Desenvolvimento do bebê: 9 meses

IMAGEM: Pixabay/PublicDomainPictures

Seu filho já está em plena atividade. Tudo é festa e brincadeira. Saiba mais sobre o desenvolvimento do bebê nesta fase e como você pode ajudá-lo.

O bebê de 9 meses é mais agitado. Ele fica levado porque quer fazer tudo ao mesmo tempo, conhecer e mexer em tudo, o que é super normal. Ele está animado em poder ver e tocar tudo. Aliás, a visão dele nunca esteve tão boa. Ele já consegue perceber tons, nuances mais complexas de cor e formatos, e está enxergando tão bem quanto um adulto. Não é incrível?

Brinquedos com cores fortes e vibrantes com certeza vão chamar mais a atenção do seu bebê, que, nesta fase de desenvolvimento, quer barulho, música e já conhece muito bem a relação causa/efeito. Ele sabe que batendo nas teclas com o dedinho vai tirar sons dos brinquedos. Tenha paciência com a repetição dos barulhos, mamãe. Ele vai querer brincar sempre disso até descobrir uma brincadeira diferente e que o estimule mais.

Seu pequeno aventureiro continua se preparando para dar os primeiros passos, tentando ficar firme nos pezinhos toda vez que é levantado e que se apoia nos móveis. Cuidado com a boquinha dele, para que não corra o risco de perder o equilíbrio na tentativa e bater com os dentinhos ou gengiva nas mesas e objetos rígidos, que podem machucá-lo de verdade. Esteja por perto ou deixe alguém incumbido dessa tarefa para evitar acidentes.

Alguns bebês nesta fase já começam a andar. Tudo faz parte do tempo de cada criança. Respeite os limites do seu filho. Pouco a pouco ele irá se superando e aprendendo novas habilidades. Mas sempre tenha o acompanhamento do pediatra, que é quem vai dizer se há algo errado no comportamento ou desenvolvimento do seu bebê.

Aos 9 meses, o desenvolvimento do bebê segue a passos largos, e ele deve ser incentivado através de brincadeiras educativas e que dêem a coragem que ele precisa para se arriscar nas suas performances, tanto motoras quanto de comunicação, por exemplo.

Coloque aqueles tapetes emborrachados no chão, para que seu filho possa engatinhar e muito ali. De forma secundário, o espaço também será o cantinho da brincadeira, onde você se sentará com ele no chão, de igual para igual e irá se dedicar sempre, um pouquinho do seu dia, a estimulá-lo.

Como a memória, por exemplo. Quando o bebê aprende a dar tchau ou esconder o rostinho com a fralda para você procurar, isso acontece porque ele te viu fazer isso com ele. É a memória dele que está se desenvolvimento e, consequentemente, sua capacidade de aprendizagem.

Com amor, calma e respeitando seus limites, sem estresse, o seu filho terá um campo muito saudável para aprender cada vez mais com você e seus laços serão cada vez mais estreitos, especialmente o de confiança.

É claro que nem sempre você estará por perto. No mundo contemporâneo, cada vez mais as mães estão inseridas no mercado de trabalho e são indispensáveis em suas funções e na responsabilidade com o orçamento da casa. Nem precisa se preocupar ou se culpar por isso, pois é uma necessidade que implica também na sua vontade de dar a melhor qualidade possível de vida para o seu filho no futuro.

O importante agora é que, enquanto estiver ausente, outra pessoa esteja instruída e compactue do seu mesmo pensamento de educar com amor, tranquilidade e ajudar no desenvolvimento do bebê.

 

As informações foram úteis para você? Então compartilhe com outras mães! Aqui no Sou Mãe, o Desenvolvimento do Bebê faz parte de uma série, onde mês a mês você pode acompanhar a evolução do seu filho conosco. Fique atenta à página!

Quer mais dicas? Saiba mais sobre prevenção de acidentes domésticos com crianças.

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários