Crianças e o Livre Brincar – O que é, e quais os benefícios?

livre brincar
Imagem: Tempo Mágico

O mundo infantil tem uma infinidade de métodos lúdicos para entreter e desenvolver mentalmente e psicologicamente as crianças. Entre as técnicas que favorecem o desenvolvimento físico, mental dos pequenos é o Livre Brincar.

Segundo a pediatra Lílian Cristina Moreira, o pressuposto do Livre Brincar é justamente a liberdade. É uma experiência espontânea e criativa que faz parte da natureza de toda criança.

Fora isso, qualquer outra forma de brincar em que exista a figura de um mediador ou um roteiro pré-estabelecido é considerada “brincadeira assistida”.

No livre brincar não há metas a serem cumpridas ou resultados a serem alcançados. O objetivo da brincadeira é o próprio processo e a experiência resultante dele. Desse jeito, a criança é a própria autora de sua brincadeira, de sua história lúdica.

De acordo com a pediatra, a experiência ajuda a estimular a criatividade dos pequenos. Através do estímulo da imaginação da criança durante o processo de invenção, de forma deliberada, assim ela vai conseguir desenvolver o pensamento lógico e reflexivo, importante como base para a vida adulta.

Benefícios do Livre Brincar

sobre o livre brincar
Benefícios do livre brincar. Imagem: Superlegal Brinquedos

A seguir, os principais benefícios do Livre Brincar para as crianças:

  • Ele ajuda a elaborar processos emocionais profundos;
  • Desenvolve habilidades e capacidades mentais;
  • Entendimento de alguns papéis sociais;
  • Desenvolve algumas habilidades psicossociais.

Durante o brincar livremente, as crianças podem interagir com diversos materiais que não necessariamente sejam brinquedos. Pode ser, por exemplo, materiais naturais. O Livre Brincar pode ser com um simples papelão de alguma caixa, desde que não haja perigo, mas que faça o pequeno produzir uma espécie de estímulo intelectual.

Com um mundo cada vez mais tecnológico ainda mais próximo dos pequenos, fazê-los com que estejam ainda mais cercados do brincar livremente sem proporcionar o estímulo direto das telinhas vindas do celular, da televisão, do tablet, pode ser uma ótima opção para o público infantil.

Para que exista um brincar livre, deixe a criança explorar sua própria criatividade, em seu próprio tempo e do seu jeito, e assim criar a sua própria brincadeira.

A mesa da sala pode virar uma cabana, um castelo ou um forte, as flores do jardim uma floresta, os galhos de árvores se tornam espadas, poças de água em rios cheios de jacarés.

Na brincadeira livre tudo é possível! Deixa a criar!


Aproveite e confira: