Minha recuperação pós-parto cesárea – nem tão tranquila assim

recuperacao-pos-parto

Chegou a hora de falar sobre minha recuperação pós parto. Lembrando que fiz parto cesárea… e hoje fazem 22 dias do parto. Aqui nesse post eu compartilho meu relato de parto cesárea.

Vamos lá… Minha recuperação da primeira cesárea foi ótima, não senti nada, lembro que senti dor só lá no hospital mesmo, no quarto de recuperação ainda, depois disso, nem no hospital nem em casa senti qualquer dor.

E agora, a segunda cesárea, eu esperava que a recuperação fosse parecida com a primeira… Mas nem sempre é como a gente espera.

Como está minha recuperação pós parto?

No hospital tudo OK, depois de umas duas horas da cesárea eu já estava mexendo as pernas. Liberada para ingerir líquidos (e eu morrendo de fome!!!!).

Elisa nasceu na terça às 18:40 e nós ganhamos alta do hospital na quinta à noite.

Em casa…..vou deixar para falar da adaptação da Isabela com a irmã em outro post…  Tudo ia indo, eu tomando uma pilha remédios e a dor que era para não existir, estava ali, o tempo todo…

Primeiro uma dor para levantar, para dar o impulso para sair da cama, do sofá, levantar, esse tipo de coisa, ok, normal, faz parte… e com a barriga, a baixo do umbigo muuuuito sensível, coisa que achei ser normal também.

Mas aí comecei a sentir uma dor na bexiga, cada vez que ia no banheiro fazer xixi sentia dor, e a dor estava aumentando, daquelas assim de fechar os olhos de dor. Entrei em contato com a minha médica e ela mandou eu ir na emergência obstétrica do hospital, e lá fomos nós…

De acordo com os sintomas que eu estava, apesar do exame de urina dar negativo, fui diagnosticada com infecção urinária.

Comecei a tomar outros remédios e a dor continuou ali, e a dor não ia embora… falei com minha médica novamente e lá fui eu para o consultório para ser examinada, conversando com minha médica achamos o problema… um coágulo de sangue que se formou dentro de mim, e isso estava pressionando a minha bexiga e fazendo doer muito. Tive que fazer ecografia de emergência para saber o tamanho do coágulo, que graças a Deus é pequeno!

O que acontece comigo agora?

Então… existem algumas opções:

  • O coágulo pode ser absorvido pelo meu corpo, já que ele é pequeno.
  • Outra opção é ele começar a sair pelos pontos da cesárea (meio eca, mas é uma boa opção)
  • E a última e pior opção, é se ele não sair de jeito nenhum, terem que me abrir de novo para tirar o coágulo, não seria abrir tudo como na cesárea, mas seria novamente um procedimento cirúrgico.

Hoje, 22 dias depois da cesárea, me sinto muuuuuito melhor, a dor na bexiga não existe mais, a única coisa que sinto, é ali no coágulo (que está localizado a baixo do umbigo, região que eu estava sentindo muita sensibilidade), ali ainda dói se eu encostar ou bater. Mas é só isso agora.

Não sei como esse coágulo irá embora, estou esperando e torcendo para que sumo de uma vez e toda dor vá em embora logo!

Mas então é isso, estou me recuperando bem agora, se não fosse essa dor por causa do coágulo, certamente minha recuperação teria sido muito melhor, quem sabe teria sido igual a primeira. Mas ok, faz parte, nem sempre é como a gente gostaria, mas o importante é que não é nada grave! Deus é bom!