Gravidez: Porque você deveria AMAR seu enjoo matinal

Eu já falei sobre enjoo matinal no post “O que não te contaram sobre a gravidez”, e como no meu caso e de muitas outras mães, ele não foi só matinal, foi 24 horas por dia. Mas aí, perambulando por estudos e pesquisas sobre gravidez, me deparei com algo que redimiu meu enjoo matinal e sublimou toda minha raiva sobre ele, e se você está grávida e tendo enjoos matinais, ficará feliz por tê-los.

Um estudo feito pelo Hospital for Sick Childrens em Toronto por 20 anos e com mais de 850.000 mulheres grávidas constatou que aquelas que tiveram enjoos matinais durante a gravidez tiveram um índice menor de abortos, mal formação do feto e ainda tiveram filhos mais inteligentes! Perfeito, vamos sorrir à cada ida desesperada ao banheiro.

O enjoo matinal é causado pela liberação do hormônio Gonadotropina  à partir da formação da placenta. Ele é um dos primeiros sintomas da gravidez (leia sobre os outros AQUI) e 85% das mulheres relatam o desconforto. Ele pode ser um enjoo “simples”, ou evoluir para uma Hiperêmese Gravídica, aonde a sequência de vômito e mal-estar é tão grande que oferece risco para mãe e filho, e a internação hospitalar pode ser necessária.

Neste estudo também foi constatado que mulheres que sofreram enjoo matinal na gravidez também tiveram um índice menor de partos prematuros, e isso ficou ainda mais evidente em mulheres com 35 anos ou mais!

Ainda assim, você pode tentar aliviar os efeitos do enjoo matinal, pois eles não diminuirão esses “benefícios”, apenas amenizarão os desconfortos. Quer algumas dicas naturais?

Dicas para amenizar o enjoo durante a gravidez:

1 – Lembre que ele é um bom sinal de saúde para seu bebê (essa é boa, hein?!)

2 – Como eles começam de manhã, deixe do lado da cama biscoitos de água e sal ou outro alimento que tenha um bom índice de carboidrato para comer antes de levantar. Fazendo um trocadilho, “saco vazio enjoa em pé”

3 – Água com limão e gengibre. Tome bastante líquido para hidratar, que é sempre bom, e também pode deixar seu organismo mais equilibrado. O limão e/ou gengibre ajudam a evitar que a água por si só cause enjoo, e também deixa tudo mais gostoso!

4 – Coma gengibre. Se você curte, coma gengibre, ele é um santo remédio para enjoos.

5 –  Nada de comidas muito gordurosas, com muito açucar e em grande volume. Alimente-se de duas em duas horas. Além de manter o corpo nutrido, numa eventual náusea, você não perderá todos os nutrientes, e como as vezes ficamos inapetentes depois de fazer vômitos, você não ficará por muito tempo sem uma alimentação.

Alguns anos depois, essas crianças tiveram seus QI testados, e tiveram um desempenho maior que a média das crianças da mesma idade, inclusive em questões comportamentais, linguagens e raciocínio lógico. Esse estudo foi publicado no jornal Reproductive Toxicology e só me faz pensar que devo ter filhos muito inteligentes, assim como os futuros reis da Inglaterra, filhos de príncipe William e Kate Middleton. E você, está feliz com seu Baby Einstein na barriga? É sempre muito bom saber que nosso corpo está trabalhando perfeitamente bem para o desenvolvimento do nosso filho, né?! Um brinde (de água com limão) aos enjoos matinais!

 

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários