Amamentação Noturna pode ou não pode? Confira aqui!

0
17
amamentação noturna
Imagem: Mãe Pop

A amamentação traz muitos benefícios para a mamãe e para o bebê e isso já é bem sabido, mas agora quando o assunto é amamentação noturna, as opiniões se divergem.

Tem aqueles que acham que a amamentação noturna não pode, não faz bem para o bebê, outros já defendem ferrenhamente que deve se ter o hábito da amamentação noturna sim, bom para ajudar as mamães nessa decisão reunimos alguns argumentos prós e contras da amamentação noturna, e após você poderá juntamente com seu parceiro tomarem a melhor decisão em vista a família de vocês.

Mas nunca se esqueçam que cada família é única, e o que pode dar certo para minha família não significa que vá dá certo na sua, pois cada bebê é um bebê, único e cheio de particularidades, por isso sempre antes de tomarmos decisões temos que levar em conta as particularidades da nossa família.

Então vamos lá….

Amamentação Noturna pode ou não pode?

Deve-se acordar o bebê de madrugada para mamar?

Em primeiro lugar é importante saber que a MAIOR produção de leite materno, se dá na madrugada e especialmente quando há estimulação (aleitamento materno) e essa alta produção contribui para a amamentação do dia seguinte, ou seja, para que tenha leite para o bebê.

Em consequência quando a amamentação noturna não ocorre há grandes riscos de diminuir a produção de leite gradualmente. Isso tudo ocorre porque a prolactina que é o hormônio responsável pela produção de leite fica elevado especialmente durante a madrugada, principalmente sob estímulo, ou seja quanto mais o bebê mamar mais leite teremos. A prolactina também ajuda a mamãe a relaxar e descansar bem, mesmo amamentando a noite.

Outro ponto é que o leite materno é muito rico em melatonina que é o hormônio do sono, que o bebê não tem produção no início de sua vida, portanto é importante que ele mame justamente para que possa dormir bem.

Muitos pediatras ressaltam a importância de se fazer livre demanda nos primeiros três meses de vida do bebê, sem rigidez com horários ou rotinas, e é super normal nesse início a criança acordar em média de 3 em 3 horas e caso isso não ocorra, a mamãe deve acordar o bebê para mamar, pois o bebê precisa ter de 8 a 12 mamadas durante o dia todo, incluindo a madrugada.

Por que não se deve amamentar de madrugada?

amamentação noturna
Amamentação noturna. Imagem: Mãe Pop

Alguns pediatras e especialistas defendem que não se precisa acordar o bebê de madrugada para mamar, pois o bebê sequer consegue diferenciar o dia da noite nos primeiros três meses de vida, logo ele terá um ciclo de sono bastante variado, portanto não há necessidade de acordar os bebês para mamarem, se eles sentirem fome naturalmente eles irão acordar se necessário.

Se o bebê está com um ganho de peso normal, mamando bem, sem ter nenhuma complicação de saúde que necessite de mais cuidados, não há razão para determinar horários como de mamar de 3 em 3 horas e acordar caso ele esteja dormindo quando fechar as 3 horas entre uma mamada e outra.

Principalmente se o bebê tiver mais de nove meses, ou seja, quanto maior for o bebê menor será essa necessidade. Isso porque nessa idade de nove meses em diante o bebê já possui dentes e consequentemente tem maior probabilidade de ter cáries, uma vez que após a mamada noturna não há escovação portanto ficam resíduos de leite no dente do bebê, que não podemos esquecer que tanto o leite materno quanto as fórmulas apresentam açúcar em sua composição, ou seja, um prato perfeito para as cáries.

O importante é que se crie uma rotina com o bebê para ajudá-lo a organizar seus horários, afinal o bebê sequer sabe a diferença de dia e de noite, e quem começa ensinando essa diferença são os pais, então organize os horários de forma que não precise dar a mamada da madrugada mas ainda assim a criança esteja satisfeita em suas necessidades ao longo do dia.

No caso de crianças maiores que já estão acostumadas com a mamada da madrugada, o conselho é para acertar essa situação o quanto antes e reduzir a mamada da noite, até que o bebê não acorde mais nesse período.


Aproveite e confira:


E agora?

Bom, agora com os argumentos apresentados, você pode tomar a decisão baseada na realidade da sua família e no que será melhor para o seu bebê. Você precisa estar confiante da decisão a tomar, justamente para evitar idas e vindas com as rotinas do bebê, do tipo acorda de madrugada para mamar, não acordar de madrugada para mamar mais, isso pode acabar confundindo o bebê e agravando a situação.

Portanto reveja os argumentos, converse com seu parceiro, com o pediatra do seu bebê e depois com confiança tome a decisão de forma a se enquadrar melhor dentro das necessidades de sua família. E lembre-se amamentar independente de ser de madrugada ou não é um ato de amor!