hormonais nesse período, e como nas gestações gemelares a produção de hormônios é muito maior, consequentemente o enjoo pode ser mais extremo também. A tal ponto que uma versão mais severa dos enjoos matinais está associada a uma doença chamada hiperemese gravídica, nesse quadro a gestante pode inclusive ter que precisar de líquidos intravenosos e outras assistências por conta dessa condição.


Aproveite e confira:


Sensibilidade mamária

Esse é mais um dos sintomas precoces de gestação gemelar, por conta mais uma vez dos níveis de hormônios elevados, eles podem acabar causando esse desconforto excessivo nas mamas. E para ajudar a aliviar esse desconforto, opte por sutiãs mais confortáveis, como os de algodão sem sustentação de arame. Evite correr, pular ou sacudir os seios demais pois isso só os deixará mais doloridos ainda.

Aumento expressivo da barriga

Muitas mulheres relatam um aumento expressivo da barriga nas gestações gemelares, mas nem sempre esse é um indicativo pois o tamanho da barriga depende na verdade do biotipo dos pais, peso, altura, etc. que acabam por determinar o tamanho dos bebês e da barriga. O que acontece nas gestações de gêmeos é que o útero se expande mais justamente para comportar dois bebês ou mais, e isso pode acabar ocasionando uma barriga mais avantajada, mas nada que seja regra pois cada gestação é diferente da outra.

O problema da barriga grande em gestações gemelares é que quando os bebês são muito grandes, o espaço se torna reduzido e isso pode causar várias dores e desconfortos para a mamãe com a pele e útero muito esticados. Manter uma dieta equilibrada e uma boa hidratação na barriga cooperam para melhorar essa condição.

 Aumento da frequência cardíaca em repouso

A taxa metabólica basal na gravidez aumenta para poder fornecer alimento para o bebê, e da mesma forma a frequência cardíaca em repouso também pode aumentar. A frequência cardíaca em repouso é de cerca de 70 batimentos por minuto( bpm) durante a gravidez pode aumentar para 80 a 100bpm, e em uma gestação gemelar esse valor pode ser mais elevado ainda, sendo que após 100bpm a taquicardia já pode ser diagnosticada, ela geralmente é normal na gestação mas deve ser monitorada por seu médico.


Livros para você durante a gravidez:


Cansaço extremo

Esse sintoma geralmente é comum na maioria das mulheres grávidas, sendo de gêmeos ou não, o que ocorre é que como tudo na gestação gemelar é mais excessivo, o cansaço também alcança níveis extremos, e a gestante com gravidez gemelar pode se sentir completamente exausta.

E essa condição é devida ao fato de que o aumento de progesterona é muito elevado em gestações gemelares, associado a uma taxa metabólica basal mais alta ( que corresponde a taxa de energia usada pelo nosso corpo), pode acabar causando uma fadiga debilitante na gestante.

Sem falar é claro que o primeiro trimestre já é um trimestre mais cansativo por conta das taxas hormonais e do desenvolvimento dos sistemas corporais essenciais do bebê, isso consome muito da gestante e pense então que você está fazendo isso multiplicado por 2, ou 3, ou mais… então nada mais natural que uma fadiga muito mais acentuada do que o normal.

grávida de gêmeos
Grávida de Gêmeos. Imagem: Farmácia Super Popular

E aí? Você está grávida de gêmeos?

Deixe um comentário

close