Porque nossos filhos merecem orgânicos!

Hoje temos a participação da Leticia Mantovani, designer, estudante de gastronomia, curiosa da nutrição e mãe da Alice, 4 anos. Criadora do Tá na Mesa Culinária Consciente Infantil. Confira suas dicas!

A alimentação consciente na primeira infância é fundamental para toda a vida. É nessa fase que formamos o nosso paladar. Quando uma criança nasce, ela é um caderno com páginas em branco e nós, pais, somos responsáveis por preencher as primeiras páginas formando para nossos filhos bases e critérios de escolhas para toda uma vida. Os orgânicos são comprovadamente melhores e mais saudáveis do que os não-orgânicos. E eles vieram para ficar.

A quantidade, a qualidade e o preço dos orgânicos têm melhorado muito nos últimos tempos. A procura é maior, os produtores estão mudando o foco do seu plantio e o incentivo pela agricultura familiar aumenta.

organicos x nao organicos

Só para dar uma situada, o Brasil é um dos maiores consumidores de agrotóxicos do mundo. Segundo a Anvisa, 75% (dois terços) dos alimentos consumidos têm resíduos de agrotóxico. Cada brasileiro, em média, consome 5,3 quilos de veneno agrícola por ano! Produtos como tomate, alface e morango são contaminados por agrotóxicos proibidos para o consumo. Ah, e lavar ou mergulhá-los em soluções não adianta, porque muitos agrotóxicos penetram nos vegetais.

agrotox

O Ministério do Meio Ambiente, que fomenta a produção de alimentos sem o uso de agrotóxicos, destaca dez motivos para consumir produtos orgânicos:

1. Evita problemas de saúde causados pela ingestão de substâncias químicas tóxicas;

2. Alimentos orgânicos são mais nutritivos. Solos ricos e balanceados com adubos naturais produzem alimentos com maior valor nutritivo;

3. Alimentos orgânicos são mais saborosos. Sabor e aroma são mais intensos – em sua produção não há agrotóxicos ou produtos químicos que possam alterá-los;

4. Protege futuras gerações de contaminação química. A agricultura orgânica exclui o uso de fertilizantes, agrotóxicos ou qualquer produto químico e tem como base de seu trabalho a preservação dos recursos naturais;

5. Evita a erosão do solo. Através das técnicas orgânicas tais como rotação de culturas, plantio consorciado, compostagem, etc., o solo se mantém fértil e permanece produtivo ano após ano;

6. Protege a qualidade da água. Os agrotóxicos utilizados nas plantações atravessam o solo, alcançam os lençóis d’água e poluem rios e lagos;

7. Restaura a biodiversidade, protegendo a vida animal e vegetal. A agricultura orgânica respeita o equilíbrio da natureza, criando ecossistemas saudáveis;

8. Ajuda os pequenos agricultores. Em sua maioria, a produção orgânica provém de pequenos núcleos familiares que tem na terra a sua única forma de sustento. Mantendo o solo fértil por muitos anos, o cultivo orgânico prende o homem à terra e revitaliza as comunidades rurais;

9. Economiza energia. O cultivo orgânico dispensa os agrotóxicos e adubos químicos, utilizando intensamente a cobertura morta, a incorporação de matéria orgânica ao solo e o trato manual dos canteiros. É o procedimento contrário ao da agricultura convencional que se apoia no petróleo como insumo de agrotóxicos e fertilizantes e é a base para a intensa mecanização que a caracteriza;

10. O produto orgânico é certificado. A qualidade do produto orgânico tem que ser assegurada pelo Sistema Brasileiro de Conformidade Orgânica coordenado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o que garante ao consumidor que está adquirindo produtos mais saudáveis e isentos de qualquer resíduo tóxico.

Fonte: Ministério do Meio Ambiente

 

No site http://feirasorganicas.idec.org.br/ e no http://aao.org.br/aao/onde-encontrar-organicos.php encontram-se as feiras orgânicas cadastradas com endereços e horários por todo o Brasil.

Participe de grupos e fique sabendo de feiras como o VI Festival de Gastronomia Orgânica de São Paulo (http://www.festgastronomiaorganica.com.br/) que vai ter no dia 16, 17 e 18 de outubro, no parque da Água Branca.

 

Comer orgânico vai além de cuidar do organismo.

É cuidar do próximo e do sistema em que habitamos.

 

Leticia Mantovani

Ta Na Mesa – Culinária Consciente Infantil

 

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários