Maternidade, competição???

Bom dia meninas! Enquanto a Beatriz dorme eu aproveito para escrever para vocês um pouco do que tenho vivido nestes últimos meses (2 e meio já)… passa muito rápido!!!!

Uma amiga me fez uma pergunta ontem que me fez parar para refletir, ela me perguntou se eu sentia falta da vida de antes… que pergunta difícil de ser respondida não? Talvez porque muitas de nós gostaríamos de responder SIM, mas por questões de protocolo e aquela coisa do que vão pensar de nós, respondemos que NÃO… hahahah… sinto saudade da liberdade que eu tinha, de ir e vir, de não ter que viver escrava do relógio, mas a vida pouco a pouco toma outro ritmo… podemos fazer as mesmas coisas que antes mas agora com muito mais planejamento… heheheh… acabou a vida louca de não se preocupar com nada, acordar a hora que quer, dormir a hora que quer e por aí vai… hoje se queremos dar uma saída a dois (que fazemos frequentemente), temos que planejar com a vovó, se queremos dar uma dormidinha para repor as energias tem que ser enquanto a Beatriz estiver tirando as sonecas dela… e por aí vai… ou seja, é apenas uma questão de ajuste! Então TUDO VAI DAR CERTO!

O início foi mais trabalhoso, mais cansativo, porque não conhecemos o bebezinho ainda, e também porque nós mulheres ainda não nos conhecemos como mães, mas aos poucos vamos nos descobrindo e também conhecendo nossos bebês e a insegurança vai passando e aos poucos vai dando lugar a mais momentos de alegria e prazer que de trabalho em si! Repito TUDO VAI DAR CERTO!

Agora a Beatriz está com dois meses e meio, ela já sorri, já interage com nossas brincadeiras, já conhecemos seu ritmo, seu choro, suas caretas, heheheh… e isso nos traz mais segurança, ela entrou em nossa rotina, digo NOSSA, porque muitos pais entram na rotina do bebê de cabeça, nós temos aos poucos adaptado a Beatriz a rotina que nós queremos que ela tenha, seja o horário de levantar ao de dormir, quem estabelece somos nós, claro que as vezes requer alguns ajustes e muita paciência… mas como disse e repito aos poucos as coisas vão dando certo… aqui em casa seguimos a rotina das 3 horas, mama, fica acordada, dorme… quando o bebê é muito novinho ele ainda não consegue separar a hora de ficar acordado com a hora do mama por isso geralmente os bebês novinhos dormem no peito mas aos poucos conforme eles vão crescendo isso vai se separando e logo fica bem distinto a hora de mamar, a hora de ficar acordado e a hora de dormir com isso você consegue criar uma rotininha bem legal, que ajuda os pais e os bebês a viverem melhor… assim quando a Beatriz chora em 90% dos casos hoje eu consigo saber porque ela está chorando ao invés de ficar fazendo tentativas, por exemplo se ela chorar 30 minutos depois do mamar eu tenho certeza que não é fome, se ela chorar tipo uma 1 hora e meia depois do mamar, geralmente já é sono, etc… e com isso também consigo organizar minha vida, eu sei o horário que ela vai dormir, eu seio o horário que ela vai acordar, eu sei os horários das mamadas e das sonecas, assim se preciso sair eu consigo me organizar bem para isso…. Isso estou compartilhando como é NOSSA rotina….MAS QUERO DEIXAR BEMMM CLARO uma coisa que meu marido SEMPRE repete aqui em casa, e acho que é muito válido repartir isso…..A Beatriz é NOSSA FILHA, então quem sabe o que é melhor para ela somos nós !!!

Da mesma forma quem sabe ou vai saber o que é melhor para o bebê de vocês, são VOCÊS, pois cada criança é diferente e cada casal/família tem seu ritmo, seu estilo, sua forma de agir e viver e o bebê vai entrar no ritmo de vocês e não dos outros! Tenho aprendido na maternidade a julgar menos as pessoas e com isso leia-se OUTROS PAIS, não é porque um casal faz algo de um jeito com seu filho que é diferente do jeito que você faz, que eles estejam errados e você certo, pois o SEU filho é SEU filho e o filho do OUTRO é o filho do OUTRO! E cada um sabe o que é melhor para o SEU FILHO,Ok ?! Espero com isso aliviar um pouco a tensão que há principalmente entre as mães, pois hoje em dia tenho visto muita COMPETICÃO entre as mamães e acabamos exibindo nossos filhos como troféus e a maternidade está bem longe disso… nossos filhos precisam ser apenas NOSSOS FILHOS!

Pensa só… eu pelo menos e creio que parte da minha geração foi criada tomando refri, ki-suco, comendo brigadeiro na colher, comendo cheetos, rolando na grama, tomando banho de chuva, andando descalço na rua, etc… e estamos vivos e com ótimas lembranças desse tempo de infância! Portanto que possamos permitir que nossos filhos tenham também essas MUITAS ÓTIMAS LEMBRANÇAS do tempo que estão ao nosso lado, claro que podemos e devemos cuidar suas alimentações, o que vêm, o que ouvem, etc… mas que não façamos todas essas coisas pelo simples prazer de ostentar nossos filhos como troféus particulares para outras pessoas, eles não merecem isso! Eles merecem ser SIMPLESMENTE NOSSOS FILHOS… criados com amor e carinho!

Prometo que no próximo post vou repartir mais dicas praticas da maternidade, do parto e da amamentação…

Beijão a todos as mamães e futuras mamães!!

Inté semana que vem!

Comente com o Facebook

comentários