Colar de âmbar – dúvidas e minha experiência (será que funciona?)

colar-de-ambar-para-bebe

Será que esse colar realmente funciona? Então… faz uns dois meses que minha filha Elisa de 1 ano está usando esse colar (mas usa como tornozeleira). Além dela, minha filha de 4 anos também tem um colar e eu uso uma pulseira de âmbar. Por isso resolvi fazer esse post para explicar o que é o âmbar e como está sendo nossa experiência com os produtos.

Mas ok, vamos começar do começo:

O que é o âmbar?

Apesar de ser chamado de pedra, o âmbar báltico é, na verdade, uma resina fossilizada de árvores de 50 milhões de anos, proveniente de uma grande variedade de pinheiros. Acredita-se que o âmbar, que tem origem orgânica, seja conhecido e utilizado pelo homem desde a Idade da Pedra.

As regiões banhadas pelo Mar Báltico, como LituâniaLetônia e Estônia, são as principais fontes de âmbar. Cerca de 90% do âmbar encontrado hoje em todo o mundo provém da desta região. Sendo assim, o âmbar báltico é considerado muito mais raro e valioso do que os demais tipos de âmbar.

Quais os benefícios do colar de âmbar?

Um dos grandes motivos das mães gostarem tanto dos efeitos do âmbar báltico para seus bebês é que o ácido succínico também atua como um poderoso relaxante neuromuscular, além de ter propriedades analgésicas e anti-inflamatórias.

Em contato com a pele, seja pelo uso em colarpulseira ou tornozeleira, o âmbar báltico aquece e libera o ácido succínico, que é absorvido pelo organismo, promovendo seus benefícios e acelerando o processo de cura natural.

O âmbar báltico é, portanto, um tratamento milenar natural alternativo à base de resina fóssil com alta concentração do ácido succínico.

Ou seja, os benefícios do colar de âmbar são para todos: bebêscrianças e adultos.

Benefícios do colar de Âmbar Báltico para bebês e crianças:

Quando estão perto de completar seis meses de vida, os bebês começam a chorar sem motivos aparentes. É que nesta fase, com o nascimento dos dentes, eles sentem muito desconforto. Neste momento, buscando sanar a dor dos filhos, algumas mães recorrem a medicamentos e outras ao colar de âmbar, que contribui para tranquilizar e aliviar os sintomas na fase da dentição.

Também é capaz de reduzir processos inflamatórios de gengiva, garganta e ouvidos.

Além disso, o âmbar tem propriedades analgésicas e anti-inflamatórias. É um calmante natural, descartando o uso de remédios para tranquilizar o bebê.

Estimula e melhora o sistema imunológico, auxiliando na recuperação mais rápida de gripes e febres.

Benefícios do colar de Âmbar Báltico para adultos:

É um antibiótico e anti-inflamatório natural.

Estimula e melhora o sistema imunológico.

Pode auxiliar no tratamento de reumatismo, tendinites e artrites. Ajuda no tratamento da garganta, fígado, vesícula, bexiga, baço e rins.

É antioxidante, auxiliando na alcalinização do sangue.

É capaz de ajudar a neutralizar as energias negativas e influências psíquicas de outras pessoas, permitindo a cura do corpo. É conhecido por promover vitalidade;

Contribui para o alívio do estresse e da ansiedade.

Para obter ao máximo os benefícios do colar de âmbar báltico, considere as seguintes formas de uso:

  •  Para obter os benefícios terapêuticos, o âmbar deve estar em contato contato direto e contínuo com a pele – o máximo de tempo possível. Os colares devem ser usados por baixo de camisetas, tornozeleiras por debaixo de calças, etc.
  • Utilize a joia de âmbar mais próxima ao local onde deseja seu efeito. Para desconforto na cabeça ou pescoço, prefira o colar. No caso de dores, artrites ou tendinites no pulso, mãos ou braços, utilize uma pulseira. No caso de desconforto nos pés ou pernas, prefira utilizar uma tornozeleira.
  • Para usufruir dos benefícios do colar de âmbar, ele deve ser de âmbar do mar báltico, que tem maior concentração do ácido succínico.

A nossa experiência com o uso do âmbar:

colar-de-ambar-para-bebes
Pulseira, tornozeleira e colar de âmbar. Toda família usa. Descubra se funcionou com a gente!

O colar chegou no momento exato, já fazia dois dias que Elisa estava dormindo mal e que estava com muito, muito, muito desconforto na boca (por causa de dentinhos nascendo). Então, na minha opinião de mãe que passa o dia inteiro com ela, acredito que ajudou sim a aliviar os sintomas, depois de 2 dias usando o colar como tornozeleira ela já não tinha mais desconforto na boca e voltou a dormir tranquilamente e até agora não tivemos mais esses episódios de desconforto!

Não corre o risco do colar arrebentar ou o bebê engolir as bolinhas de âmbar?

O colar da Isabela e o da Elisa possuem as contas de âmbar amarradas uma a uma, ou seja, se acontecer de arrebentar o colar, apenas uma ou duas contas cairão e todas as outras ficarão ali, no lugar.

Importante: o colar de âmbar pode ser usado a maior parte do tempo, mas tem que tirar para dormir.

Então, fora tirar para dormir eu não tiro nunca da Elisa, ela está sempre usando. E da Isabela eu nem tiro mais para ela dormir.

colar-de-ambar-para-bebes
Elisa usando o colar de âmbar como tornozeleira.

Minhas filhas estranharam o colar/tornozeleira de âmbar?

Não. A Elisa, que usa a tornozeleira, muito de vez em quando resolve colocar a mão no acessório, mas logo se distrai com alguma outra coisa. E a Isabela de 4 anos confesso que já foi pega com o colar na boca, mas é só questão de se acostumar a usar o acessório, e ela adora usar o colar.

Onde comprar?

Os nossos produtos de âmbar são da loja www.ambarbaltico.com.br

Gostaram da dica? Mais alguém aí já teve experiência com âmbar?

Quer mais informações sobre universo materno?

Mandamos conteúdos exclusivos sobre educação infantil, chá de bebê, enxoval, e muito mais!

Comente com o Facebook

comentários