Gravidez Semana a Semana – Semana 34

Seu bebê está quase totalmente formado para o mundo exterior!

Se o seu bebê nascesse nesta semana, ele ainda precisaria de alguma ajuda para respirar e alimentar-se. Mas é bom saber que ele está basicamente em forma para sobreviver. No entanto é improvável, que você vá entrar em trabalho de parto tão cedo. Agora é hora de começar a praticar os exercícios de relaxamento e alívio da dor que você tem aprendido nas aulas pré-natais. Quanto mais você conhecer essas técnicas, mas elas vão ajudá-la durante o parto.

Posição do bebê:

A posição e a apresentação de seu bebê serão medidas por seu obstetra a cada exame.

A “posição”de seu bebê é a direção em que ele está, vertical ou horizontal – a posição horizontal é conhecida como transversa. A “apresentação”refere-se à parte do bebê mais próxima da pelve: é a que sai antes.

A apresentação mais comum é a cefálica, de cabeça para baixo e nádegas para cima. Na apresentação de nádegas o bebê está de cabeça para cima.

Exames essenciais:

Alguns dos exames regulares que você tem de fazer no terceiro trimestre testam a possibilidade de pré-eclâmpsia. Uma combinação de pressão sanguínea alta (ou aumentando) e proteínas na urina pode ser indício dela. Outro sinal é a sudorese extrema principalmente do rosto e/ou tornozelos.

Bolsa estourando:

Uma das preocupações mais comuns das mulheres no final da gravidez é de que a bolsa estoure em público.

A verdade é que as chances de jorrar líquido amniótico para fora são pequenas. É muito mais provável que ele pingue um pouco, pois o bebê fica de cabeça para baixo.

Assim ele pressiona o colo e impede que o líquido escape. Se isto acontecer em público não se preocupe, não não faltar pessoas para lhe ajudar nesse momento.

O que levar na mala do hospital? Confira os posts a baixo:

Combustível para a boa forma:

A demanda de nutrientes fica maior quando você se exercita, e maior ainda quando está grávida. Está não é a hora para buscar lanchinhos com poucos nutrientes e alto teor calórico; certifique-se de fazer escolhas cuidadosas quanto aos nutrientes que for colocar em seu organismo.

Você deve comer um lanchinho antes de se exercitar, composto de um carboidrato complexo e uma proteína. Você também deve comer refeições pequenas e frequentes e, se estiver com fome, lanchinhos.

Não há problema em petiscar ao longo do dia.

Algumas ideias de lanchinhos saudáveis:

  • Um bagel com duas colheres de chá de manteiga de amendoim.
  • Uma maça ou banana, e um punhado de amêndoas cruas.
  • Uma pera com duas fatias de queijo cheddar.
  • Cenouras, salsão e pepino em fatias; e/ou grissinis, mergulhados em duas colheres de sopa de homus.
  • Queijo cottage ou cream cheese, em duas bolachas água e sal ou torrada integral.

Exame de estreptococos do grupo B:

Cerca de 20% a 30% das mulheres grávidas possuem a bactéria “estreptococo B”na região vaginal ou anal. Chamada SGB, em geral ela é inofensiva em adultos, mas, se não for tratada, pode causar uma infecção rara, mas séria, em bebês recém-nascidos.

Não há uma política de exames de rotina em hospitais, mas alguns fazem testes para a SGB entre a 34 e 37 semanas da gravidez. Se o resultado for positivo, pode-se fazer um tratamento com antibióticos durante o parto, o que reduz o risco de infectar o bebê. Alguns hospitais não fazem o exame, mas se a bactéria for detectada em um exame de urina ou um esfregaço for colhido por algum outro motivo e o resultado for positivo, os antibióticos podem ser administrados durante o parto.

O exame é muito simples e envolve colher um esfregaço na área em torno de sua vagina e reto.

Se a SGB for detectada, e o tratamento for iniciado assim que o trabalho de parto começar, há poucos riscos para o bebê.

É possível estar infectada com SGB em uma segunda gravidez, mesmo se você não esteve durante a primeira.

Acompanhe as 40 semanas em gravidez semana a semana:

Comente com o Facebook

comentários