O Retorno ao trabalho – Fim da licença maternidade

http://tudodenos2.blogspot.com.br/2014/10/fim-da-licenca-maternidade-voltando-ao.html

Esse é um momento muito delicado que a maioria das mães enfrenta, O RETORNO ao trabalho. É um momento repleto de dúvidas, medos, conflitos, lágrimas por mais profissional que a mulher seja sempre haverá o grande dilema entre voltar ao mercado de trabalho seja por opção ou por necessidade e ficar em casa com os filhos. Mas acredite todas as mães sobrevivem a esse período, embora nenhuma negue que o início é o mais difícil pois é o momento que o cordão umbilical mãe e filho será cortado, conforme os dias vão passando a situação vai melhorando. Afinal não podemos desconsiderar que durante no mínimo 4 meses mãe e filho passaram dias e noites um para o outro, foi um momento intenso de extrema dedicação, necessária é claro mas o bebê está crescendo e caminha para sua própria independência a cada dia, seja conquistando o movimento de suas pernas, ou da fala, ele caminha aos poucos para ser totalmente independente da mãe que até então era praticamente parte de si próprio (é assim que o bebê vê a mãe, como parte de si mesmo).

#Tranquilize-se

Aos poucos mãe e filho vão se acostumando com a nova rotina e dançando conforme a nova música. Para isso é necessário que principalmente a mãe esteja segura de sua decisão para que ela passe tranquilidade a criança, pois quanto mais insegura a mãe estiver mais a criança sente e consequentemente acaba por agir dessa forma também, insegura.

# Analise todas as alternativas

Também é importante que todos os pontos tenham sido analisados bem como todas as alternativas possíveis  analisadas. Ás vezes é possível reduzir a jornada de trabalho para 6 horas por exemplo diminuindo a ausência em casa. Ou também pode se analisar a possibilidade de trabalhar em casa, existem hoje muitas alternativas no mercado de trabalho que podem ser desempenhadas de casa  como vendas, aulas particulares, trabalhos manuais, etc…

# Tenha confiança na pessoa que vai cuidar do seu filho

É imprecindivel, que você tenha confiança total na pessoa que irá cuidar do seu filhote na sua ausência, seja um parente, babá ou uma creche. Se tiver qualquer por menor que seja desconfiança em relação a pessoa que irá cuidar do seu filho não deixe! De forma nenhuma! A pessoa que ficará na sua ausência, precisa ser de extrema confiança, amigável, pacienciosa, para poder dar todo o suporte que você e seu filho precisam nesse momento.

# Se despeça de seu bebê

Não saia escondido nunca! Por pior que seja a despedida, ela precisa ser feita, pois seu filho precisa saber que você está saindo mas que irá retornar. Se você simplesmente desaparecer isso o deixará muito mais inseguro. Então antes de sair dê um beijo nele, se despeça, diga o que irá fazer e que irá retornar.

# Seja prática e organize-se

O tempo será para você passa a ser valiosíssimo, então todo o tempo investido em outras coisas é tempo perdido na companhia de seus filhos, por isso opte em fazer o máximo que puder no seu horário de almoço. Procure deixar para fazer compras em supermercados nos fins de semana para que ao sair do trabalho possa ir direto para casa, aproveitando assim o máximo de tempo ao lado de seu filhote.

# Conselho

As crianças crescem, o tempo passa e momentos são únicos. Ou seja, nada pode parar o tempo de correr, então aproveite o máximo puder ao lado de seus filhos. Se a volta ao mercado de trabalho é essencial, então quando não estiver trabalhando faça dos seus filhos sua máxima prioridade. Filhos são muito valiosos e precisam de nossa dedicação, por mais cansativo que seja a rotina casa, trabalho, filhos, sempre valerá a pena investir nosso tempo com eles!

Veja mais temas relacionados à maternidade:

10 dicas para mães que trabalham em casa

20 coisas que toda mãe de primeira viagem precisa saber

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários