brinquedoteca

Brinquedoteca – o que não pode faltar nesse espaço?

A brinquedoteca é um espaço divertido, aconchegante, aonde a criança se sente livre para brincar e imaginar, deixando sua imaginação fluir e ser feliz.

O brincar tem uma importância única na formação da criança e não deve ser tratado com desprezo, pois faz parte do desenvolvimento da criança. Pois a brincadeira ajuda a criança a lidar com seus medos, incertezas, inseguranças, o desconhecido, as situações que ela não entende, ajuda ela a expor seus sentimentos, a explorar os diferentes papéis da sociedade em que ela vive como: mãe, pai, carteiro, bombeiro, etc.

A brincadeira também desenvolve o raciocínio e a criatividade, bem como amplia sua linguagem, ajuda a criança a pensar, a formular situações e como resolver problemas.

Ou seja, o brincar é extremamente benéfico e necessário para as crianças, é aí que entra a importância da brinquedoteca porque ela favorece o brincar, é um espaço destinado a isso, a explorar a brincadeira, o lúdico e a imaginação.

Elas estão presentes em diferentes lugares da sociedade e promovem a interação social, o desenvolvimento físico e psicológico da criança. Nesse espaço destinado ao brincar exclusivamente são desenvolvidos jogos, brincadeiras, que estimulam a coordenação motora, o raciocínio lógico e a criatividade da criançada.

Em hospitais elas tem a finalidade de amenizar o sofrimento das crianças ali internadas, permitindo que elas não deixem de ser crianças apesar das suas condições físicas, pois toda a criança tem o direito de ser criança e brincar, pois como já mencionado o brincar faz parte do desenvolvimento infantil.

Já em escolas e creches as brinquedotecas são utilizadas como recursos pedagógicos e também para proporcionar a interação entre os alunos.

Em condomínios e comunidades elas servem para promover a interação entre os demais membros da comunidade envolvida e auxiliam no desenvolvimento social deles, e no ambiente familiar também promove a interação entre os demais membros da família e permite que a criança tenha seu espaço na casa para brincar e criar.

Um olhar para dentro da brinquedoteca:

Um espaço para leitura

brinquedoteca
Cantinho da leitura. Imagem: A Princesa e O Reino

A leitura faz parte da infância e do desenvolvimento infantil, por isso é tão importante que dentro da brinquedoteca tenha um espaço destinado a leitura também. Pode ser uma cabana, ou um espaço com puffs e poltronas coloridas, que sejam confortáveis e chamem a atenção da criança para desfrutar desse local.

Tenha bastante livros para as crianças, de forma que elas possam pegar sozinhas seus livros e se sentarem para desfrutar de uma boa leitura. Uma ideia bacana e bem original é o reaproveitamento das geladeiras antigas como “estantes” de livros. Você pode decorar a geladeira tornando ela mais lúdica e dentro dela armazenar os livros da “biblioteca” da brinquedoteca. Se possível crie o cantinho da leitura, em um local mais silencioso da brinquedoteca.


Aproveite e confira:


Um espaço para jogos

brinquedoteca
Brinquedoteca com espaço para jogos. Imagem: quitetefaria

Tenha algumas mesas e cadeiras em tamanhos acessíveis para as crianças, de forma que elas possam se sentarem sozinhas sem precisar de auxílio, e desfrutem da interação com jogos e outros recursos pedagógicos.

Faça uso de uma estante, ou prateleiras ou caixas organizadoras, para que as crianças tenham a sua disposição o livre acesso a vários jogos (para diversas faixas etárias) e recursos pedagógicos (como itens de reciclagem: caixas, potes, palitos, rolhas, etc.).

Um espaço para exploração motora

brinquedoteca
Brinquedos. Imagem: Extra

É muito bacana ter dentro da brinquedoteca um espaço para o desenvolvimento motor da criança, podendo ser brinquedos como um pula pula, gangorra, balanço, escorregador, parede de escalada, ou até mesmo um circuito com cordas para se pendurar, barras para subir e descer, túneis, escadas, etc. gerando muito movimento e gasto de energia.

Também é legal pensar nos bebês que também são frequentadores desses lugares, eles podem ter um circuito sensorial (com fitas, guizos, instrumentos musicais, grãos, etc) para que também possam desfrutar desse espaço.

Um espaço para deixar fluir a imaginação

Espaço para desenhar. Imagem: Clube de Duas

Como uma parede de giz, para a criança poder desenhar livremente e assim explorar sua criatividade. Um espaço para as crianças poderem desenhar e pintar, com papéis, lápis de cor, giz de cera e outros itens aonde elas possam explorar suas idéias e criatividade. Podendo ter também um varal para elas exporem seus trabalhos no final.

Brincando de faz de conta

Fantasias Infantis. Imagem: It Babies

Explorando o mundo do faz de conta, aonde ela pode ser quem ela quiser ser, passando pelos vários papéis da sociedade que ela está inserida. Pode ser um palco, com microfone de brincadeira e que tenha fantasias e perucas a disposição para elas se divertirem, podendo ser diversos personagens.

Uma mini cozinha ou uma mini casinha que as crianças possam entrar no faz de conta da vida diária de uma casa, cuidando de bebês, fazendo comidinha ou uma lojinha, uma feirinha aonde elas possam trabalhar as interações sociais de compra e venda, ou ainda um hospital de brincadeira que tenha itens de médico, ou um consultório dentário com itens de dentista, as ideias não param.

close