Quarto de bebê como organizar

quarto-de-bebe-como-organizar
Imagem: Viva Decora

Organização, gera bem-estar. Quanto mais as coisas estão organizadas, mais nossa vida fica organizada, prática e mais funcional. E em se tratando de arrumar um quarto de bebê, isso se torna mais importante ainda, pois requer atenção com a higiene, limpeza e funcionalidade do local aonde você e seu bebezinho irão passar longas horas juntos.

Sem falar, que quando o bebê chegar, sua atenção precisa estar completamente voltada para atender o bebê e você é claro, por isso não dá para perder tempo tentando achar as coisas de última hora, do tipo: aonde estão as bodys de manga longa? Onde está a pomada de assadura? Ou cadê as conchas de amamentação?

Imagina, você com o bebê no colo chorando porque precisa ter as fraldas trocadas e você não sabe onde foi que você colocou o kit de higiene!? E acredite isso é muito fácil de acontecer, por isso a ideia é organizar antes para não passar trabalho desnecessário depois!

Dicas para quarto de bebê: como organizar?

Roupas

Imagem: Mil dicas de mãe

Separe as roupas por tamanho RN e P/ M/ G/ GG e organize no guarda-roupa ou cômoda do bebê, as roupas que serão usadas primeiro, ou seja, os tamanhos RN e P, os demais tamanhos você pode guardar separado pelos respectivos tamanhos em caixas organizadoras, ou sacos à vácuo de forma que conforme você for precisando, elas já estarão devidamente separadas e organizadas para o uso.

Mesmo tendo espaço sobrando para distribuir todos os tamanhos, você deve ter ciência que entre um tamanho de roupa e outra podem se passar meses e assim as roupas podem ficar expostas sem estarem sendo usadas desnecessariamente (caso você tenha problema de espaço) melhor já deixar elas lavadas, bem guardadas e etiquetadas para fácil localização e assim conforme você for precisando, elas já estarão prontinhas para o uso.

Se você tiver gavetas à disposição, dentro delas você pode usufruir de caixinhas para separação de meias, paninhos, babadores, acessórios, etc. dentro delas esses itens ficam mais compactos, não ocupando tanto espaço e quando você abrir a gaveta poderá achar as coisinhas com mais facilidade.

Para a separação de roupas dentro das gavetas você pode usar divisórias de plástico, e separar por exemplo: body manga curta RN, P, M, G, GG, body manga longa RN, P, M, G, GG, calças RN, P, M, G, GG, macacões RN, P, M, G, GG, etc…

Para os cabides, dê preferência para os vestidos, casacos, itens volumosos ou que são fáceis de amassar, assim já ficam guardados e passados, prontos para o uso. Eles também podem ser identificados por tamanhos, basta colocar um adesivo, etiqueta ou aplique com a numeração em cada cabide separando eles dentro do guarda-roupa pelo tamanho.

Itens de higiene

Imagem: Mil dicas de mãe

Eles devem estar muito a mão para serem usados a todo momento, ou a qualquer momento melhor dizer, então, se você usar o trocador em cima da cômoda, sugiro que ou se utilize a primeira gaveta da cômoda para colocar os itens de higiene do bebê, como fraldas, pomadas, lenços umedecidos, etc, ou você pode colocá-los em prateleiras ou sacos organizadores na parede encima do trocador ou em algum móvel de apoio ao lado do trocador.

O fato é que os itens de higiene devem obrigatoriamente estar junto com o trocador, para facilitar o uso, uma vez que serão usados em conjunto. Se você dispõem de pouco espaço, não tem como colocar nada na parede, ou ainda não conta com uma cômoda no quarto, fique tranquila, tente colocar os itens que serão usados com mais frequência dentro de uma cestinha de crochê, de pano ou outro material, em cima do trocador, facilitando assim o manuseio.

Fraldas

Imagem: Sávia Thé Bordados Richelieu

O lado bom é que geralmente ganhamos MUITAS fraldas durante a gestação, e isso é ótimo, afinal quanto mais melhor, mais economia no bolso!

Mas o lado ruim é ter aonde guardar tanta fralda, se você conta com espaços sobrando no quarto do bebê, em cima do guarda-roupa, dentro do cabideiro, ou em uma cama-baú auxiliar no quarto, é ótimo, mas uma ideia para acomodar as fraldas é utilizar os espaços embaixo do berço, quem utiliza berços sem camas auxiliares em baixo geralmente dispõem desse espaço, que pode ser inútil, então vamos dar uma utilidade para ele, coloque as fraldas ali e para não ficar feio aparecendo aquela montanha de fraldas, cubra o berço com uma saia de berço, disfarçando assim os itens “escondidos” em baixo do berço.

Mantinhas, lençóis e toalhas

Esses são itens usados com frequência, mas podem ser guardados enrolados dentro de gavetas ou caixas de tecido dentro do guarda-roupa para poupar espaço.

Brinquedos

Imagem: Tato Mundo Montessori

Nos primeiros meses, a criança brinca pouco com os brinquedos, mas igual é sempre legal ter alguns a disposição para entreter o bebê caso seja necessário, então separe os brinquedos por faixa etária e deixe guardado os itens que estão fora da faixa etária atual da criança, você não precisa colocar os 409 brinquedos todos a disposição do bebê no primeiro mês de vida dele, guarde os que serão usados mais tarde dos que serão usados no momento atual, separe dois ou três para ir revezando.

Revezamento de brinquedos é uma forma de ajudar as mamãe na organização do ambiente e também ajudam o bebê a explorar melhor cada brinquedo, usando a imaginação e criatividade.

Muitos brinquedos à mostra, geram bagunça, desinteresse, poluição visual e ainda por cima o que geralmente acontece é que a criança brinca um minuto com cada brinquedo e logo se desinteressa por tudo. Então menos é mais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here