vitamina-gravidez

Gravidez: Por Que Preciso de Vitamina D e Consequências da Deficiência

Assim que é anunciada a gravidez, o médico diz para a gestante que é fundamental que ela tenha um bom índice de vitamina D no seu organismo. Mas qual o seu papel durante a gestação?

Assim como diversos outros nutrientes, a vitamina D é muito importante para a saúde do bebê que está em desenvolvimento e da mãe. E esta vitamina em questão tem um papel que não pode ser ocupado por nenhuma outra. Por isso, saiba mais sobre o assunto e garanta uma gravidez com tranquilidade e menos riscos para os dois.

Crédito: PublicDomainPictures/Pixabay
Crédito: PublicDomainPictures/Pixabay

O Que é a Vitamina D?

A vitamina D é um hormônio obtido através de alguns alimentos, como peixes, ostras e óleo de fígado de bacalhau, da exposição ao sol e de suplementos.

Ela favorece os sistemas imunológico, cardiovascular, ósseo e muscular, além de evitar diabetes e cuidar da saúde da pele da futura mamãe.

Quando se descobre a gravidez, a orientação é que a gestante faça uma suplementação, pois a dose diária de vitamina D necessária é maior do que em uma outra pessoa qualquer. Além disso, o banho de sol por 15 minutos diariamente ajuda na reposição da vitamina. Mulheres grávidas de pele negra ou escura devem pegar sol de 45 minutos a 1 hora por dia.

Importância da Vitamina D na Gravidez

Durante a gravidez, a mulher deve ingerir 400 UI/dia de vitamina D. A ausência ou deficiência dessa vitamina no organismo pode trazer diversos prejuízos à saúde da mãe e do filho.

São consequências da deficiência de vitamina D:

  • Diabetes Gestacional

Comum no período da gravidez, esse tipo de diabetes gestacional pode ser evitado com cuidados com a alimentação, suplementação de vitamina D e hábitos saudáveis.

É um problema que tira o sono de muitas mulheres durante a gravidez. Pode ocorrer a partir da vigésima semana de gestação e resultar em nascimento de bebê prematuro, problemas de crescimento, entre outros.

  • Infecções Vaginais

Quando algo não está em equilíbrio, o corpo sofre as consequências. É o caso das defesas do organismo, que se tornam mais frágeis com o baixo nível de vitamina D.

  • Inflamações

Assim como alergias também, as inflamações podem surgir com o déficit da vitamina.

Decidiu ter parto normal? Saiba que seu organismo deve responder de forma saudável durante toda a gravidez para que seu parto seja o mais natural possível, sem riscos para você ou para o seu filho.

  • Parto Prematuro

Um parto antes da hora pode resultar em perdas no desenvolvimento do feto e sequelas futuras.

  • Aumento da Quantidade de Gordura Para o Bebê

Cuidando do nível de vitamina D da mãe, o bebê continua a crescer normalmente e de forma saudável, sendo nutrido e tendo seu corpinho funcionando como deve ser. Os nutrientes que a mãe fornece diretamente para o bebê são primordiais.

  • Baixo Peso do Recém-Nascido

O baixo peso pode vir em consequência da pré-eclâmpsia.

  • Bebê Nascido Com Deficiência de Vitamina D

Se a mãe não suplementa vitamina D corretamente, o bebê não recebe aquilo que precisa e nasce com deficiência da vitamina.

  • Criança Com Autismo

O autismo é outra sequela do problema que pode acarretar em prejuízos ao desenvolvimento da criança.

 

Converse com o seu médico e acompanhe sempre as taxas de vitamina D no seu organismo. Um pré-natal bem controlado é fundamental para uma gravidez saudável.

close