É normal grávida ter diarreia no final da gravidez? O que fazer?

diarreia-gravidez

Gestantes estão sempre preocupadas sobre qualquer desarranjo que ocorra em seus corpos. Perda ou excesso de peso durante a gravidez, enjoos em grande quantidade, sensação de calor além da conta. E sempre vem a pergunta “será isso normal?”. Grávidas de primeira viagem são as que mais sofrem com esses questionamentos e um dos mais frequentes é: é normal uma gestante ter diarreia no final da gestação?

A resposta para essa questão não é tão simples quanto dizer apenas “sim”. O que geralmente acontece durante toda a gestação é que o corpo da grávida sofra com a prisão de ventre, o contrário da diarreia. Porém, existem casos frequentes de no final da gestação o intestino fique um pouco solto e faça com que a gestante tenha de ir mais ao banheiro. Apesar de ser algo considerado normal, é sempre bom averiguar com o seu médico qualquer desarranjo que o corpo aparente.

Causas da diarreia na gravidez

As causas podem ser as mais variadas. A principal é o fator biológico. Com a proximidade do parto o corpo da gestante começa a produzir ocitocina que é um hormônio produzido pelo cérebro que causa contrações involuntárias. Essas contrações são essenciais para o momento do nascimento do bebê. Mas de vez enquanto a ocitocina pode afetar outras regiões causando esse desconforto da diarreia.

Outro fator é o psicológico. Por estar próxima do parto, a mulher pode se sentir um pouco nervosa com a mudança que está acontecendo e por isso perder um pouco do controle de algumas funções automáticas do corpo.

Há quem diga que a diarreia no final da gestação, principalmente acima das 37 semanas, signifique que a gestante possa estar entrando em trabalho de parto. Não é a forma mais segura de se atestar se realmente o bebê está nascendo. Cólicas e contrações, tirando o estouro da bolsa, podem dar mais certeza de tal.

Infecção intestinal ou mudança na alimentação também podem causar a diarreia. O primeiro pelo óbvio fato de se tratar de uma doença e neste caso a diarreia pode vir junto de febre ou dores no corpo. É necessário ir ao médico o quanto antes e beber bastante líquido, para repor os sais minerais perdidos. Quanto a mudança de alimentação, é comum que haja uma necessidade maior de ir ao banheiro e na consistência das fezes. Porém, a diarreia deve ir embora assim que o organismo se acostuma com os novos temperos e alimentos.

Em caso de sangramento junto das fezes e outros sintomas mais fortes, não deixe para ir ao médico imediatamente.

Como evitar a diarreia

Higiene é a palavra chave para evitar a diarreia. Sempre lavar os alimentos, principalmente verduras e legumes. As mãos devem ser limpas de forma adequada. Evitar pessoas com o sintoma pode ser eficiente. Manter uma boa alimentação também ajuda bastante.

No caso de já estar com diarreia, nunca se esqueça de beber muita água e jamais tome remédios para segurar o intestino sem a prescrição do seu médico.